Dourados – MS quinta, 01 de outubro de 2020
Dourados
41º max
24º min
Setembro Amarelo

"Suicídio pode ser evitado quando há abertura ao diálogo", afirma psicólogo

08 Set 2020 - 15h01Por Cristina Nunes
Psicólogo Renan Pretti - Psicólogo Renan Pretti -

Na quinta-feira, 10 de setembro, é o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio. Para conscientizar a população, foi criada a campanha Setembro Amarelo sobre a importância da prevenção. Para explicar o problema, que já é considerado pela OMS (Organização Mundial da Saúde) como a segunda causa de morte entre os jovens de 15 e 24 anos, o Jornal O PROGRESSO conversou com o psicólogo Renan Pretti. Confira:

Por que é tão relevante falar sobre prevenção do suicídio?

R: O suicídio é um ato que pode ser evitado quando há abertura ao diálogo e a compreensão dos motivos que levam alguém a ceifar a própria vida e podem reverter esse quadro. Além disso, o suicídio pode alcançar pessoas de qualquer faixa etária, isto inclui as nossas crianças, por isso é preciso ter atenção redobrada a qualquer mudança de comportamento. Para se ter uma ideia do quão importante é falar sobre o tema, dados da OMS (Organização Mundial da Saúde) apontam que o suicídio já é a segunda maior causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos.

Você acredita que o assunto ainda seja um tabu? Por quê?

R: Sim, o assunto ainda na nossa sociedade é um tabu que precisa ser totalmente desmistificado para que haja uma melhor compreensão sobre as causas de suicídio. Hoje em dia o assunto está sendo mais abordado por escolas, empresas, universidades, instituições públicas, mas ainda sim existe um bloqueio quando se fala em suicídio, pois gera-se uma ideia de que se falarmos sobre o assunto iremos "motivar" quem já está com o pensamento. Não é bem assim, não tem como resolvermos um problema se não falarmos dele.


É comum ouvirmos dizeres de que quem quer se matar o faz logo e não fica anunciando. De que forma pensamentos como esse prejudicam?

R: Sim, é comum pessoas com falta de informação e ignorância falarem isso. A pessoa que tem o pensamento suicida ela demonstra em comportamentos sutis o anúncio de sua idealização, e é muito importante familiares e amigos estarem atentos a esses comportamentos. Indivíduos com pensamentos suicidas geralmente deixam sinais e quando chegam a ceifar a própria vida, familiares começam a enxergar os sinais de quando o ente dava, mas com falta de sensibilidade e percepção deixaram escapar pelos dedos a chance de reverter a situação. Pensamentos assim não ajudam em nada, apenas prejudicam ainda mais sobre esse tabu quando falamos sobre suicídio.

Existem sinais ou sintomas de alguém que esteja prestes a cometer um suicídio?

R: Sim, sempre existe sinais de alguém que esteja com pensamentos ou prestes a cometer a autoagressão suicida, aqui está alguns dos sinais mais recorrentes relacionado ao suicídio que devem não ser menosprezados e sempre observados: Isolamento, Desinteresse, má alimentação, mudança do sono, agressividade, tristeza persistente, fadiga, falta de energia, choro sem razão aparente, ideação sobre morte, dores e sentimentos de inutilidade. Ficar atento também nas redes sociais sobre post’s ou mensagem depressivas ou sobre morte.

Sempre ligamos casos de suicídio à depressão. Há essa relação direta? Existem outras doenças que acometem a saúde mental e podem levar ao suicídio?

R: A Associação Brasileira de Psiquiatria – aponta um elo entre o comportamento suicida e os transtornos mentais. Os dados comprovam que de 15.629 pessoas que suicidaram, 90% dos casos enquadrariam em algum transtorno mental. A depressão maior se destaca com o índice de 35,8% dos casos de suicídio. A depressão é o transtorno mental mais associado ao suicídio, porém não é somente ele que leva a este ato. O sentimento de inutilidade, impotência de produção, pressão da sociedade sobre um padrão aceitável também levam a estes sentimentos gerando sim o pensamento suicida.

Qual o melhor a se fazer quando identificamos que alguém externa pensamentos ou comportamentos suicidas?

R: O melhor a se fazer é ter empatia e ajudar. Estar sempre próximo da pessoa, evitar de deixa-la sozinha, conversar sobre o plano de suicídio, conversar sobre outras tentativas se ocorreu, conversar sobre outros meios de resolver a situação sem ser o suicídio, levar a situação a sério e verificar o grau em que está, remover os meios de suicídio de alcance da pessoa, ouvir sem julgar, dependendo do grau da situação convencer de ir até o hospital para fazer alguma medicação para acalmar, procurar uma ajuda de profissional de saúde mental para auxiliar, psicólogo (a) ou psiquiatra.

Por fim, qual a importância do ‘Setembro Amarelo’?

R: Setembro Amarelo é uma campanha criada em 2015 com o intuito de conscientizar a população sobre a prevenção do suicídio. O projeto foi pensado e implementado pelo Centro de Valorização da Vida (CVV), CFM (Conselho Federal de Medicina) e ABP (Associação Brasileira de Psiquiatria). Devido ao seu alcance, o setembro amarelo já faz parte do calendário anual e tem alcançado cada vez mais pessoas. A data é importante porque tem fomentado o debate sobre alguns tabus envolvendo o suicídio, difundido o contato de instituições que auxiliam pessoas nessas situações e disseminar informações que ajudam a identificar situações de risco. Também é fundamental buscar o auxílio de um profissional formado no curso de Psicologia e registrado no Conselho Regional de Psicologia. A população também tem acesso gratuito ao telefone 188, do CVV, que funciona 24 horas. Falar sobre suicídio não é apenas em Setembro!

Deixe seu Comentário

Leia Também

Número de óbitos por Covid-19 chega a 1.303 em MS
Covid-19

Número de óbitos por Covid-19 chega a 1.303 em MS

30/09/2020 15:35
Número de óbitos por Covid-19 chega a 1.303 em MS
Mulher de 83 anos morre e Dourados registra 84 novos casos nas últimas 24h
Covid

Mulher de 83 anos morre e Dourados registra 84 novos casos nas últimas 24h

30/09/2020 15:22
Mulher de 83 anos morre e Dourados registra 84 novos casos nas últimas 24h
Cerca de 160 mil crianças devem ser vacinadas neste mês de outubro
Vacinação

Cerca de 160 mil crianças devem ser vacinadas neste mês de outubro

30/09/2020 10:24
Cerca de 160 mil crianças devem ser vacinadas neste mês de outubro
Saúde

Droga contra câncer dá resultado contra esclerose múltipla

29/09/2020 16:01
MS registra 638 novos casos de coronavírus em 24 horas
Covid-19

MS registra 638 novos casos de coronavírus em 24 horas

29/09/2020 15:05
MS registra 638 novos casos de coronavírus em 24 horas
Últimas Notícias