Dourados – MS sábado, 22 de junho de 2024
18º
Meu Detran
DOURADOS

Buzinaço reúne centenas de veículos e Centro perde ‘cara de domingo’

27 Mar 2020 - 09h45Por O PROGRESSO
Carros seguiram pela principal avenida da cidade. - Crédito: O PROGRESSOCarros seguiram pela principal avenida da cidade. - Crédito: O PROGRESSO

A carreata com buzinaço levou centenas de veículos para a Avenida Marcelino Pires nesta manhã (27/3), mudando completamente a ‘cara de domingo’ na região central, provocada pelo fechamento do comércio. 

A manifestação, cujo propósito é pressionar a administração municipal a revogar o decreto que obrigou os empresários a fecharem as portas, começou às 9h em frente ao Parque Antenor Martins. 

De lá, a carreata que incluiu motociclistas e motoristas, de carro e caminhão, seguiu ocupando as duas faixas à direita da avenida. O comboio foi conduzido por carros de som, que pediam a abertura do comércio sob o risco de demissões em massa. 

Os manifestantes seguem até a Rua Coronel Ponciano, onde a mobilização final será em frente ao Centro Administrativo Municipal, onde fica o gabinete da prefeita Délia Razuk (PTB). 

A mobilização ocorre dias depois do presidente da República Jair Messias Bolsonaro, se pronunciar em rede nacional, questionando medidas de restrição aderidas por estados e municípios do Brasil em prevenção ao novo coronavírus. 

Em sua fala, Bolsonaro alerta para um desastre econômico que tais medidas poderiam provocar, questionando inclusive o fechamento de escolas e estabelecimentos comerciais. 

Ainda nesta semana o presidente incluiu casas lotéricas e templos religiosos como locais de serviço essencial, visando possibilitar o funcionamento regular. 

O posicionamento do chefe de estado dividiu o Brasil mais uma vez, entre quem teme o aumento do contágio e aqueles que se preocupam com a recessão econômica provocada pelo fechamento do comércio.  

Na quarta-feira (25/3), após o pronunciamento, a Prefeitura de Dourados através do assessor especial da prefeita, Alexandre Mantovani, afirmou que não voltaria atrás nas determinações propostas. 

Governadores de todo o país, incluindo Reinaldo Azambuja (PSDB-MS), recusaram a recomendação de Bolsonaro e mantiveram seus decretos de restrição. 

As secretarias estaduais de saúde no Brasil, até 10h20 de sexta-feira (27), confirmaram 2.991 casos do novo coronavírus (Sars-Cov-2), além de com 77 mortos. 

Em Mato Grosso do Sul já são 25 exames confirmados, dentre eles um bebê de três meses. Nenhum óbito foi confirmado pela doença no Estado.

Veja vídeo do momento em que o comboio passa pelo Centro:

Deixe seu Comentário

Leia Também

Artigo

Seja um líder que sabe escutar

21/06/2024 18:15
TCE-MS encaminha à Alems projeto para atender demandas da estrutura organizacional
Sociedade

TCE-MS encaminha à Alems projeto para atender demandas da estrutura organizacional

20/06/2024 14:30
TCE-MS encaminha à Alems projeto para atender demandas da estrutura organizacional
Pena de homicídio simples para aborto após 22 semanas de gestação
Artigo

Pena de homicídio simples para aborto após 22 semanas de gestação

17/06/2024 15:30
Pena de homicídio simples para aborto após 22 semanas de gestação
DPU e PNUD lançam painel sobre atuação em direitos humanos
Sociedade

DPU e PNUD lançam painel sobre atuação em direitos humanos

17/06/2024 10:15
DPU e PNUD lançam painel sobre atuação em direitos humanos
Cirurgião plástico do MS apresentarseu trabalho no maior Congresso de Cirurgia Plástica
Sociedade

Cirurgião plástico do MS apresentarseu trabalho no maior Congresso de Cirurgia Plástica

14/06/2024 17:15
Cirurgião plástico do MS apresentarseu trabalho no maior Congresso de Cirurgia Plástica
Últimas Notícias