Dourados – MS domingo, 28 de novembro de 2021
Dourados
34º max
19º min
Cassems - Rede Amo
Saúde

PAI humaniza saúde, enfatiza Marçal

01 Jan 2011 - 08h15
Crianças terão um ambiente lúdico para atividades durante o tratamento
 - Crédito: Fotos: DivulgaçãoCrianças terão um ambiente lúdico para atividades durante o tratamento - Crédito: Fotos: Divulgação
DOURADOS - O deputado federal Marçal Filho (PMDB), que acaba de garantir o empenho de R$ 1,5 milhão para o início das obras do Pronto Atendimento Infantil (PAI) em Dourados, disse ontem que o projeto vai humanizar os serviços de saúde voltados às crianças em toda região. “Tudo que é feito na atualidade em termos de pediatria na saúde pública ficará para trás com o Pronto Atendimento Infantil, que tratará criança como criança a partir do momento em que um grupo de profissionais da medicina passará a trabalhar exclusivamente com esse público”, argumenta o deputado.

O pediatra Eduardo Marcondes, que já foi secretário municipal de Saúde e conhece como poucos as deficiências nos serviços de pediatria prestados pelo poder público, parabenizou o deputado Marçal Filho pela iniciativa. “É uma notícia fabulosa para a pediatria douradense e, mais importante, é um projeto que resgata o compromisso com a saúde infantil, humanizando os serviços e garantindo um atendimento personalizado às crianças, de forma que todos serão tratados de maneira igual e com a mesma qualidade”, aposta Marcondes.

O pediatra analisa ainda que o PAI significará um progresso na pediatria a partir do momento em que concentrará os serviços de urgência e emergência num mesmo local, desafogando os hospitais públicos e assegurando uma atenção exclusiva às crianças. “Mais de 90% dos atendimentos em pediatria não exigem internação e o PAI possibilitará que essas crianças recebam atenção profissional padronizada, de forma que os casos que dispensarem internação serão solucionados com rapidez e, nos demais, o paciente irá se recuperar em tempo menor porque terá tratamento humanizado”, finaliza Eduardo Marcondes.

O médico Luiz Machado, um dos mais importantes generalistas de Dourados e que tem compromisso com a saúde da família, comemorou ontem o anúncio do empenho dos recursos para início das obras do Pronto Atendimento Infantil. “Este projeto é importante não apenas porque humaniza o atendimento às crianças e garante condições ideais de trabalho aos pediatras, mas, também, se preocupa com toda infraestrutura que envolve uma pediatria, desde a brinquedoteca até o fraudário”, argumenta Luiz Machado.

Para o médico, todos os esforços dos agentes políticos para viabilizar esse importante projeto serão recompensados com a melho-ria no atendimento à criança. “O Marçal Filho está de parabéns pelo empenho dos recursos necessários para a obra e a prefeita Délia também deve ser parabenizada não apenas pela iniciativa do projeto, mas, também, por garantir a área onde o PAI será construído”, finaliza o médico.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Omicron: O que Brasil deve fazer para impedir a chegada da nova variante detectada na África do Sul
Saúde

Omicron: O que Brasil deve fazer para impedir a chegada da nova variante detectada na África do Sul

27/11/2021 09:08
Omicron: O que Brasil deve fazer para impedir a chegada da nova variante detectada na África do Sul
Omicron: O que Brasil deve fazer para impedir a chegada da nova variante detectada na África do Sul
Pandemia

Omicron: O que Brasil deve fazer para impedir a chegada da nova variante detectada na África do Sul

27/11/2021 08:55
Omicron: O que Brasil deve fazer para impedir a chegada da nova variante detectada na África do Sul
Estudantes e professores dos cursos de saúde da UFGD realizarão Ação Social em Ladário
Saúde

Estudantes e professores dos cursos de saúde da UFGD realizarão Ação Social em Ladário

26/11/2021 15:30
Estudantes e professores dos cursos de saúde da UFGD realizarão Ação Social em Ladário
MS registra 61 novos casos e nenhuma morte por covid no boletim desta sexta-feira
Covid

MS registra 61 novos casos e nenhuma morte por covid no boletim desta sexta-feira

26/11/2021 14:30
MS registra 61 novos casos e nenhuma morte por covid no boletim desta sexta-feira
Janssen: Ministério da Saúde recomenda dose de reforço com intervalo de dois a seis meses
Covid

Janssen: Ministério da Saúde recomenda dose de reforço com intervalo de dois a seis meses

26/11/2021 08:42
Janssen: Ministério da Saúde recomenda dose de reforço com intervalo de dois a seis meses
Últimas Notícias