Dourados – MS domingo, 14 de julho de 2024
10º
Senado

Cultura de paz nas escolas está na pauta da Comissão de Segurança Pública

O relator, senador Jorge Kajuru (PSB-GO), apresentou parecer pela aprovação

08 Jun 2024 - 06h45Por Agência Senado
Ataque a creche em Santa Catarina, em 2023, chocou o país  - Crédito: Eduardo Valente/SECOM Blumenau  Ataque a creche em Santa Catarina, em 2023, chocou o país - Crédito: Eduardo Valente/SECOM Blumenau

A Comissão de Segurança Pública (CSP) tem três projetos de lei na pauta de terça-feira (11), a partir das 11h. Um deles institui a Política Nacional de Promoção da Cultura de Paz nas Escolas, para combater a violência no ambiente escolar. 

O PL 1.482/2023, da deputada federal Professora Goreth (PDT-AP), pretende prevenir a violência nas instituições de ensino públicas e privadas de todo o país. Sendo aprovado pela CSP, o projeto ainda terá que passar pela Comissão de Educação (CE).

O relator, senador Jorge Kajuru (PSB-GO), apresentou parecer pela aprovação. Ele afirma que a violência nas escolas brasileiras tem sido um problema grave e preocupante nos últimos anos. “São inúmeros os casos de agressões, bullying e conflitos que têm gerado violência e insegurança nas escolas e comunidades escolares”, sustenta. Ele ressalta que, dos 16 ataques a escolas de 2000 a 2022, 4 deles ocorreram somente no segundo semestre de 2022. “Foram 35 vidas ceifadas e cerca de 72 pessoas feridas”, diz o relatório, citando uma argumentação do projeto original.

Kajuru alega que o problema exige a adoção de políticas públicas que previnam tantas agressões e até mortes no ambiente escolar. Entre os princípios e diretrizes da proposta, estão a capacitação de professores e funcionários e a criação de espaços de convivência e diálogo nos ambientes educacionais, além da promoção de campanhas de conscientização sobre a importância da cultura da paz.

Outra medida importante prevista no projeto é a criação de protocolos de prevenção e gestão de crises para enfrentamento de situações da violência. Kajuru entende que é fundamental investir na perspectiva pedagógica e na prevenção de incidentes, com acompanhamento psicológico dos envolvidos. 

A pauta da CSP inclui ainda um projeto de lei que dispensa a confissão de réu que possa se beneficiar de acordo em ação penal — o PL 3.673/2021, relatado pelo senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ). Outra proposta que pode ser votada proíbe a progressão da pena para condenados por crimes hediondos. O PL 853/2024 tem relatoria da senadora Damares Alves (Republicanos-DF). Os dois projetos ainda terão que passar pela CCJ, em decisão terminativa.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Comissão aprova proposta que cria cadastro nacional para monitorar facções criminosas
Segurança

Comissão aprova proposta que cria cadastro nacional para monitorar facções criminosas

13/07/2024 21:30
Comissão aprova proposta que cria cadastro nacional para monitorar facções criminosas
DOF recebe reconhecimento do Poder Legislativo de Campo Grande e Itaporã
Homenagem

DOF recebe reconhecimento do Poder Legislativo de Campo Grande e Itaporã

12/07/2024 12:45
DOF recebe reconhecimento do Poder Legislativo de Campo Grande e Itaporã
Sarau Literário estimula leitura como meio ressocialização
Naviraí

Sarau Literário estimula leitura como meio ressocialização

12/07/2024 10:45
Sarau Literário estimula leitura como meio ressocialização
Ministra Cida Gonçalves anuncia construção de Casa da Mulher Brasileira em Ponta Porã
Segurança

Ministra Cida Gonçalves anuncia construção de Casa da Mulher Brasileira em Ponta Porã

12/07/2024 09:00
Ministra Cida Gonçalves anuncia construção de Casa da Mulher Brasileira em Ponta Porã
Governo de MS doa 500 pistolas calibre .40 para a Guarda Civil Municipal de Campo Grande
Segurança

Governo de MS doa 500 pistolas calibre .40 para a Guarda Civil Municipal de Campo Grande

10/07/2024 09:00
Governo de MS doa 500 pistolas calibre .40 para a Guarda Civil Municipal de Campo Grande
Últimas Notícias