Dourados – MS terça, 25 de junho de 2024
20º
Meu Detran
Brasil

Dpvat é ineficiente, diz estudo do governo

10 Dez 2019 - 20h06Por Redação
Dpvat é ineficiente, diz estudo do governo - Crédito: Arquivo Agência Brasil Crédito: Arquivo Agência Brasil

O Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres (Dpvat) é ineficiente e não possui amparo na literatura econômica e experiência internacional. A conclusão é de  estudo feito pela Secretaria de Política Econômica (SPE) e a Superintendência de Seguros Privados (Susep), que embasou a decisão do governo de extinguir o Dpvat por meio da Medida Provisória nº 904, editada no último dia 11.

Diferentemente de outros países, em que há seguro obrigatório de trânsito, o Dpvat não é direcionado aos que não deram causa ao acidente. Em nota, os órgãos dizem que o seguro destina a maior parte dos pagamentos de indenizações ao próprio motorista (58%), mesmo que ele seja inadimplente e culpado pelo acidente, onerando todos os demais proprietários de veículo automotores,  independentemente da faixa de renda.

O estudo conclui que, em média, apenas 30% do valor arrecadado é destinado ao pagamento de indenizações. Os outros 70% são consumidos como tributos indiretos e custeio “de um enorme aparato operacional caro, ineficiente e vulnerável a fraudes”.

Além disso, o atual seguro obrigatório “devolve para a sociedade apenas 15 a 30 centavos de cada R$ 1 pago pelos cidadãos, sem diferenciar a renda desses cidadãos e, por isso, é ineficiente".

A avaliação mostra ainda que o mercado de seguros de responsabilidade civil e de acidentes pessoais oferece coberturas adequadas para motoristas e proprietários de veículos. “O fim do seguro obrigatório tende a aumentar o mercado de seguros facultativos e a cultura de proteção por parte de motoristas e proprietários.”

Saúde

A SPE apontou que a extinção do DPVAT terá pouco impacto sobre o orçamento do SUS. Segundo o estudo, a parcela do seguro obrigatório repassada à saúde pública neste ano correspondeu a R$ 965 milhões, o equivalente a 0,79% do orçamento total de R$ 122,6 bilhões para a área neste ano.

O Ministério da Economia lembrou que a medida provisória obriga o DPVAT repassar R$ 1,25 bilhão por ano ao Tesouro Nacional até 2022, resultante das obrigações remanescentes dos acidentes ocorridos até o fim deste ano. De 2023 a 2025, o Tesouro receberá mais R$ 1 bilhão. Segundo a SPE, os repasses totais equivalem a quase cinco vezes a transferência de recursos para o SUS em valores deste ano. O levantamento não cita impactos posteriores a 2025.

O que é o Seguro DPVAT?

O DPVAT é o seguro obrigatório de danos pessoais devido anualmente pelos proprietários de veículos terrestres, tais como motocicletas, automóveis particulares, táxis, carros de aluguel, ônibus e micro-ônibus.

Em caso de acidente de trânsito, o seguro cobre até R$ 2.700,00 de despesas médicas, quando não realizadas pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Em caso de invalidez permanente ou morte, a vítima ou sua família recebe até R$ 13.500,00. O Seguro DPVAT não cobre danos materiais e é administrado em forma de monopólio pela Seguradora Líder-DPVAT, a qual é constituída por 73 seguradoras que participam do Consórcio do Seguro DPVAT.

Outro lado

A Seguradora Líder informou que tem se tornado mais eficiente, reduzindo os gastos em 9,9% de janeiro a outubro na comparação com o mesmo período do ano passado.

 

Fonte: Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

Começa 2ª turma da capacitação para taxista na Escola Pública de Trânsito José Elias Moreira
Dourados

Começa 2ª turma da capacitação para taxista na Escola Pública de Trânsito José Elias Moreira

21/06/2024 19:00
Começa 2ª turma da capacitação para taxista na Escola Pública de Trânsito José Elias Moreira
Prefeitura inicia ações na Escola de Trânsito com coordenadores e diretores da Reme
Trânsito

Prefeitura inicia ações na Escola de Trânsito com coordenadores e diretores da Reme

17/06/2024 16:30
Prefeitura inicia ações na Escola de Trânsito com coordenadores e diretores da Reme
Com prazos estendidos, 95 mil processos de habilitação devem ser concluídos até dezembro
Detran-MS

Com prazos estendidos, 95 mil processos de habilitação devem ser concluídos até dezembro

11/06/2024 12:15
Com prazos estendidos, 95 mil processos de habilitação devem ser concluídos até dezembro
Passageira sem cinto perde a vida e acende alerta para uso do dispositivo de segurança
Segurança

Passageira sem cinto perde a vida e acende alerta para uso do dispositivo de segurança

10/06/2024 20:00
Passageira sem cinto perde a vida e acende alerta para uso do dispositivo de segurança
Abertas inscrições para prática de esportes gratuita na Cidade Universitária
UFMS

Abertas inscrições para prática de esportes gratuita na Cidade Universitária

06/06/2024 07:15
Abertas inscrições para prática de esportes gratuita na Cidade Universitária
Últimas Notícias