Dourados – MS quarta, 28 de fevereiro de 2024
35º
IPVA parcela 2
Saúde

OMS quer o fecho de negociações do acordo global sobre pandemias em 15 semanas

Expectativa da agência da ONU é que países concluam processo até a Assembleia Mundial da Saúde

12 Fev 2024 - 22h30Por ONU News
Chefe da OMS citou dois obstáculos nos esforços em curso para desenvolver um acordo internacional sobre preparação e resposta a pandemias - Crédito: OMSChefe da OMS citou dois obstáculos nos esforços em curso para desenvolver um acordo internacional sobre preparação e resposta a pandemias - Crédito: OMS

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde, OMS, disse que ter um acordo pandêmico é uma missão essencial para a humanidade “após as enormes perdas às comunidades, países, empresas e economias durante a pandemia da Covid-19”.

Falando nesta segunda-feira na Cúpula Mundial de Governos, nos Emirados Árabes Unidos, Tedros Ghebreyesus destacou que tais perdas não devem ser nem em vão, nem repetidas. 

Futuras gerações

Ele enfatizou que neste momento o mundo está despreparado para enfrentar uma situação semelhante de crise.

Chefe da OMS enfatizou que uma preparação para futuras pandemias evitaria expor as futuras gerações ao sofrimento

Chefe da OMS enfatizou que uma preparação para futuras pandemias evitaria expor as futuras gerações ao sofrimento - Foto: © Unicef/Angad Dhakal

 

Além de listar as consequências da Covid-19, o chefe da OMS enfatizou que uma preparação para futuras pandemias evitaria expor as futuras gerações ao mesmo sofrimento que a atual viveu.

Na avaliação do diretor-geral, as perdas em diversos campos seriam menores se houvesse um acordo antes da pandemia. Para ele, o momento atual é de liderança nos mais altos níveis de governo até que um acordo sobre preparação e resposta a pandemias seja entregue à Assembleia Mundial da Saúde dentro de 15 semanas.

Ele apontou dois obstáculos nos esforços em curso para desenvolver um tratado internacional sobre o tema: As questões não resolvidas entre os países e a propagação de falsas alegações sobre o acordo. 

Desigualdade, informações falsas e desinformação

O chefe da OMS defende que o entendimento visa reforçar a cooperação global em diversas áreas relacionadas com a saúde e descartou “as teorias da conspiração que o rodeiam”.

OMS defende que mundo está despreparado para enfrentar uma situação de criseOMS defende que mundo está despreparado para enfrentar uma situação de crise - Foto: © Unicef/Habib Kanobana

 

Tedros Ghebreyesus destacou ainda que o momento atual é para rejeitar a desigualdade, as informações falsas e a desinformação e abraçar a cooperação internacional.

Na intervenção, o diretor-geral falou ainda do apoio da OMS para aliviar a situação em Gaza onde entregou 447 toneladas de suprimentos médicos. Para a OMS o auxílio “é uma gota no oceano de necessidades, que continuam a crescer a cada dia.”

Apenas 15 dos 36 hospitais ainda funcionam parcial ou minimamente na área onde ocorrem operações militares de forças de Israel em resposta ao ataque de 7 de outubro do movimento Hamas ao território israelense.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Instituto que ajuda pacientes com câncer faz vakinha online para não fechar
Solidariedade que Transforma

Instituto que ajuda pacientes com câncer faz vakinha online para não fechar

28/02/2024 12:30
Instituto que ajuda pacientes com câncer faz vakinha online para não fechar
 Saiba o que é infecção congênita por citomegalovírus e como diagnosticar
Saúde

Saiba o que é infecção congênita por citomegalovírus e como diagnosticar

28/02/2024 10:45
 Saiba o que é infecção congênita por citomegalovírus e como diagnosticar
Estudo confirma benefício da acupuntura auricular no tratamento da depressão
Saúde

Estudo confirma benefício da acupuntura auricular no tratamento da depressão

28/02/2024 07:10
Estudo confirma benefício da acupuntura auricular no tratamento da depressão
Pesquisa detecta vírus zika e chikungunya em ovos de mosquitos Aedes
Saúde

Pesquisa detecta vírus zika e chikungunya em ovos de mosquitos Aedes

há 18 horas atrás
Pesquisa detecta vírus zika e chikungunya em ovos de mosquitos Aedes
Mato Grosso do Sul confirma mais duas mortes por dengue
Saúde

Mato Grosso do Sul confirma mais duas mortes por dengue

27/02/2024 21:00
Mato Grosso do Sul confirma mais duas mortes por dengue
Últimas Notícias