Dourados – MS sábado, 24 de julho de 2021
Dourados
32º max
16º min
Saúde

Animal pré-histórico 'gaúcho' era herbívoro e tinha dentes-de-sabre

24 Mar 2011 - 21h45
Ossos do Tiarajudens eccentricus mostram dente-de-sabre e dentes no interior da boca - Crédito: Foto: Cortesia Juan Carlos CisnerosOssos do Tiarajudens eccentricus mostram dente-de-sabre e dentes no interior da boca - Crédito: Foto: Cortesia Juan Carlos Cisneros
Um animal que viveu há mais de 260 milhões de anos teria sido o primeiro terápsido - ancestral dos mamíferos - a possuir dentes-de-sabre, além de dentes parecidos com os da capirava, mas localizados no céu da boca (palato). O fóssil da nova espécie (Tiarajudens eccentricus) foi descoberto por uma equipe de pesquisadores na região de Tiaraju, no Rio Grande do Sul.

A novidade é tema da edição desta semana da revista \"Science\", da Associação Americana para Avanço da Ciência (AAAS, na sigla em inglês), umas das principais publicações científicas do mundo.

O professor Juan Carlos Cisneros, da Universidade Federal do Piauí (UFPI) e um dos autores do estudo, explicou em entrevista ao G1 que este animal possui características únicas entre os que viveram na Era Paleozoica (entre 550 milhões a 250 milhões de anos atrás).

\"Não se conhece nenhum outro animal com esse tipo de dente que seja herbívoro neste período\", afirma o paleontólogo. \"Carnívoros com dentes-de-sabre até existiam, mas nenhum herbívoro. Pelo menos não nessa época tão distante.\"

Segundo os pesquisadores, a espécie descoberta no Rio Grande do Sul possuia o tamanho de uma anta e tinha dentes muito parecidos com os de uma capivara, porém localizados no céu da boca.

\"A forma como esse animal triturava alimentos é muito diferente do que temos hoje. Ele mascava com o céu da boca, não tinha dentes nas margens, como nós e outros animais temos\", explica o especialista.

Somente outras duas espécies de répteis conseguiam processar alimentos como o Tiarajudens eccentricus na época em que ele teria vivido - entre 265 milhões a 260 milhões de anos atrás.

\"Isso é uma novidade evolutiva. Provavelmente esse animal tinha uma capacidade de mastigar muito boa\", diz o professor.

#####Procura pelo animal
Para descobrir a ossada, a equipe de Juan Carlos Cisneros vasculhou a região de Tiaraju, próxima à cidade de São Gabriel, em busca de rochas com idade parecida com a do Tiarajudens eccentricus.

\"Nada aconteceu por acaso, nós estávamos pesquisando em uma área onde ossos como esses seriam próvaveis de aparecer\", diz Juan Carlos. A prospecção começou em 2008.

Após detectarem os restos conservados do terápsido em março de 2009, um trabalho de limpeza cuidadosa e colagem dos fragmentos de ossos foi feito. \"Assim que o esqueleto vai sendo montado, é possível enxergar melhor as características da anatomia do animal. Aos poucos, dá para saber com que tipo de terápsido estamos lidando\", afirma o cientista. \"Todo esse trabalho nunca se faz em menos de um ano.\"

A pesquisa divulgada na publicação americana trata somente dos dentes do animal, mas Cisneros afirma que estudos posteriores com membros anteriores e inferiores já iniciaram.

(g1)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Falta de médicos e insumos para vacinação comprometem atendimento, diz vereadora
Dourados

Falta de médicos e insumos para vacinação comprometem atendimento, diz vereadora

24/07/2021 07:27
Falta de médicos e insumos para vacinação comprometem atendimento, diz vereadora
Drive tem vacinação dose 1 neste sábado para 27 anos ou mais
Dourados

Drive tem vacinação dose 1 neste sábado para 27 anos ou mais

24/07/2021 07:00
Drive tem vacinação dose 1 neste sábado para 27 anos ou mais
Pandemia

Fiocruz: cai média de idade de mortes e de casos de covid-19

23/07/2021 16:00
Imunização

Butantan entrega mais 1 milhão de doses de vacina contra covid-19

23/07/2021 15:00
Covid-19

Taxa de contágio tem leve aumento em MS

23/07/2021 14:00
Últimas Notícias