Dourados – MS sábado, 13 de abril de 2024
27º
Segurança

Para evitar furtos, residências exigem segurança principalmente em período de festas

Com a ausência de moradores característica desse período, crimes como furto de residências tendem a aumentar

25 Dez 2023 - 12h30Por Heloisa Duim, Programa de Estágio Supervisionado
Para evitar furtos, residências exigem segurança principalmente em período de festas - Crédito: Arquivo Crédito: Arquivo

Tradicionalmente, é comum que as pessoas planejem viagens, passeios ou confraternizações em meio às festividades que embalam o final de ano. Época de celebração, o lazer e o descanso se tornam prioridade com o encerramento de um ano e o início do próximo, e, entre um compromisso e outro, dificilmente as residências permanecem ocupadas.

As comemorações representam o período ideal para reunir todos aqueles que amam e buscar novos ares, principalmente quando somadas às férias ou recesso. Com a ausência de moradores característica desse período, crimes como furto de residências tendem a aumentar.

De acordo com Edgard Punsky, delegado da DERF (Delegacia Especializada em Repressão a Roubos e Furtos), a ausência de famílias por longos períodos propiciam aos furtadores maior tranquilidade para invadir os imóveis. Além disso, o recebimento do 13º salário e a compra de produtos nessa época do ano também causam impacto no índice de furtos.

“Muitas pessoas vão às compras e adquirem bens de valor agregado que despertam a cobiça de pessoas mal intencionadas, que tendo ciência de que tais objetos estão no interior dos imóveis e com a alta probabilidade dos moradores estarem fora da casa, motivam esses indivíduos a ingressarem nos imóveis”

Além de preparar as malas e aproveitar o benefício em dinheiro, também é importante manter um olhar atento e redobrar os cuidados com as residências. Com os imóveis devidamente protegidos, a ação criminosa é dificultada e as festas podem ser aproveitadas sem preocupação.

Residência mais segura

As medidas de segurança para residências devem ser tomadas não só no final de ano, mas durante todo ele. Por isso, é importante estar sempre em alerta à presença de pessoas suspeitas nas imediações do imóvel, principalmente nos horários de chegada ou saída de moradores.

O delegado Edgard Punsky ainda destaca que a maioria dos furtos mediante arrombamento ocorrem pela parte de trás da casa. Nesse caso, além de manter o cômodo sempre trancado, as portas que separam o restante da casa também devem estar bloqueadas “A instalação de fechaduras a mais na porta também ajuda, especialmente quando o morador se ausentar por longo período. É uma boa opção, com baixo custo”.

Além disso, mesmo em casos de prédios residenciais, a rotina de segurança deve ser priorizada. A criação de um comitê de segurança orgânica do condomínio, composto por moradores, pode facilitar a discussão das necessidades de cada local. Canais de comunicação compostos por vizinhos também podem ser uma solução viável, tanto para condomínios quanto casas.

“Grupos de whatsapp de vizinhos com a finalidade de observar os arredores da vizinhança, como carros parados por longos períodos, indivíduos suspeitos e reportar furtos ocorridos na rua ou bairro. Mas sempre com cuidado para não disseminar informações inverídicas, que gerem sentimento de temor e pânico”.

Outras medidas de segurança incluem:

  • Investir em aparatos de segurança como alarmes, travas elétricas, cercas elétricas, concertinas e principalmente câmeras de alta definição (Full HD). Cachorros também podem funcionar como alerta e espantar possíveis furtadores;
  • Manter portas e janelas sempre trancadas ao sair de casa e, durante a noite, não deixar objetos de valor no quintal;
  • Não revelar a guarda de grandes valores e jóias para estranhos do núcleo familiar íntimo ou para funcionários que tenham livre acesso aos cômodos;
  • Ao contratar empregados, dar preferência àqueles que apresentam referências que possam ser facilmente confirmadas;
  • Quando estiver sozinho em casa e surgir um estranho que pretenda fazer entrega de encomendas não esperadas, não abra a porta e peça para que volte em outro horário.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça Federal nega novo pedido de transferência de Ronnie Lessa
Judiciário

Justiça Federal nega novo pedido de transferência de Ronnie Lessa

12/04/2024 20:15
Justiça Federal nega novo pedido de transferência de Ronnie Lessa
Entenda em quais casos a saidinha de presos fica permitida ou proibida
Segurança

Entenda em quais casos a saidinha de presos fica permitida ou proibida

12/04/2024 19:15
Entenda em quais casos a saidinha de presos fica permitida ou proibida
Professor Rinaldo fala de mecanismos para reduzir violência e apresenta projeto
ALEMS

Professor Rinaldo fala de mecanismos para reduzir violência e apresenta projeto

12/04/2024 07:00
Professor Rinaldo fala de mecanismos para reduzir violência e apresenta projeto
Deputados reconhecem e valorizam a Polícia Civil sul-mato-grossense
ALEMS

Deputados reconhecem e valorizam a Polícia Civil sul-mato-grossense

11/04/2024 21:30
Deputados reconhecem e valorizam a Polícia Civil sul-mato-grossense
MS tem 402 cuidadores que recebem auxílio de R$ 900 do governo
Segurança

MS tem 402 cuidadores que recebem auxílio de R$ 900 do governo

10/04/2024 14:15
MS tem 402 cuidadores que recebem auxílio de R$ 900 do governo
Últimas Notícias