Dourados – MS domingo, 14 de julho de 2024
10º
Educação

MEC atende a metas do ODS 4 para educação básica

Programas e ações cumprem o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) 4, voltado à educação inclusiva, de qualidade e equitativa, para promover oportunidades de aprendizagem

23 Jun 2024 - 07h30Por Assessoria de Comunicação Social do MEC*
MEC atende a metas do ODS 4 para educação básica - Crédito: Marcelo Camargo/Agência Brasil Crédito: Marcelo Camargo/Agência Brasil

OMinistério da Educação (MEC) está alinhado com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) estabelecidos pela Organização das Nações Unidas (ONU), especialmente com o ODS 4, que visa garantir uma educação inclusiva, equitativa e de qualidade para todos. Diversas iniciativas e políticas foram implementadas pela Pasta para assegurar o cumprimento das dez metas globais do Objetivo, principalmente no que diz respeito à educação infantil e básica. 

Desse modo, para garantir que todos os meninos e as meninas completem a educação básica (desde a primeira infância), gratuita, equitativa e de qualidade, conduzindo a resultados de aprendizagem relevantes e eficazes (ODS 4.1), o MEC tem implementado uma série de ações e políticas que se relacionam com as metas globais, especialmente as políticas prioritárias da atual gestão para a etapa de ensino: Compromisso Nacional Criança Alfabetizada, Escola em Tempo Integral, Pacto pela Retomada de Obras da Educação Básica e o programa Pé-de-Meia. 

Como as ações do MEC se relacionam com as metas do ODS 4 

Compromisso Nacional Criança Alfabetizada, lançado em 2023, promove a alfabetização na idade certa. Esse programa já investiu mais de R$ 1 bilhão em ações em prol da alfabetização, fomentando Cantinhos de Leitura, formação de professores e gestores, materiais didáticos, entre outras ações estruturantes. No ano passado, o Brasil atingiu o patamar de 56% das crianças alfabetizadas ao final do 2º ano do ensino fundamental, recuperando o desempenho de alfabetização anterior à pandemia de covid-19. 

Como parte do Compromisso, o Programa Leitura e Escrita na Educação Infantil (Leei) oferece formação de qualidade para profissionais da educação infantil e promove a alfabetização precoce. Além disso, por meio do EI Manutenção, o MEC fomenta o apoio à expansão de matrículas em novos estabelecimentos ou turmas de educação infantil, garantindo acesso à educação desde a primeira infância. 

Além disso, para assegurar o desenvolvimento de qualidade na primeira infância (ODS 4.2), o MEC conta com várias outras ações, como o Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae). A iniciativa contribui para o crescimento, o desenvolvimento biopsicossocial, a aprendizagem e o rendimento escolar, oferecendo refeições que atendem às necessidades nutricionais dos alunos. O MEC aumentou em até 39% os valores repassados a estados e municípios para o Pnae, após seis anos sem reajuste. 

Atento às necessidades da educação escolar indígena, o MEC realiza a Ação Saberes Indígenas na Escola (Asie), que visa à formação continuada de professores indígenas no ensino fundamental. Em 2024, a iniciativa conta com um investimento de R$ 20 milhões para formar 4 mil professores indígenas cursistas e 400 orientadores de estudos. 

Pacto pela Retomada de Obras, coordenado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), garantiu a conclusão de 650 obras em 2023 e de 265 em 2024, criando 741 mil novas vagas, com um investimento de R$ 3,9 bilhões. Já o Novo PAC Creches — referente ao Novo Programa de Aceleração do Crescimento (Novo PAC) — investe na construção de 1.178 novas creches e pré-escolas, beneficiando 110,6 mil crianças em áreas de vulnerabilidade social, com um investimento previsto de R$ 11,8 bilhões. 

Programa Escola em Tempo Integral é outra iniciativa importante, ampliando a carga horária escolar e conectando o ensino às necessidades dos estudantes. No ciclo 2023-2024, foram fomentadas mais de 950 mil matrículas em tempo integral, com um investimento de R$ 3,8 bilhões aos entes federados. O programa oferece uma abordagem integral e integrada do currículo, voltada para o desenvolvimento de bebês, crianças e adolescentes. 

Com o programa Pé-de-Meia, o Ministério da Educação visa promover a permanência e a conclusão escolar de estudantes matriculados no ensino médio público. Esse programa oferece incentivos financeiros e suporte educacional para a frequência, aprovação e conclusão do ensino médio. Os alunos recebem um incentivo mensal de R$ 200, que pode ser sacado a qualquer momento, e depósitos anuais de R$ 1.000, disponíveis após a conclusão do ano letivo. Com a participação no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), os valores podem chegar a R$ 9.200 por aluno. O programa visa democratizar o acesso à educação; aumentar a frequência escolar; reduzir a reprovação e a evasão; e incentivar a participação em avaliações externas e no Enem. 

Dessa forma, as ações do MEC estão diretamente alinhadas com as metas do ODS 4, promovendo uma educação de qualidade, inclusiva e equitativa desde a primeira infância até o ensino médio. Com programas abrangentes e investimentos significativos, o MEC trabalha para reduzir as desigualdades educacionais e garantir oportunidades de aprendizagem para todos os estudantes brasileiros. 

 

*com informações da Secretaria de Educação Básica (SEB) e da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização de Jovens e Adultos, Diversidade e Inclusão (Secadi) 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Especialistas cobram reestruturação e servidores em todas as área da educação
Senado

Especialistas cobram reestruturação e servidores em todas as área da educação

12/07/2024 21:00
Especialistas cobram reestruturação e servidores em todas as área da educação
Correios doam 21,5 mil livros para abastecer bibliotecas no RS
Educação

Correios doam 21,5 mil livros para abastecer bibliotecas no RS

12/07/2024 20:30
Correios doam 21,5 mil livros para abastecer bibliotecas no RS
Cursinho Pré-Vestibular UEMS abre 120 vagas para Campo Grande
Educação

Cursinho Pré-Vestibular UEMS abre 120 vagas para Campo Grande

12/07/2024 07:30
Cursinho Pré-Vestibular UEMS abre 120 vagas para Campo Grande
Edital Mulheres na Ciência destina R$ 300 mil para apoiar 50 pesquisadoras
UFMS

Edital Mulheres na Ciência destina R$ 300 mil para apoiar 50 pesquisadoras

12/07/2024 07:15
Edital Mulheres na Ciência destina R$ 300 mil para apoiar 50 pesquisadoras
Programa abre inscrições para  Colaboradores Voluntários no Curso de Português para Migrantes
UEMS Acolhe

Programa abre inscrições para Colaboradores Voluntários no Curso de Português para Migrantes

11/07/2024 07:30
Programa abre inscrições para  Colaboradores Voluntários no Curso de Português para Migrantes
Últimas Notícias