Dourados – MS domingo, 14 de julho de 2024
10º
Saúde

Ministério da Saúde habilita Humap-UFMS para atendimento especializado no processo transexualizador

Habilitação do hospital como centro de atenção ambulatorial especializada visa proporcionar um atendimento mais inclusivo e humanizado

24 Jun 2024 - 17h30Por Unidade de Comunicação Regional 25 (HUMAP-UFMS)
Medida que habilita Humap-UFMS como centro de atenção ambulatorial especializada visa proporcionar um atendimento mais inclusivo e humanizado - Medida que habilita Humap-UFMS como centro de atenção ambulatorial especializada visa proporcionar um atendimento mais inclusivo e humanizado -

Em uma medida significativa para a saúde da população LGBTQIA+, o Ministério da Saúde, por meio da Portaria GM/MS nº 4.057, de 4 de junho de 2024, habilitou o Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian (Humap-UFMS), em Campo Grande (MS), filiado à Rede Ebserh, como um centro de Atenção Especializada no Processo Transexualizador, na modalidade ambulatorial. A publicação foi feita no Diário Oficial da União no dia 19 de junho deste ano.

A portaria, assinada pela Ministra da Saúde Nísia Trindade Lima, segue diversas normativas e regulamentos anteriores, incluindo a Portaria SAS/MS nº 457, de 2008, e as Portarias de Consolidação GM/MS nº 2 e 6, de 2017, que estabelecem as diretrizes para a saúde integral de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, além de regulamentar o financiamento e a transferência de recursos federais para as ações e serviços de saúde no âmbito do SUS.

De acordo com a nova portaria, o estabelecimento de saúde habilitado receberá um montante anual estimado de R$ 435.540,48 para custear ações e serviços de média e alta complexidade destinados à atenção à saúde da população transexual. Esse recurso será disponibilizado por meio do Fundo de Ações Estratégicas e Compensação (FAEC) e transferido ao Fundo Municipal de Saúde de Campo Grande.

A medida representa um avanço na oferta de serviços especializados e no fortalecimento da rede de atendimento à população transexual no Brasil. A habilitação do Humap-UFMS como centro de atenção ambulatorial especializada visa proporcionar um atendimento mais inclusivo e humanizado, atendendo às necessidades específicas desse grupo.

“A habilitação vem oficializar um trabalho multidisciplinar que já vem sendo feito há muitos anos no hospital. Assim, temos o reconhecimento oficial, além da mais segurança aos pacientes que nos procuram, bem como, o repasse financeiro para custeio das atividades”, afirmou a Dra. Cláudia Emília Lang, Gerente de Atenção à Saúde do Humap-UFMS. 

Recursos
O recurso financeiro destinado a essa habilitação será gerido pelo Fundo Nacional de Saúde, que adotará as medidas necessárias para garantir a transferência dos valores ao município de Campo Grande, conforme a produção registrada na Base de Dados dos Sistemas de Informações do SUS. Este processo autorizativo será encaminhado pela Secretaria de Atenção Especializada à Saúde.

A portaria também especifica que o recurso será utilizado para manter a unidade de saúde habilitada, assegurando a continuidade e a qualidade dos serviços prestados à população transexual. O financiamento correrá por conta do orçamento do Ministério da Saúde, onerando o Programa de Trabalho 10.302.5118.8585 - Atenção à Saúde da População para procedimentos em Média e Alta Complexidade, dentro do Plano Orçamentário 0005 Fundo de Ações Estratégicas e Compensação (FAEC).

A medida entrou em vigor na data de publicação da portaria, com efeitos financeiros retroativos a partir de abril de 2024, garantindo assim a imediata alocação dos recursos e o início das operações do novo centro especializado.

Sobre a Ebserh


Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Ebserh foi criada em 2011 e, atualmente, administra 42 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência. Como hospitais vinculados a universidades federais, essas unidades têm características específicas: atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) ao mesmo tempo que apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas e inovação.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde recomenda atenção para casos de febre Oropouche no país
Saúde

Saúde recomenda atenção para casos de febre Oropouche no país

13/07/2024 21:00
Saúde recomenda atenção para casos de febre Oropouche no país
Saúde de MS ganha nova ferramenta digital para evitar judicialização de processos
Judiciário

Saúde de MS ganha nova ferramenta digital para evitar judicialização de processos

13/07/2024 15:00
Saúde de MS ganha nova ferramenta digital para evitar judicialização de processos
Promotora de Justiça palestra em evento sobre solução de conflitos na área da saúde
Campo Grande

Promotora de Justiça palestra em evento sobre solução de conflitos na área da saúde

13/07/2024 12:00
Promotora de Justiça palestra em evento sobre solução de conflitos na área da saúde
Vacina nacional contra covid está em fase avançada, diz ministra
Saúde

Vacina nacional contra covid está em fase avançada, diz ministra

13/07/2024 11:00
Vacina nacional contra covid está em fase avançada, diz ministra
Hospital Universitário é reconhecido pela Anvisa pelo quarto ano consecutivo
Saúde

Hospital Universitário é reconhecido pela Anvisa pelo quarto ano consecutivo

13/07/2024 07:45
Hospital Universitário é reconhecido pela Anvisa pelo quarto ano consecutivo
Últimas Notícias