Dourados – MS quinta, 13 de maio de 2021
Dourados
26º max
14º min
Saúde

Vacina da Covid-19 pode causar ciclo menstrual mais intenso

09 Abr 2021 - 14h25Por The Verge
Vacina da Covid-19 pode causar ciclo menstrual mais intenso -

Um novo e ainda pouco estudado efeito colateral da vacina contra Covid-19 é uma alteração no ciclo menstrual. Uma pesquisa da Universidade de Illinois observou o caso de algumas mulheres que tiveram a menstruação mais intensa após terem sido vacinadas.

Katharine Lee tomou a vacina no mesmo dia que uma amiga e ambas anotaram as mudanças em seus corpos para estudarem os efeitos colaterais do imunizante. Mas algo que definitivamente elas não esperavam é que ambas iniciaram a menstruação logo após serem vacinadas.

“Eu esperava que meu braço estivesse dolorido, ou que pudesse ter febre ou dor de cabeça, mas isso simplesmente não estava na lista”, explicou Lee, ainda surpresa pelo fato ter acontecido tanto com ela, quanto com sua colega.

O caso chegou até a pesquisadora Kate Clancy, que estuda o ciclo e também teve um período menstrual incomum após tomar a vacina contra Covid-19. Após uma postagem no Twitter, dezenas de mulheres relataram terem (ou estarem tendo) o mesmo sintoma.

Após a constatação, os pesquisadores da Universidade de Illinois iniciaram um estudo formal para analisar os casos. Não é algo simples já que o sintoma não foi observado durante os testes com os imunizantes. Os cientistas, no entanto, acreditam que a vacina contra Covid-19 causa estresse para o sistema imunológico (assim como qualquer vacina), o que pode acarretar alterações no ciclo menstrual.

Ciclo menstrual e a vacina contra Covid-19

“O ciclo menstrual é realmente dinâmico e responde a toneladas de coisas”, explica Clancy. “É bom saber que isso pode acontecer, da mesma forma que é saber que você pode estar com febre e dor de cabeça”, completou ainda a pesquisadora.

“Essas não são coisas sobre as quais algumas pessoas pensam. Não faz parte de sua experiência diária. Acho que muito disso está relacionado a essa história e ao preconceito em torno de quem decide o que é importante considerar como efeito colateral”, comentou também Lee, que faz parte do estudo.

A intenção é descobrir se existe uma relação entre a vacina contra Covid-19 e o ciclo menstrual. Por outro lado, se a pesquisa mostrar que não há um vínculo entre os dois elementos é importante que essas mulheres procurem um médico para garantir que está tudo bem.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde

Comissão da OMS faz recomendações para evitar próxima pandemia

12/05/2021 18:00
Anvisa determina vacinação apenas em grávidas e puérperas com comorbidades
Saúde

Anvisa determina vacinação apenas em grávidas e puérperas com comorbidades

12/05/2021 17:30
Anvisa determina vacinação apenas em grávidas e puérperas com comorbidades
Covid-19

Butantan entrega mais 1 milhão de doses de vacinas contra covid-19

12/05/2021 12:30
EUA autorizam vacina da Pfizer para faixa etária de 12 a 15 anos
Saúde

EUA autorizam vacina da Pfizer para faixa etária de 12 a 15 anos

11/05/2021 17:30
EUA autorizam vacina da Pfizer para faixa etária de 12 a 15 anos
Vacinação de grávidas e puérperas passa a ser feita, nesta fase, com doses da Pfizer
Dourados

Vacinação de grávidas e puérperas passa a ser feita, nesta fase, com doses da Pfizer

11/05/2021 16:30
Vacinação de grávidas e puérperas passa a ser feita, nesta fase, com doses da Pfizer
Últimas Notícias