Dourados – MS sábado, 13 de julho de 2024
18º
Rural

Integração ajuda a elevar produtividade na pecuária

24 Nov 2015 - 09h35
URT de Naviraí mostra espaçamento entre área com eucaliptos e pastagens para a pecuária. - Crédito: Foto: Júlio Salton/embrapaURT de Naviraí mostra espaçamento entre área com eucaliptos e pastagens para a pecuária. - Crédito: Foto: Júlio Salton/embrapa
Em uma parceria entre Embrapa Agropecuária Oeste (Dourados), Embrapa Gado de Corte e Cooperativa Agrícola Sul Matogrossense (Copasul) foi montada uma Unidade de Referência Tecnológica (URT) em 31 hectares da cooperativa em Naviraí, MS. A Unidade faz parte do Projeto Integração Lavoura-pecuária/Rede de Fomento em ILPF. O objetivo é utilizar áreas com pastagens degradadas da região de Naviraí e diversificar a produção, com a lavoura integrada com a pecuária.

Os primeiros resultados da URT já estão sendo obtidos e serão mostrados em um dia de campo destinado aos produtores rurais, profissionais da assistência técnica e extensão rural e interessados no assunto. Será na quarta-feira, 9 de dezembro, das 7h30 às 12h, na Fazenda Copasul II, rodovia BR 163, km 143. A entrada é gratuita.

Serão mostrados, em quatro estações, os sistemas Integração Lavoura-Pecuária (ILP) e Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF), apresentando como opções viáveis e uma das alternativas para desenvolver a agropecuária na região sul do Estado - principalmente nas áreas de solos arenosos, que são pobres em nutrientes.

O primeiro passo para adotar a ILP e a ILPF foi recuperar os pastos na URT. A recuperação começou em 2014, com utilização de corretivos e incorporação ao solo e com o cultivo, em diferentes áreas de soja, milho, milho consorciado com Brachiaria ruziziensis, mandioca, eucalipto e com a pastagem BRS Piatã, que serão avaliadas ao longo das safras.

Com relação ao gado Nelore, foram realizadas até 17 de setembro de 2015, três avaliações, que são realizadas a cada 60 dias. O saldo foi positivo nas áreas que foram recuperadas. Já no início, o ganho de peso do gado em pasto recuperado foi maior do que a do pasto não recuperado (chamado de “testemunha”): 0,208 kg/dia/cabeça/hectare e de 0,199 kg/dia/cabeça/hectare, respectivamente.

Na última avaliação, em 17 de setembro, houve uma diferença significativa: ganho de 0,536 kg/ha/dia/cabeça/hectare no pasto recuperado e perda de -0,03 kg/ha/dia/cabeça/hectare.
Esses e outros resultados da ILP e da ILPF mais detalhados para a região de Naviraí, MS, serão apresentados no Dia de Campo, no dia 9 de dezembro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Curso sobre Selos de Identificação Artesanal será realizado em julho
Enagro

Curso sobre Selos de Identificação Artesanal será realizado em julho

11/07/2024 18:30
Curso sobre Selos de Identificação Artesanal será realizado em julho
Investimento na agricultura familiar sobe 130% em edital de extensão da Fundect
Rural

Investimento na agricultura familiar sobe 130% em edital de extensão da Fundect

11/07/2024 17:00
Investimento na agricultura familiar sobe 130% em edital de extensão da Fundect
"Caminho do Acordo" promove 231 atendimentos na Aldeia Jaguapiru em Dourados
ação itinerante

"Caminho do Acordo" promove 231 atendimentos na Aldeia Jaguapiru em Dourados

09/07/2024 08:40
"Caminho do Acordo" promove 231 atendimentos na Aldeia Jaguapiru em Dourados
Governo Federal destina R$ 6,8 bilhões para estimular o desenvolvimento da cafeicultura brasileira
Agricultura

Governo Federal destina R$ 6,8 bilhões para estimular o desenvolvimento da cafeicultura brasileira

04/07/2024 20:15
Governo Federal destina R$ 6,8 bilhões para estimular o desenvolvimento da cafeicultura brasileira
Plano Safra para grandes produtores rurais soma R$ 400 bilhões em 2024
Rural

Plano Safra para grandes produtores rurais soma R$ 400 bilhões em 2024

03/07/2024 19:00
Plano Safra para grandes produtores rurais soma R$ 400 bilhões em 2024
Últimas Notícias