Dourados – MS terça, 25 de fevereiro de 2020
Dourados
33º max
23º min
Justiça

Prefeitura de Dourados terá que garantir matrícula para crianças no Centro de Educação Infantil

16 Jan 2020 - 20h12Por Redação
Prefeitura de Dourados terá que garantir matrícula para crianças no Centro de Educação Infantil - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

Após o Ministério Público de Mato Grosso do Sul ter ajuizado Ação Civil Pública para que o Município de Dourados garanta matrícula para crianças no Centro de Educação Infantil Municipal (CEIM), a Justiça determinou o cumprimento da sentença para que o Município cumpra a obrigação, sob pena de multa de R$ 14.660,00 por dia.

De acordo com a decisão, fica estabelecido que o Município de Dourados reabra o “CEIM – Pequeno Príncipe”, ainda que em outro imóvel na mesma região da cidade, mantendo o número de vagas atualmente existentes (no mínimo 93 vagas); ou, em caráter subsidiário, amplie o número de vagas ofertadas nos CEIMs já existentes (disponibilizando no mínimo mais 93 vagas), caso viável, ou nas entidades conveniadas, até a reabertura do “CEIM – Pequeno Príncipe”, ainda que em outro imóvel, ou a criação de um novo centro de ensino infantil naquela região.

Com intuito de viabilizar o atendimento de todas as crianças de zero a seis anos de idade em creche e pré-escola da cidade de Dourados, em prazo máximo de 1 ano, a 17ª Promotoria de Justiça realizou diversas audiências de conciliação durante o mês de março de 2018 e de 2019, ocasião em que foram fixadas metas e deveres a serem cumpridos pela municipalidade para que, com o decorrer dos anos, a oferta de vagas em Centros de Educação Infantis Municipais ou Conveniados pudesse, de fato, atender à demanda apresentada.

No entanto, o Centro Educacional Infantil Municipal Pequeno Príncipe encerrou suas atividades em 19/12/2019, com a justificativa de que o imóvel é inadequado para a instalação de uma unidade de ensino, sendo que mais de 90 crianças eram atendidas por este centro de educação.

Já em 2012, o Ministério Público Estadual havia ajuizado ação em que ficou acordado com o Município de Dourados que não poderia ser reduzido o número de vagas ofertadas às crianças de zero a seis anos de idade em creche e pré-escola daquela cidade.

O Promotor de Justiça explica que a municipalidade, além de não promover as diligências necessárias para garantir que o “CEIM – Pequeno Príncipe” permanecesse em funcionamento, ainda que em outro imóvel devidamente adequado aos fins a que se destinaria, encerrou as suas atividades sem disponibilizar a criação de outro CEIM para a ampliação de turmas e vagas ou, ainda, promover a contratação de novas matrículas por estabelecimento conveniados.

 

Fonte: MPMS

Deixe seu Comentário

Leia Também

Acadêmico do Vale Universidade pode cumprir parte das horas do estágio aos sábados e domingos
Educação

Acadêmico do Vale Universidade pode cumprir parte das horas do estágio aos sábados e domingos

25/02/2020 09:21
Acadêmico do Vale Universidade pode cumprir parte das horas do estágio aos sábados e domingos
Cidades

UEMS Acolhe divulga cursos de Português para estrangeiros em 2020

21/02/2020 10:29
Com apoio da ONU no Brasil, Gâmbia entra em nova fase do programa de alimentação escolar
Sociedade

Com apoio da ONU no Brasil, Gâmbia entra em nova fase do programa de alimentação escolar

20/02/2020 11:30
Com apoio da ONU no Brasil, Gâmbia entra em nova fase do programa de alimentação escolar
Carnaval: Corpo de Bombeiros orienta para um feriado de festa em segurança
Feriadão

Carnaval: Corpo de Bombeiros orienta para um feriado de festa em segurança

20/02/2020 11:15
Carnaval: Corpo de Bombeiros orienta para um feriado de festa em segurança
Projeto que redefine percentual de reserva legal no Cerrado será revisto na CMA
Meio ambiente

Projeto que redefine percentual de reserva legal no Cerrado será revisto na CMA

20/02/2020 10:45
Projeto que redefine percentual de reserva legal no Cerrado será revisto na CMA
Últimas Notícias