Dourados – MS quarta, 24 de julho de 2024
20º
Saúde

Sinais do Alzheimer podem ser percebidos

09 Mar 2016 - 09h12Por Do Progresso
Sinais do Alzheimer podem ser percebidos -
Esquecer palavras e se perder podem ser outros sintomas de Alzheimer. O geriatra do ambulatório de demências do HC/UFPR, Mauro Piovezan, o professor de geriatria da UFPR, Vitor Pintarelli, e a fisioterapeuta e vice-presidente da Associação Brasileira de Alzheimer, Patrícia Novo, explicam que as pessoas devem ficar atentas quando alguém do seu convívio passa a ter os seguintes sinais da doença neurológica que atinge mais de um milhão de brasileiros:

Sintomas


Se perder - A pessoa se perde na rua ou em espaços conhecidos como sair de casa e não saber voltar.
Não se lembra - Guarda objetos e não lembra onde colocou.


Memória recente - Lembra o que aconteceu há 40 anos, mas não recorda situações do dia ou semana anterior.
Como usa? - Esquece como usar aparelhos que usa todo dia. Perde senhas.


Confusão mental - Tem confusões frequentes, separadas por dias ou semanas. Sofre da síndrome do crepúsculo, com medo do fim do dia, do anoitecer.


Não faz mais - Muda hábitos de forma negativa, como deixar de cozinhar, por exemplo, por não se lembrar como fazer.


Personalidade - Muda de personalidade, o que interfere nas atividades diárias. Apresenta alterações na linguagem, desaprende palavras e idiomas estrangeiros que conhecia, ou repete muito a mesma pergunta.


Fase avançada - Na fase mais avançada, a pessoa não consegue se vestir, ir ao banheiro e tomar banho sozinha.


Remédios - A cura do Alzheimer ainda não existe, e os pesquisadores também não sabem dizer como ou por que a doença aparece. Estudos têm se concentrado em reduzir os sintomas e tentar paralisar o avanço do mal que atinge mais de um milhão de brasileiros.


De acordo com o médico especialista em geriatria e gerontologia Rubens de Fraga Junior, as pesquisas não indicam muitas mudanças na progressão da doença até, pelo menos, 2025.


"Acompanho as pesquisas há 25 anos e não há perspectiva de cura. Os remédios que são lançados se voltam à qualidade de vida do paciente", diz ele, que também é do conselho consultivo da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia.

Deixe seu Comentário

Leia Também

América do Sul é destaque no combate à fome no mundo, diz FAO
Saúde

América do Sul é destaque no combate à fome no mundo, diz FAO

24/07/2024 20:00
América do Sul é destaque no combate à fome no mundo, diz FAO
Hospital Regional de MS lança 'Dia D' de cadastro de doadores de medula óssea
Saúde

Hospital Regional de MS lança 'Dia D' de cadastro de doadores de medula óssea

24/07/2024 18:00
Hospital Regional de MS lança 'Dia D' de cadastro de doadores de medula óssea
Fosfoetanolamina não tem autorização para uso medicinal, diz Anvisa
Saúde

Fosfoetanolamina não tem autorização para uso medicinal, diz Anvisa

24/07/2024 10:00
Fosfoetanolamina não tem autorização para uso medicinal, diz Anvisa
Obesidade adulta e anemia entre mulheres são preocupantes, aponta FAO
Saúde

Obesidade adulta e anemia entre mulheres são preocupantes, aponta FAO

24/07/2024 09:30
Obesidade adulta e anemia entre mulheres são preocupantes, aponta FAO
HU-UFGD inaugura jardim sensorial em área revitalizada após mobilização de colaboradores
Bem-estar

HU-UFGD inaugura jardim sensorial em área revitalizada após mobilização de colaboradores

24/07/2024 09:00
HU-UFGD inaugura jardim sensorial em área revitalizada após mobilização de colaboradores
Últimas Notícias