Dourados – MS quarta, 02 de dezembro de 2020
Dourados
33º max
23º min
Influx
Imaculada-Mobile
Saúde

Mulher tem papel fundamental na saúde do homem

18 Nov 2015 - 09h23
Ricardo De Lucia é médico urologista na cidade de Dourados. - Crédito: Foto: Hedio FazanRicardo De Lucia é médico urologista na cidade de Dourados. - Crédito: Foto: Hedio Fazan
Que homem não gosta de ir ao médico não é novidade. É por isso que o papel da mulher é fundamental para incentivá-los a cuidar da saúde. Na campanha “Novembro Azul”, são elas as principais agentes no incentivo a promoção do diagnóstico precoce do câncer de próstata, doença da terceira idade e a segunda mais comum entre os homens (atrás apenas do câncer de pele não-melanoma).

Mais do que qualquer outro tipo, o aumento de câncer de próstata observado nas taxas de incidência no Brasil pode ser parcialmente justificado pela evolução dos métodos diagnósticos (exames), pela melhoria na qualidade dos sistemas de informação do país e pelo aumento na expectativa de vida.

Pesquisas revelam que um a cada seis homens terão câncer de próstata. E alguns desses tumores, segundo o médico urologista Ricardo De Lucia, podem crescer de forma rápida, espalhando-se para outros órgãos e podendo levar à morte. A grande maioria, porém, cresce de forma lenta que não chega a dar sinais durante a vida e nem a ameaçar a saúde do homem. “Eles passam a ser descobertos quando o homem sente dores e decide ir ao médico. O problema é que o câncer pode estar em estágio avançado e com isso não podemos mais falar em cura”, alerta o urologista.

É comum homens chegarem ao consultório de Ricardo De Lucia a pedido da mulher, da filha... “De tanto serem cobrados a cuidar da saúde, eles decidem fazer exames, como os de próstata. Isso mostra o quanto a mulher pode ajudar a quebrar esse tabu do machismo ainda muito presente em nossa sociedade”, ressalta o urologista.

Atualmente, se recomenda que os homens iniciem a realização dos exames de prevenção do câncer de próstata a partir dos 50. Mas em pacientes com forte histórico familiar, os exames de prevenção podem ser iniciados a partir 40 anos. É muito comum uma grande parcela dos homens realizarem apenas o exame de sangue, conhecido como PSA. “Não existe recomendação para fazer apenas um exame, é necessário fazer também o toque retal. Em muitos casos, a alteração não será identificada apenas no PSA, somente no toque. Caso seja identificado algum nódulo suspeito na próstata, ou o PSA elevado, o paciente será encaminhado para fazer a biópsia”, explica o médico, afirmando que um exame complementa o outro para se chegar a até 90% de um diagnóstico preciso.

Prevenção?

Já está comprovado que uma dieta rica em frutas, verduras, legumes, grãos e cereais integrais, e com menos gordura, principalmente as de origem animal, diminuem o risco de câncer, como também de outras doenças crônicas. Hábitos saudáveis também são recomendados, como a prática diária de atividade física, manter o peso adequado à altura, diminuir o consumo de álcool e não fumar.

Porém, a medicina ainda não chegou a uma conclusão sobre métodos de prevenção do câncer de próstata. “É por isso que incentivamos o diagnóstico precoce da doença. Campanhas como a Novembro Azul ajudam a incentivar o homem a cuidar da saúde. Um diagnóstico precoce podemos falar em 90% da cura do câncer de próstata. Mas a partir do momento que o tumor evolui, falamos apenas em tratamento da doença”, avisa o médico.

Como a idade é um fator de risco importante para o câncer de próstata, uma vez que tanto a incidência como a mortalidade aumentam significativamente após os 50 anos, os exames devem ser feitos anualmente e os resultados acompanhados de perto para avaliar as alterações.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Secretário teme colapso em Dourados pela falta de leitos de UTI
Covid-19

Secretário teme colapso em Dourados pela falta de leitos de UTI

01/12/2020 17:18
Secretário teme colapso em Dourados pela falta de leitos de UTI
Taza global de ocupação de UTIs está em 85%
Dourados

Taza global de ocupação de UTIs está em 85%

01/12/2020 15:29
Taza global de ocupação de UTIs está em 85%
Mato Grosso do Sul passa de 100 mil casos de Covid-19
Saúde

Mato Grosso do Sul passa de 100 mil casos de Covid-19

01/12/2020 14:40
Mato Grosso do Sul passa de 100 mil casos de Covid-19
Estados e municípios já solicitaram mais de 12 mil prorrogações de leitos de UTI ao Ministério da Saúde
Saúde

Estados e municípios já solicitaram mais de 12 mil prorrogações de leitos de UTI ao Ministério da Saúde

01/12/2020 14:23
Estados e municípios já solicitaram mais de 12 mil prorrogações de leitos de UTI ao Ministério da Saúde
Com mais de 100 mil casos de COVID-19, SES cobra medidas mais restritivas dos municípios para conter avanço da doença
Covid-19

Com mais de 100 mil casos de COVID-19, SES cobra medidas mais restritivas dos municípios para conter avanço da doença

01/12/2020 11:39
Com mais de 100 mil casos de COVID-19, SES cobra medidas mais restritivas dos municípios para conter avanço da doença
Últimas Notícias