Dourados – MS domingo, 27 de setembro de 2020
Dourados
36º max
24º min
CARAVANA DA SAÚDE

Começa em Dourados nesta quinta-feira a Caravana da Saúde

14 Abr 2016 - 08h41
O atendimento da carreta do Hospital do Câncer de Barretos, que faz parte da Caravana, começou na segunda-feira. - Crédito: Foto: A. Frota/ DivulgaçãoO atendimento da carreta do Hospital do Câncer de Barretos, que faz parte da Caravana, começou na segunda-feira. - Crédito: Foto: A. Frota/ Divulgação
A Caravana da Saúde começa nesta quinta-feira (14) em Dourados, às 7h, tendo como sede o Complexo Esportivo Jorge Antônio Salomão, o "Jorjão". A previsão é de que sejam realizados, pelo menos, 25,5 mil atendimentos durante os dias do evento, que segue até 26 deste mês. O objetivo é contribuir para "desafogar" a rede de saúde pública, agilizando a fila de espera por procedimentos e melhorando o acesso da população aos serviços.

Serão realizadas durante o evento, pelo menos, 14 mil consultas nas mais diversas áreas, além de 5,5 mil cirurgias gerais e oftalmológicas e 6 mil exames. A realização é do Governo do Estado em parceria com a Prefeitura de Dourados, que dá todo o suporte para as atividades. Pelo menos 2 mil profissionais estão envolvidos no evento. Para ter acesso aos serviços oferecidos, os usuários devem ficar atentos às regras.

No caso da oftalmologia com foco nas cirurgias de catarata, o serviço será de procura espontânea pela população, preferencialmente acima de 55 anos de idade. Não é necessário agendamento nestes casos, bastando procurar a Caravana no "Jorjão" durante os dias do evento das 7h às 17h. O usuário deve levar documento com foto e Cartão SUS. Quem não tem o Cartão, pode fazer no local levando os documentos pessoais e um comprovante de residência.

O Secretário de Saúde, Sebastião Nogueira lembra que a realização das cirurgias de catarata é a conquista de um trabalho constante da administração do prefeito Murilo já que se trata de um grande gargalo que tem sido uma luta ao longo dos anos para que seja sanado.

"Desde que assumimos a Secretaria estamos lutando para que a população tenha acesso a essas cirurgias, cobrando os prestadores de serviço que não estavam fazendo sua parte e buscando mais alternativas para reduzir o tempo de espera pelo procedimento. Já temos resultados positivos e o suporte que a prefeitura dá para a realização dessas cirurgias na Caravana é mais um resultado desse trabalho", explica o secretário.

Para os demais procedimentos que serão realizados na Caravana, o usuário não deve procurar direto o evento. A Secretaria Municipal de Saúde realiza o agendamento e entra em contato com o paciente que será atendido pela Caravana. A Secretaria aproveita pra alertar à necessidade do usuário, principalmente aquele que aguarda por procedimentos, manter seus dados atualizados junto aos órgãos de saúde.

O agendamento feito pelo município obedece a ordem de prioridade estabelecida no Sisreg (Sistema Nacional de Regulação), levando para o evento aquelas pessoas que já estavam na fila do SUS (Sistema Único de Saúde) aguardando atendimento. Além de contribuir para que essas pessoas sejam atendidas com mais agilidade, isso deve provocar uma reação posterior, já que desafogando os serviços, mais pessoas poderão ser atendidas quando a Caravana acabar.

Junto com o início dos atendimentos da Caravana neste dia 14, haverá mutirão de combate ao mosquito Aedes aegypti em toda a região do Grande Água Boa, onde está o "Jorjão". Serão levados materiais informativos, detecção e eliminação de focos do mosquito que transmite Dengue, Zika Vírus e Febre Chikungunya, além da limpeza de terrenos.

A ação de combate ao mosquito, que soma ao longo trabalho que a prefeitura vem realizando, será feito por Equipes da Secretaria Municipal de Saúde, Secretaria Municipal de Serviços Urbanos, Governo do Estado, Exército, entre outros parceiros voluntários.

Os "Dias D" da Caravana serão 15, 16 e 17 (sexta-feira a domingo). Nestas datas, além dos atendimentos de saúde, mais de 30 instituições parceiras vão oferecer os mais diversos serviços e orientações durante a Caravana, incluindo o casamento civil para quem está interessado. Entre os parceiros, estão o TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), Ministério Público, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, entre outros, que estarão na estrutura montada no Jorjão.


Já para a realização de cirurgias, consultas e mais procedimentos de saúde da Caravana, além da estrutura montada no "Jorjão" haverá hospitais de suporte para o evento. São estes o HRGD (Hospital Regional da Grande Dourados), Hospital Cassems, Hospital de Fátima do Sul e Hospital da Vida, sendo que este último teve a estruturação de sala e leitos de UTI que ficarão posteriormente para acrescentar às melhorias que já vem sendo feitas.

As ações de Caravana abrangem toda a microrregião de Dourados que além da sede do evento, inclui Caarapó, Deodápolis, Douradina, Fátima do Sul, Glória de Dourados, Itaporã, Jateí, Laguna Carapã, Rio Brilhante e Vicentina.

O "Jorjão" fica na rua Itamarati, nº 100, no Jardim Água Boa. Durante a realização da Caravana, as unidades básicas de saúde da família, hospitais e laboratórios, entre outros serviços prestados pela saúde continuam funcionando normalmente. Quem precisa de qualquer atendimento de saúde, deve procurar o posto mais perto de casa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Número de casos Covid – 19 continua alto e médias são preocupantes, alerta SES
Saúde

Número de casos Covid – 19 continua alto e médias são preocupantes, alerta SES

26/09/2020 14:30
Número de casos Covid – 19 continua alto e médias são preocupantes, alerta SES
Média de mortes por covid-19 no Brasil cai 10,35% em uma semana
Saúde

Média de mortes por covid-19 no Brasil cai 10,35% em uma semana

26/09/2020 14:03
Média de mortes por covid-19 no Brasil cai 10,35% em uma semana
Dourados registra morte por covid e confirma 72 novos casos neste sábado (26)
Saúde

Dourados registra morte por covid e confirma 72 novos casos neste sábado (26)

26/09/2020 13:17
Dourados registra morte por covid e confirma 72 novos casos neste sábado (26)
OMS: mortes por covid-19 podem dobrar para 2 milhões antes de vacina
Saúde

OMS: mortes por covid-19 podem dobrar para 2 milhões antes de vacina

26/09/2020 09:30
OMS: mortes por covid-19 podem dobrar para 2 milhões antes de vacina
Presidente Jair Bolsonaro está sem febre ou dor após cirurgia
Brasil

Presidente Jair Bolsonaro está sem febre ou dor após cirurgia

25/09/2020 15:07
Presidente Jair Bolsonaro está sem febre ou dor após cirurgia
Últimas Notícias