Dourados – MS sábado, 12 de junho de 2021
Dourados
23º max
13º min
Saúde

A reestruturação do Hospital Evangélico é prioridade

23 Dez 2015 - 10h30
Hospital Evangélico de Dourados passa por completa reestruturação com nova superintendência e Conselho de Administração. - Crédito: Foto: Hédio FazanHospital Evangélico de Dourados passa por completa reestruturação com nova superintendência e Conselho de Administração. - Crédito: Foto: Hédio Fazan
O economista Públio Eugênio Castro Vasconcelos, novo superintendente do Hospital Evangélico (HE) de Dourados, anunciou ontem que a prioridade é a reestruturação da unidade hospitalar. “Assumi o comando, junto com o Conselho Deliberativo, há pouco mais de 80 dias e posso afirmar que encontrei um hospital com os mesmos problemas dos demais hospitais que atendem pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em todo o Brasil”, afirmou Vasconcelos.


Segundo ele, a situação inicial do HE era a mesma das demais unidades, com uma crise generalizada e dificuldades em quase todos os setores. “Tomamos algumas medidas emergenciais e técnicas que já apresentam os primeiros resultados”, enfatiza. “É possível mensurar avanços em diversos setores, sobretudo na questão salarial dos nossos colaboradores e no atendimento aos pacientes”, completou.


Vasconcelos afirma que o objetivo é reestruturar totalmente o Hospital Evangélico de Dourados. “É claro que esse desafio não deve ser enfrentado apenas pela nova gestão do HE, mas, também, por toda sociedade douradense já que a unidade presta um serviço de relevância para Dourados e toda região”, ressaltou o superintendente. “Quando falo em sociedade, também me refiro ao poder público municipal, estadual e federal, que devem olhar para o Hospital Evangélico com a atenção que a unidade merece”, completou.


O novo superintendente garantiu que não haverá demissão nesta nova fase do Hospital Evangélico. “Não passa pela nossa cabeça demitir colaboradores, mesmo porque não será com dispensa de pessoal que iremos superar nossas dificuldades”, ressaltou. “Tivemos uma conversa direta com todos, adotados medidas saneadoras e hoje podemos constatar no semblante dos nossos funcionários a satisfação em continuar prestando à sociedade de Dourados e região serviços de excelência na área médica e hospitalar”, argumenta.


Ainda de acordo com o novo superintendente, as decisões técnicas que foram tomadas pela nova direção foram capazes de “mitigar” problemas emergenciais. “Trouxemos um diretor financeiro de São Paulo, que é um economista com experiência na gestão de finanças hospitalares e também adotamos medidas capazes de sanear antigos problemas”, ressaltou. “Em relação ao tamanho da dívida do Hospital Evangélico, penso que essa questão não deva ser externada, mas posso afirmar que a situação não é diferente da que existe hoje em outros hospitais”, explicou.


Públio Eugênio Castro Vasconcelos ressaltou que ainda há muito o que se fazer até que o Hospital Evangélico volte a ser referência para Dourados e região. “Posso afirmar que nossa preocupação hoje é resgatar a imagem do Hospital Evangélico de Dourados e estamos trabalhando neste sentido, mas, repito, precisaremos do apoio de todo conjunto da sociedade, sobretudo na questão extra-muro, que será indispensável na transformação que queremos fazer”, observou.


Ele ressaltou ainda que o desafio maior será recolocar o Hospital Evangélico de Dourados na posição de protagonista na prestação de serviços médicos e hospitalares. “Temos uma infraestrutura completa, continuaremos atendendo pelo Sistema Único de Saúde e investindo cada vez mais na melhoria dos serviços, de forma que a reconstrução do nosso hospital será possível a partir do momento em que tivermos o envolvimento de todos nesse processo”, completou.


O novo superintendente também descartou qualquer possibilidade da mantenedora se desfazer do Hospital Evangélico de Dourados. “Esta questão nunca foi discutida por essa superintendência, pelo contrário, estamos trabalhando e adotando medidas estratégicas para recuperar a imagem do hospital e fazer com que ele volte a ocupar o protagonismo que sempre teve na prestação de serviços à sociedade de Dourados e região”, finalizou Públio Eugênio Castro Vasconcelos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mais 6,3 milhões de doses da vacina Covid-19 foram distribuídas para estados e DF nesta semana
Brasil

Mais 6,3 milhões de doses da vacina Covid-19 foram distribuídas para estados e DF nesta semana

12/06/2021 12:00
Mais 6,3 milhões de doses da vacina Covid-19 foram distribuídas para estados e DF nesta semana
Boletim Epidemiológico
Pandemia

Boletim Epidemiológico

12/06/2021 11:46
Boletim Epidemiológico
Conheça a Janssen, próxima vacina a ser aplicada em Mato Grosso do Sul
Pandemia

Conheça a Janssen, próxima vacina a ser aplicada em Mato Grosso do Sul

11/06/2021 19:00
Conheça a Janssen, próxima vacina a ser aplicada em Mato Grosso do Sul
Caminhoneiros com 21 anos ou mais podem vacinar contra Covid neste sábado
Covid-19

Caminhoneiros com 21 anos ou mais podem vacinar contra Covid neste sábado

11/06/2021 16:30
Caminhoneiros com 21 anos ou mais podem vacinar contra Covid neste sábado
Morre 4° paciente de covid levado para tratamento fora de MS
Covid-19

Morre 4° paciente de covid levado para tratamento fora de MS

11/06/2021 15:51
Morre 4° paciente de covid levado para tratamento fora de MS
Últimas Notícias