Dourados – MS sábado, 25 de maio de 2024
13º
Saúde

Comissão discute inclusão no SUS de medicamento contra tipo raro de câncer sanguíneo

A mielofibrose é um câncer que afeta as células responsáveis pela produção de sangue na medula óssea

06 Mai 2022 - 20h30Por Agência Câmara de Notícias
Cabe à Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS decidir sobre o tema - Crédito: DepositphotosCabe à Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS decidir sobre o tema - Crédito: Depositphotos

A Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa da Câmara dos Deputados promove audiência pública na quarta-feira (11) para discutir a inclusão, no Sistema Único de Saúde (SUS), de medicamento contra a mielofibrose.

A mielofibrose é um tipo raro de câncer que afeta as células responsáveis pela produção de sangue na medula óssea. A doença atinge principalmente idosos.

O debate é uma iniciativa da deputada Flávia Morais (PDT-GO). Ela afirma que o SUS não dispõe hoje de métodos terapêuticos satisfatórios para o aumento da sobrevida e da qualidade de vida dos pacientes com mielofibrose.

A parlamentar defende a inclusão na rede pública do remédio Ruxolitinibe, já aprovado pela Anvisa e pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). "Esse medicamento é a única alternativa eficaz para pessoas inelegíveis ao transplante de medula óssea, o que ocorre especialmente pelo avanço da idade", afirma Flávia Morais.

A Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS (Conitec) negou em 2020 a inclusão do Ruxolitinibe na rede pública de saúde, alegando que a droga era paliativa e não apresentava custo-benefício. Em 2022, voltou a analisar o assunto. Dessa vez, recomendou a realização de uma consulta pública, mas sinalizou um novo parecer desfavorável.

Convidados
Foram convidados para a audiência:
- o médico hematologista e diretor da Associação Brasileira de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular (ABHH), Renato Tavares;
- a médica nefrologista e integrante do Comitê de Bioética do Grupo Hospitalar Conceição, Caroline Rech;
- a presidente do Projeto Camaleão, Flávia Maioli Magalhães de Oliveira; e
- o paciente com mielofibrose Gildo Caiza.

A reunião será realizada no plenário 12, às 15 horas. O público poderá acompanhar a reunião ao vivo e enviar perguntas aos participantes por meio do portal e-Democracia.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde lança nova campanha de vacinação contra covid-19
Saúde

Saúde lança nova campanha de vacinação contra covid-19

25/05/2024 19:30
Saúde lança nova campanha de vacinação contra covid-19
Médicos chamam atenção para mucopolissacaridose, doença genética rara
Saúde

Médicos chamam atenção para mucopolissacaridose, doença genética rara

25/05/2024 15:30
Médicos chamam atenção para mucopolissacaridose, doença genética rara
Rio Grande do Sul investiga mais de 800 casos de leptospirose
Saúde

Rio Grande do Sul investiga mais de 800 casos de leptospirose

25/05/2024 14:30
Rio Grande do Sul investiga mais de 800 casos de leptospirose
Campo Grande ultrapassa 14 mil casos notificados de Síndrome Gripal, alerta Sesau
Saúde

Campo Grande ultrapassa 14 mil casos notificados de Síndrome Gripal, alerta Sesau

25/05/2024 14:00
Campo Grande ultrapassa 14 mil casos notificados de Síndrome Gripal, alerta Sesau
Glaucoma: monitoramento evitou cegueira em 300 mil brasileiros
Saúde

Glaucoma: monitoramento evitou cegueira em 300 mil brasileiros

25/05/2024 12:30
Glaucoma: monitoramento evitou cegueira em 300 mil brasileiros
Últimas Notícias