Dourados – MS quarta, 29 de novembro de 2023
27º
Cassems
Junho Lilás

Saúde fica iluminada para Campanha ‘Junho Lilás’ em alusão ao Teste do Pezinho

19 Jun 2021 - 11h30Por Secretaria de Estado de Saúde
Saúde fica iluminada para Campanha ‘Junho Lilás’ em alusão ao Teste do Pezinho - Crédito: Secretaria de Estado de Saúde Crédito: Secretaria de Estado de Saúde

Para chamar a atenção sobre a importância da realização do teste do pezinho entre o 3º ao 5º dia de vida do recém-nascido a sede da Secretaria de Estado de Saúde ficará iluminada na cor lilás até o final deste mês. Outros pontos de Campo Grande também foram iluminados com a mesma tonalidade em alusão à Campanha Junho Lilás.

A Secretaria de Estado de Saúde, alerta os municípios para a baixa cobertura do Teste do Pezinho entre 3° e o 5° dia de vida do recém-nascido, período preconizado pelo Programa Nacional de Triagem Neonatal (PNTN). A ação preventiva proporciona o diagnóstico precoce de várias doenças congênitas que podem afetar o recém-nascido.

Para o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, é importante que a família leve o recém-nascido para fazer o teste do pezinho nas Unidades Básicas de Saúde caso não tenha feito no hospital ou maternidade após as 48 horas de vida “O teste do pezinho é uma ação preventiva que proporciona o diagnóstico de várias doenças congênitas ao recém-nascido quando realizada no período preconizado do 3º ao 5º dia de vida. Ele tem por objetivo diagnosticar e tratar precocemente doenças que podem causar deficiência intelectual, entre outros danos à saúde do bebê, se não forem tratadas desde os seus primeiros dias de vida”.

Assim, a Triagem Neonatal Biológica ou Teste do Pezinho que é realizada pelo SUS detecta sete patologias: a Fenilcetonúria, Hipotireoidismo Congênito, Hiperplasia Adrenal Congênita, Fibrose Cística, Toxoplasmose Congênita, Hemoglobinopatias e Deficiência da Biotinidase. Esse diagnóstico possibilita o tratamento precoce e diminuição e/ou eliminação das sequelas que possam vir de cada uma dessas doenças.

A responsável técnica da Triagem Neonatal no Estado de Mato Grosso do Sul, enfermeira Vera Regina Dalla Vechia Biolchi Oliveira, reforça a importância de se falar sobre o Teste do Pezinho durante as consultas do pré-Natal e que as ações da SES têm intensificado na melhora do índice. “Mas é preciso que as gestantes conheçam e saibam sobre o quanto o Teste do Pezinho é importante para os seus bebês e também sobre as consequências quando não for realizado após às 48 horas e o 5º dia de vida do recém-nascido. Além da importância de a criança ter sido amamentada antes da coleta”.

Para alavancar a cobertura, a SES orienta que os municípios aproveitem a Estratégia de Saúde da Família (ESF) para fazer o Teste do Pezinho, considerando que as mães levam os seus bebês para consulta até o 5° dia de vida nas unidades de saúde. “Neste caso, seria muito bom que fosse feita a coleta do teste do pezinho, tendo em vista que, seria importante aproveitar a primeira consulta puerperal, assim não se perderia a chance de se fazer o teste entre o 3º e 5º dia de vida do recém-nascido que é o período preconizado pelo programa”, ressalta Biolchi.

Portanto, a Secretaria de Estado de Saúde chama atenção para a sensibilização da sociedade, dos pais, responsáveis legais, gestores municipais quanto a gravidade da baixa cobertura. “Se uma das doenças não for detectada precocemente em razão da não coleta do Teste do Pezinho, a falta do diagnóstico precoce pode levar a criança a óbito ou deixá-la com sequelas”, esclarece a enfermeira.

Rodson Lima, SES

Publicado por: Rodson Carmo de Lima

Deixe seu Comentário

Leia Também

Novo estudo vincula exposição ao herbicida glifosato a problemas de saúde mental e cognitiva
Agrotóxico

Novo estudo vincula exposição ao herbicida glifosato a problemas de saúde mental e cognitiva

há 8 horas atrás
Novo estudo vincula exposição ao herbicida glifosato a problemas de saúde mental e cognitiva
Pesquisa sobre a relação entre hipertensão e periodontite é premiada pela American Heart Association
Saúde

Pesquisa sobre a relação entre hipertensão e periodontite é premiada pela American Heart Association

há 10 horas atrás
Pesquisa sobre a relação entre hipertensão e periodontite é premiada pela American Heart Association
Teresa Leitão defende a regulamentação da cannabis medicinal no Brasil
Senado

Teresa Leitão defende a regulamentação da cannabis medicinal no Brasil

29/11/2023 07:00
Teresa Leitão defende a regulamentação da cannabis medicinal no Brasil
Oposição critica vacinação de crianças contra Covid em debate com ministra da Saúde
Câmara dos Deputados

Oposição critica vacinação de crianças contra Covid em debate com ministra da Saúde

29/11/2023 06:45
Oposição critica vacinação de crianças contra Covid em debate com ministra da Saúde
Covid-19 registra 995 novos casos na última semana em MS, com sete óbitos confirmado
Saúde

Covid-19 registra 995 novos casos na última semana em MS, com sete óbitos confirmado

28/11/2023 21:45
Covid-19 registra 995 novos casos na última semana em MS, com sete óbitos confirmado
Últimas Notícias