Dourados – MS sexta, 26 de fevereiro de 2021
Dourados
34º max
24º min
Influx
CIÊNCIA

Tosse, febre e dificuldades para respirar são sinais de pneumonia

18 Abr 2016 - 08h23
Tosse, febre e dificuldades para respirar são sinais de pneumonia. - Crédito: Foto: Divulgação/AdamTosse, febre e dificuldades para respirar são sinais de pneumonia. - Crédito: Foto: Divulgação/Adam
Com tantos casos de gripe H1N1 no Brasil, que já causou mais de 100 mortes, resolvi escrever um texto para chamar atenção sobre a pneumonia. Assim como no inverno, o outono também é uma época que aumenta o número de casos dessa doença respiratória. Só no Brasil são registrados mais de dois milhões de casos de por ano, e é uma das principais causas de morte de adultos no País.

Provocada por vírus, fungos ou bactéria, a pneumonia pode provocar febre, dificuldades para respirar e levar à morte. Em uma das várias entrevistas que fiz com a infectologista Rosana Richtmann, do Instituto Emílio Ribas, ela me explicou que a pneumonia é uma infecção que se instala nos pulmões e pode provocar diversos prejuízos à saúde.

— Entre os principiais sintomas estão tosse, dificuldades para respirar, febre, calafrios e dores. Os idosos podem ficar confusos e até pararem de comer. As infecções por bactéria são ainda mais graves que as virais e podem levar à morte.

A doença é transmitida por gotícula de saliva ou espirro do doente, que chegam a outra pessoa ou ao ambiente. Ao tocar em olhos, nariz ou boca, o indivíduo acaba se contaminando.

Apesar de a pneumonia poder afetar pessoas de qualquer idade, a médica infectologista Lessandra Michellim já me disse que a doença costuma se concentrar nas idades extremas, ou seja, em crianças entre zero a dois anos e adultos acima dos 50 anos.

— A idade é importante pois influencia na capacidade de defesa. Crianças pequenas ainda estão formando seu sistema imunológico, e adultos com mais de 65 anos começam a apresentar dificuldade em se defender, sendo a resposta diferente de quando o organismo era mais jovem.

Além da idade, quem sofre com doenças cardíacas, pulmonares, renais, hepáticas, hematológicas, em tratamento de quimioterapia e imunodeprimidos por doenças e medicamentos também têm maior risco de ter pneumonia.

O único tratamento para a pneumonia é com o uso de antibiótico. Por isso, quanto mais tempo levar para iniciar o tratamento correto, mais doente o pulmão fica e os sintomas pioram. Em casos de bactérias mais agressivas, como o pneumococo, a pessoa pode até morrer.

Se estiver com esses sintomas, procure um médico!

(Por: Vanessa Sulina)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Com 160 novos casos confirmados, Dourados totaliza 20,5 mil infectados pela Covid-19
SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE

Com 160 novos casos confirmados, Dourados totaliza 20,5 mil infectados pela Covid-19

26/02/2021 13:34
Com 160 novos casos confirmados, Dourados totaliza 20,5 mil infectados pela Covid-19
Hospital do Amor de Dourados oferece exames preventivos gratuitos no mês das Mulheres
Saúde

Hospital do Amor de Dourados oferece exames preventivos gratuitos no mês das Mulheres

26/02/2021 08:55
Hospital do Amor de Dourados oferece exames preventivos gratuitos no mês das Mulheres
Saúde diz que distribuiu vacina para 100% dos idosos em asilos
PANDEMIA

Saúde diz que distribuiu vacina para 100% dos idosos em asilos

26/02/2021 06:58
Saúde diz que distribuiu vacina para 100% dos idosos em asilos
Bolsonaro edita MP que libera R$ 2,8 bilhões para combate à covid-19
Recursos

Bolsonaro edita MP que libera R$ 2,8 bilhões para combate à covid-19

25/02/2021 09:11
Bolsonaro edita MP que libera R$ 2,8 bilhões para combate à covid-19
MS ainda não registrou casos da variante do coronavírus e adota medidas para agilizar realização de exames
Covid-19

MS ainda não registrou casos da variante do coronavírus e adota medidas para agilizar realização de exames

24/02/2021 16:26
MS ainda não registrou casos da variante do coronavírus e adota medidas para agilizar realização de exames
Últimas Notícias