Dourados – MS quinta, 20 de fevereiro de 2020
Dourados
32º max
23º min
Saúde

Coronavírus: Pediatra alerta para risco de infecção em crianças

Médico orienta pais sobre grupo de risco e pede que redrobem os cuidados

10 Fev 2020 - 17h08Por Valéria Araújo
Pediatra Eduardo Marcondes alerta para riscos da doença em crianças - Crédito: DivulgaçãoPediatra Eduardo Marcondes alerta para riscos da doença em crianças - Crédito: Divulgação

A suspeita de que uma criança brasileira,  de 10 anos, internada nas Filipinas, com suspeita de Coronavírus, acende um alerta para esse grupo de risco.Em Dourados, o médico pediatra Eduardo Marconde, pede que os pais redrobem os cuidados com os pequenos para essa e outras doenças infecciosas. Segundo ele, ainda falta, uma abordagem maior da doença no que tange às crianças. 

"Alerto as autoridades, pais, cuidadores, educadores e toda a sociedade para a necessidade de uma atenção especial às crianças. Elas transmitem muito mais infecção por via respiratória pelo contato com outros meninos e meninas, além da proximidade que têm com os adultos. É um grupo de risco e por isso devemos ficar atentos, seja na atenção às condições dos espaços de uso coletivo, seja nas residências, onde, como já ponderei em artigo anterior, a asspsia e profilaxia é fundamental. Para proteger as crianças, algumas medidas são essenciais. É preciso estimular a ingestão de líquidos, a adoção de bons hábitos alimentares, de sono e, sobretudo, tornar rotina a higienização de mãos e também ao tossir", destaca Marcondes. 

O pediatra também recomenda que o álcool gel deve ser usado sempre que a criança tocar em qualquer objeto, ao cumprimentar uma pessoa e quando retornar de atividades habituais do dia a dia - como os momentos de lazer em parques, nas áreas comuns de recreação de prédios/condomínios, shoppings, entre outros locais. "Também é fundamental que, ao tossir, coloque o antebraço na boca. Jamais as mãos, pois elas favorecem o contágio dessas doenças", orienta.

Conforme Marcondes, como em todas as enfermidades (e por isso insisto na importância da medicina preventiva, muito mais barata e eficiente que a medicina curativa, que quando necessária deve ser de qualidade e adequada) a informação faz a diferença na compreensão e prevenção ao Coronavírus. "Atualmente, com o surto presente na China, o vírus ganhou uma notoriedade muito maior. Não é uma gripe, esse termo utilizamos apenas para a infecção causada pelo influenza. O Coronavírus é responsável por um quadro de insuficiência respiratória com pneumonia, por isso a transmissão por via respiratória acaba sendo mais comum", observa.

O Coronavírus, tipo de organismo RNA que causa doença pulmonar, com sintomas como febre, tosse, falta de ar e dificuldade em respirar, recebe esse nome por causa de sua aparência que, quando observada em microscópio, remete a uma coroa (corona significa coroa em italiano e espanhol). Contagioso, o coronavírus normalmente é transmitido por meio de gotículas expelidas quando tossimos. A prevenção, em áreas de risco, é feita evitando o contato (sem proteção) com animais e com pessoas que apresentam sintomas semelhantes aos do resfriado e da gripe.

"O Governo Brasileiro está no caminho certo ao não enveredar pelo alarmismo. Não proibiu a entrada de chineses no país, o que seria inócuo, pois não fazemos fronteira com a China e os chineses que aqui aportam passaram antes por outros países. Está adaptando a Base Aérea de Anápolis para eventuais quarentenas. Contamos agora com o empenho da ciência para que seja descoberto o mais breve possível uma vacina para a doença. No mais, os cuidados que citamos acima e que estão em qualquer manual básico de higiene devem ser observados o ano todo, a todo momento, e não apenas quando eclode um drama como o que vivem os chineses e tantos outros povos onde o Coronavírus já chegou", enfatiza.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Câmara aprova ultrassom obrigatório para mulheres com risco de câncer
Saúde

Câmara aprova ultrassom obrigatório para mulheres com risco de câncer

19/02/2020 16:00
Câmara aprova ultrassom obrigatório para mulheres com risco de câncer
Campanha

Embaixadores da Juventude debatem em Lisboa combate à violência contra mulher

19/02/2020 15:45
Câmara cria comissão especial sobre violência obstétrica
Saúde

Câmara cria comissão especial sobre violência obstétrica

19/02/2020 15:10
Câmara cria comissão especial sobre violência obstétrica
Medicamentos antimalária são recomendados por especialista contra coronavírus
Saúde

Medicamentos antimalária são recomendados por especialista contra coronavírus

19/02/2020 13:30
Medicamentos antimalária são recomendados por especialista contra coronavírus
Vacinação contra sarampo vai até 13 de março para pessoas de 5 a 19 anos
imunização

Vacinação contra sarampo vai até 13 de março para pessoas de 5 a 19 anos

19/02/2020 10:15
Vacinação contra sarampo vai até 13 de março para pessoas de 5 a 19 anos
Últimas Notícias