Dourados – MS sexta, 05 de março de 2021
Dourados
30º max
21º min
Cassems
Educação

Especialista dá dicas para ter sucesso na redação do Enem

Em MS, 85 mil participantes foram inscritos. Provas vão de 17 a 24 de janeiro em todo o País

15 Jan 2021 - 13h01Por Gracindo Ramos
Especialista dá dicas para ter sucesso na redação do Enem - Crédito: Arquivo pessoal Crédito: Arquivo pessoal

O adiamento do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 mexeu com a cabeça de milhões de candidatos em todo o país. Este domingo (17), foi escolhido como primeira data para aplicação das provas, depois de quase um ano de espera. A pandemia mudou a rotina de estudos e também terá implicações para a realização do exame. O Enem é utilizado para ingresso em universidades através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). No Estado, a Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul (UEMS) e a Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) aceitam a nota do Enem.

Em todo o Brasil, 5,8 milhões de pessoas se inscreveram para o Enem. No Mato Grosso do Sul, 85 mil estão aptos para o exame. As provas acontecem nos dias 17 e 24 de janeiro na versão impressa e nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro para a novidade da versão digital. No Mato Grosso do Sul, apenas Campo Grande deve aplicar a prova digital, totalizando cerca de três mil candidatos. Os participantes podem conferir o local de prova pelo link enem.inep.gov.br/participante.

A aplicação do exame deve seguir recomendações de combate à Covid-19. Os candidatos devem obrigatoriamente utilizar máscaras de proteção facial até o final da prova. Também será disponibilizado álcool gel nos locais de prova. As salas devem ter somente 50% da capacidade utilizada. Pessoas dos grupos de risco deverão fazer a prova em salas separadas, estas com apenas 25% da lotação. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) antecipou a abertura dos portões em 1h30. A abertura será às 11h30 (horário de Brasília), com fechamento às 13h. O início das provas será às 13h30, com término no primeiro dia às 19h e no segundo dia às 18h30.

A importância da redação

A redação do Enem é considerada, praticamente, uma prova dentro do exame. Com ela, o participante pode atingir a nota máxima 1000 e garantir um bom desempenho geral. Para tanto, é necessário ter leitura, boa escrita e organização do texto. A redação é conhecida por trazer à tona importantes temas, como educação, cultura, meio ambiente, tecnologia entre outros.

A professora de redação Lucila Bassan Zorzato aposta no tema ‘educação’ para este ano. “Em relação ao assunto proposto para a escrita da redação, o investimento não deve estar baseado na exploração de temas, mas de grandes eixos temáticos, como saúde, idosos e, minha principal aposta para este ano: educação”, diz ela.

Segundo a docente, é dentro dos grandes eixos que o aluno pode pensar nas especificidades cobradas dentro de determinado recorte, como alfabetização, ensino a distância, evasão escolar. “Aqui, é importante manifestar senso crítico e voz autoral. Nada de cópias ou discursos vagos”, recomenda Zorzato. 

Lucila trabalha com leitura e literatura. Com pós-graduação em literatura e educação e formação de leitores, ela já participou de cursos preparatórios, mas tem trabalhado de modo remoto também, atendendo alunos individualmente ou em pequenos grupos. Em entrevista ao jornal O PROGRESSO, a professora dá dicas de como ter um bom desempenho na prova do Enem e o que é fundamental na hora do exame.

“Quando se fala em redação no Enem, há dois critérios importantes: a qualidade textual e o eixo temático. No primeiro caso, é importante conhecer os elementos que fazem do texto um bom texto: a organização de parágrafos, o encadeamento das ideias e a seleção da linguagem são alguns exemplos”, explica a especialista em formação de leitores e redação.

A educadora ressalta que “também é válido pensar nas especificidades do gênero dissertativo-argumentativo. Nada de decorar frases soltas, sem associá-las à discussão proposta. O uso produtivo do conhecimento diz respeito à capacidade de o aluno de trabalhar com intertextos e fundamentar de modo concreto as afirmações e argumentações. O conhecimento é, portanto, dialógico, e tratar os temas de modo interdisciplinar só comprova isso”, finalizou, desejando uma boa prova aos participantes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

educação

Universidades federais têm até dezembro para adotar diploma digital

03/03/2021 14:15
UEMS Acolhe está com inscrições abertas para curso on-line destinado a imigrantes e refugiados
Oportunidade

UEMS Acolhe está com inscrições abertas para curso on-line destinado a imigrantes e refugiados

01/03/2021 10:40
UEMS Acolhe está com inscrições abertas para curso on-line destinado a imigrantes e refugiados
Secretária de Educação libera contratação de 3 mil vagas para educação infantil em Dourados
Educação

Secretária de Educação libera contratação de 3 mil vagas para educação infantil em Dourados

26/02/2021 11:28
Secretária de Educação libera contratação de 3 mil vagas para educação infantil em Dourados
MS decide pela retomada das atividades da REE de forma remota
EDUCAÇÃO

MS decide pela retomada das atividades da REE de forma remota

26/02/2021 06:50
MS decide pela retomada das atividades da REE de forma remota
UEMS: Termina nesta quarta inscrições para processo seletivo
Processo Seletivo

UEMS: Termina nesta quarta inscrições para processo seletivo

23/02/2021 16:58
UEMS: Termina nesta quarta inscrições para processo seletivo
Últimas Notícias