Dourados – MS quinta, 29 de outubro de 2020
Dourados
26º max
18º min
Influx
Saúde

Entenda o que pode levar à morte súbita cardíaca

11 Fev 2011 - 19h45
As arritmias são batimentos irregulares do coração,
ora mais rápido, ora mais devagar - Crédito: Foto: ArquivoAs arritmias são batimentos irregulares do coração, ora mais rápido, ora mais devagar - Crédito: Foto: Arquivo
O caso da britânica de 18 anos que morreu depois de seu primeiro beijo no namorado chama a atenção para os problemas cardíacos. A jovem levava uma vida saudável e praticava natação e hóquei, mas morreu por causa de uma parada cardíaca.

É um alerta de que nem sempre os ataques do coração são causados por sedentarismo e hábitos alimentares. Há várias doenças com causas genéticas que podem provocar a arritmia cardíaca. Elas podem, inclusive, provocar a morte súbita por falhas no músculo, e não pelo entupimento de algum canal sanguíneo. As doenças provocadas por defeitos no músculo do coração são chamadas de miocardiopatias.

Segundo o Dr. Fernando Cruz, chefe do setor de arritmia do Instituto Nacional de Cardiologia, há duas miocardiopatias que estão bastante relacionadas à morte súbita.

Na miocardiopatia hipertrófica, há um aumento no tamanho do músculo, o que causa arritmia. Na displasia arritmogênica do ventrículo direito, células do músculo cardíaco morrem e são substituídas por células adiposas – de gordura, mas sem nenhuma relação com a alimentação. Estas duas doenças podem ser detectadas por meio de exames e tratadas com medicamentos.

Cardiopatias primariamente elétricas
Mas há também doenças que não se tratam de falhas no músculo, e sim de falhas elétricas no funcionamento do coração. Elas são conhecidas como cardiopatias primariamente elétricas e não podem ser detectadas pela necrópsia, já que não há alteração visível no órgão.

“O coração estruturalmente é normal, mas eletricamente a ativação dele é anormal, porque existe uma mutação genética que determina que ocorram algumas alterações que possam causar a arritmia maligna”, explica o médico. Este tipo de doença pode se manifestar desde o período fetal até o período de adulto jovem.

#####Como tratar
A arritmia cardíaca apresenta sintomas como taquicardia, desmaios e convulsões. Este último, aliás, pode causar uma confusão perigosa no diagnóstico. “Em algumas crianças que têm arritmias graves, como os sintomas são parecidos, muitas vezes são rotuladas como epilepsia”, afirma Cruz.

O médico alerta que as crianças nem sempre sabem descrever o que sentem quando têm taquicardia. Elas podem simplesmente acusar dor no peito ou ficarem quietas de repente. Nesta hora, cabe aos pais colocar a mão no peito delas e conferir se o batimento está normal.
Quem pratica esportes regularmente e nota alguma coisa anormal em algum momento específico também tem que ficar em alerta.

Em caso de dúvidas, o ideal é sempre procurar um médico e, se preciso, um cardiologista. O exame de eletrocardiograma aponta possíveis doenças e existem medicamentos eficientes para tratá-la.

A morte súbita pode acontecer em casos de estresse e excitação – como pode ter sido o caso da britânica em seu primeiro beijo no namorado.

(G1)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Há 6 dias Dourados não registra novos óbitos por Covid-19
Covid-19

Há 6 dias Dourados não registra novos óbitos por Covid-19

29/10/2020 13:42
Há 6 dias Dourados não registra novos óbitos por Covid-19
Dourados registra mais 58 novos casos e tem 70% de ocupação de leitos de UTI
covid

Dourados registra mais 58 novos casos e tem 70% de ocupação de leitos de UTI

29/10/2020 13:33
Dourados registra mais 58 novos casos e tem 70% de ocupação de leitos de UTI
Mato Grosso do Sul já recebeu mais de 4,6 milhões de Equipamentos de Proteção Individual do Ministério da Saúde
Saúde

Mato Grosso do Sul já recebeu mais de 4,6 milhões de Equipamentos de Proteção Individual do Ministério da Saúde

28/10/2020 14:31
Mato Grosso do Sul já recebeu mais de 4,6 milhões de Equipamentos de Proteção Individual do Ministério da Saúde
Volta a crescer número de novos casos em Dourados
Covid

Volta a crescer número de novos casos em Dourados

28/10/2020 13:53
Volta a crescer número de novos casos em Dourados
Criança de apenas cinco anos morre por coronavírus em Ponta Porã
Saúde

Criança de apenas cinco anos morre por coronavírus em Ponta Porã

28/10/2020 13:21
Criança de apenas cinco anos morre por coronavírus em Ponta Porã
Últimas Notícias