Dourados – MS quarta, 19 de fevereiro de 2020
Dourados
34º max
23º min
Saúde

Chegada de ciclone deixa Austrália em alerta máximo

02 Fev 2011 - 17h54
Imagem de satélite da Nasa, feita em 31 de janeiro, mostra a aproximação de Yasi - Crédito: Foto: APImagem de satélite da Nasa, feita em 31 de janeiro, mostra a aproximação de Yasi - Crédito: Foto: AP
Um enorme ciclone em formação a caminho da Austrália teve sua classificação revista para o mais alto nível de ameaça, e os meteorologistas alertam que pode ser a tempestade mais perigosa já vista em gerações, rivalizando com o Katrina, que destruiu a cidade americana de Nova Orleans em 2005.

O ciclone tropical Yasi foi elevado à categoria de tempestade de categoria cinco, com ventos superiores a 250 km/h, enquanto se aproxima da populosa costa nordeste do país, que acaba de se recuperar de gigantescas inundações.

Segundo o Instituto de Meteorologia, a tempestade deve chegar à região na noite de quarta-feira ou na manhã de quinta.

\"Este ciclone é enorme e perigoso\", advertiu a primeira-ministra do estado, Anna Bligh. \"Pode causar mortos e devemos levar a ameaça a sério\", acrescentou.

Autoridades informaram que moradores e turistas da costa nordeste australiana já estavam sendo retirados na terça-feira, antes da chegada do ciclone.

Os moradores das áreas mais ameaçadas receberam ordens para deixar suas casas. Nove mil pessoas devem ser retiradas dos arredores de Cairns nas próximas horas e o hospital da cidade se preparava para transferir, com ajuda de um avião militar, mais de 250 pacientes.

O ciclone Yasi está sobre o mar de Coral, em frente à costa nordeste da Austrália. Estima-se que chegue ao litoral entre Cairns, cidade de 122.000 habitantes, e Innisfail, povoado de 10 mil habitantes, 100 km ao sul de Cairns.

Os meteorologistas estimam que seus ventos e chuvas castigarão locais em um raio de centenas de quilômetros, e calculam a extensão de sua \"frente\" em 650 km.

Segundo a meteorologia, as fortes chuvas na região estão apenas começando. \"Esperamos que as condições de La Niña vão continuar por pelo menos alguns meses -o que significa uma estação de ciclones tropicais ativa para a Austrália, com mais chuva forte e inundações em Queensland\" disse o meteorologista Tom Saunders, do Weather Channel.

(g1)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Câmara aprova ultrassom obrigatório para mulheres com risco de câncer
Saúde

Câmara aprova ultrassom obrigatório para mulheres com risco de câncer

19/02/2020 16:00
Câmara aprova ultrassom obrigatório para mulheres com risco de câncer
Campanha

Embaixadores da Juventude debatem em Lisboa combate à violência contra mulher

19/02/2020 15:45
Câmara cria comissão especial sobre violência obstétrica
Saúde

Câmara cria comissão especial sobre violência obstétrica

19/02/2020 15:10
Câmara cria comissão especial sobre violência obstétrica
Medicamentos antimalária são recomendados por especialista contra coronavírus
Saúde

Medicamentos antimalária são recomendados por especialista contra coronavírus

19/02/2020 13:30
Medicamentos antimalária são recomendados por especialista contra coronavírus
Vacinação contra sarampo vai até 13 de março para pessoas de 5 a 19 anos
imunização

Vacinação contra sarampo vai até 13 de março para pessoas de 5 a 19 anos

19/02/2020 10:15
Vacinação contra sarampo vai até 13 de março para pessoas de 5 a 19 anos
Últimas Notícias