Dourados – MS sábado, 11 de julho de 2020
Dourados
31º max
14º min
Saúde

Preservação da Amazônia é questão global, não do Brasil

17 Jun 2011 - 17h08
BBC



O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, disse nesta sexta-feira em Brasília que está \'muito preocupado\' com a redução das florestas mundo afora e que o desmatamento da Amazônia não diz respeito somente ao Brasil, mas a todos os países.

\'Espero que o governo brasileiro, o Parlamento, todas as indústrias alimentícias e comunidades envolvidas discutam esse assunto sinceramente e seriamente, tendo em mente que esta não é uma questão brasileira, é uma questão global\', disse Ban a jornalistas.

Segundo Ban, por abrigar a maior floresta do mundo, as ações do Brasil no combate ao desmatamento terão grande impacto nos esforços globais sobre o tema.

\'O desmatamento mundial representa 20% das emissões de gases de efeito estufa. Precisamos parar com essa tendência\', afirmou.

A coletiva encerrou o giro do secretário-geral pela América do Sul. Nesta semana, antes de visitar o Brasil, onde se encontrou com a presidente Dilma Rousseff e com ministros de Estado, ele esteve na Colômbia, na Argentina e no Uruguai.

Horas antes, Ban recebeu a notícia de que o Conselho de Segurança da ONU recomendou que ele seja eleito para um novo mandato de cinco anos à frente das Nações Unidas. A recomendação deve ser submetida a votação na Assembleia Geral da ONU na próxima terça-feira.

Ban disse que colocará \'humildemente\' sua candidatura à apreciação dos Estados-membros da ONU. \'Se eu for confirmado pela Assembleia Geral para um segundo mandato, eu estarei muito mais motivado, honrado e preparado para continuar trabalhando\'.

Ban voltou a defender que a América do Sul amplie sua atuação na ONU e elogiou os esforços da região em promover relações sul-sul.

Disse ainda que, caso seja reeleito, suas prioridades serão costurar um acordo global sobre mudanças climáticas na Conferência de Desenvolvimento Sustentável (Rio+20), em 2012, garantir melhores condições para a saúde de mães e crianças e ampliar a assistência humanitária da ONU a vítimas de conflitos armados.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Médicos entram na mira do MPF após recusa em atuar nas UTI's da Covid em Dourados
SAÚDE

Médicos entram na mira do MPF após recusa em atuar nas UTI's da Covid em Dourados

11/07/2020 14:02
Médicos entram na mira do MPF após recusa em atuar nas UTI's da Covid em Dourados
Mato Grosso do Sul tem 153 mortes por coronavírus e 12.969 confirmados
COVID-19

Mato Grosso do Sul tem 153 mortes por coronavírus e 12.969 confirmados

11/07/2020 12:35
Mato Grosso do Sul tem 153 mortes por coronavírus e 12.969 confirmados
Mato Grosso do Sul atinge meta e vacina 90,78% do público-alvo contra Influenza
SAÚDE

Mato Grosso do Sul atinge meta e vacina 90,78% do público-alvo contra Influenza

11/07/2020 11:02
Mato Grosso do Sul atinge meta e vacina 90,78% do público-alvo contra Influenza
Estudo recomenda lockdown para frear número de óbitos por Covid-19 em Dourados
PESQUISA

Estudo recomenda lockdown para frear número de óbitos por Covid-19 em Dourados

11/07/2020 08:32
Estudo recomenda lockdown para frear número de óbitos por Covid-19 em Dourados
Coronavírus: uso de máscara salva vidas
Saúde

Coronavírus: uso de máscara salva vidas

11/07/2020 07:38
Coronavírus: uso de máscara salva vidas
Últimas Notícias