Dourados – MS segunda, 22 de abril de 2024
21º
Rural

Evento técnico-científico vai discutir milho e sorgo em novas fronteiras agrícolas

Pela primeira vez, tradicional evento acontecerá no Matopiba e na região Norte do país

27 Mar 2024 - 11h45Por Clenio Araujo/ Embrapa Pesca e Aquicultura
 O congresso está cercado de boas expectativas - O congresso está cercado de boas expectativas -

A partir de 01 de abril, estarão abertas as inscrições para a 34ª edição do Congresso Nacional de Milho e Sorgo (CNMS), que vai acontecer em Palmas-TO entre 09 e 12 de setembro. Será a primeira vez que o evento, um dos mais tradicionais e relevantes sobre as duas cadeias produtivas agrícolas, acontece tanto na região Norte do país como no Matopiba (área que envolve partes de quatro estados: Maranhão; Tocantins; Piauí; e Bahia).

Os valores a serem investidos nas inscrições variam de acordo com a categoria do participante (estudante de graduação; estudantes de pós-graduação; profissional sócio da ABMS; profissional não sócio da ABMS) e com a data de efetivação. A ABMS é a Associação Brasileira de Milho e Sorgo, entidade técnico-científica que reúne interessados nas duas culturas e é a promotora e realizadora do congresso. Como organizadora, entra a Embrapa.

O presidente do 34º Congresso Nacional de Milho e Sorgo é Rodrigo Véras da Costa, pesquisador da Embrapa. Ele é da Embrapa Milho e Sorgo (Sete Lagoas-MG), mas atua no Tocantins e na região por meio de parceria com a Embrapa Pesca e Aquicultura (Palmas-TO), que possui um grupo de pesquisadores em sistemas agrícolas. Entre os trabalhos desse grupo, há pesquisas com grãos voltadas para as condições de solo e de clima do Matopiba.

Rodrigo contextualiza a relevância das duas culturas temas do evento: “entre os grãos, o milho ocupa a segunda maior área plantada, somente superada pela soja, e é a atividade agrícola mais frequente nas propriedades rurais do Tocantins, do Matopiba e do Brasil. Da mesma forma, o sorgo apresenta um enorme potencial de crescimento nesta região e têm sido observados aumentos constantes de área plantada e de produtividade, apresentando-se como uma forte alternativa para as condições do Cerrado”.

Segundo o pesquisador, na safra 2022/2023 o Matopiba foi responsável por cerca de 15% da área cultivada (o que equivale a 7,4 milhões de hectares) e por aproximadamente 9% da produção total (13,9 milhões de toneladas) de grãos no Brasil. “Esta região tem se tornado o destaque do agronegócio brasileiro, com a maior média nacional em crescimento da produção de grãos, chegando a 20% ao ano”, afirma. Os números atestam que, de potencial fronteira agrícola, o Matopiba nas últimas safras se tornou realidade.

Tema central:  E é justamente sistemas de produção em fronteiras agrícolas o tema central do evento. Cícero Beserra de Menezes, também pesquisador da Embrapa Milho e Sorgo, é o presidente da ABMS. Segundo ele, “o expressivo crescimento da agricultura no Norte do Brasil faz desta região uma nova fronteira de produção de grãos. Os trabalhos de pesquisa e de assistência têm aumentado na região, e para isso o congresso é importante”.

Cícero continua: “a região Norte é muito peculiar, principalmente na questão de condições climáticas e de solos, o que demanda esse tipo de evento, para discutir o que vem sendo feito na região e o que precisa melhorar. O congresso permite uma interação entre pesquisadores, extensionistas e estudantes de diversas regiões do país, o que permite a difusão do conhecimento em prol da cadeia de produção de grãos”.

Visão parecida tem Rodrigo, para quem “a troca de ideias e de experiências e as novas tecnologias a serem apresentadas no congresso irão contribuir para a formulação e a implementação de estratégias orientadas ao aumento da competitividade do agronegócio do milho, do sorgo e de grãos em geral, com enfoque na sustentabilidade e na proteção ao ambiente e à biodiversidade”.

Ele ressalta que, mesmo com a recente evolução das duas culturas no Matopiba, é preciso vencer desafios em manejo e conservação do solo, na adaptação às condições climáticas da região e também na implantação de sistemas integrados de produção que consigam minimizar os riscos climáticos existentes.

Para Rodrigo, “grande parte do impulso esperado na produtividade de grãos no Matopiba será baseado na ampliação do acesso às tecnologias hoje empregadas, como o uso de híbridos e de cultivares adaptados às condições edafoclimáticas, manejo de pragas e de doenças, além de boas práticas para o uso eficiente de fertilizantes, de corretivos e de defensivos e a prática de sistemas conservacionistas como o sistema plantio direto e a integração lavoura-pecuária-floresta”.

Expectativa: O presidente da ABMS tem expectativa positiva sobre o congresso de setembro. De acordo com Cícero, “desde o início do planejamento, temos recebido atenção especial tanto da Embrapa como das autoridades do município e do estado do Tocantins, o que mostra que fizemos a escolha certa. Hoje é indiscutível a importância da região Norte na produção de alimentos, e o evento vem para divulgar a agricultura da região e levar pessoas de outras regiões para discutir as tecnologias atuais das culturas do milho e do sorgo”.

Rodrigo vai na mesma linha: “a expectativa é muito positiva. Esperamos uma grande participação de todos os atores envolvidos nas cadeias produtoras de grãos, tanto daqueles que residem e trabalham no Tocantins e em estados vizinhos, quanto daqueles que vêm de outras regiões do Brasil. Os eventos on-line são importantes no mundo atual, mas todos estão carentes de eventos presenciais em que podem trocar experiência e interagir com colegas de outros locais, além de conhecer diferentes realidades e sistemas de produção nas diversas regiões produtoras do nosso país”.

O congresso vai acontecer no Centro de Convenções Arnaud Rodrigues, em Palmas. Mais informações, inclusive sobre submissão de trabalhos (que também começa em 01 de abril), podem ser acessadas na página do evento: https://www.abms.org.br/cnms2024/. Durante a 24ª edição da Feira de Tecnologia Agropecuária do Tocantins (Agrotins), em maio, será feito o lançamento do Congresso Nacional de Milho e Sorgo deste ano. A feira ocorre de 14 a 18 de maio no Parque Agrotecnológico Engenheiro Agrônomo Mauro Mendanha, também em Palmas.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Novo sistema de cadastramento para o Programa Precoce MS já está em vigor
Desenvolvimento

Novo sistema de cadastramento para o Programa Precoce MS já está em vigor

18/04/2024 12:30
Novo sistema de cadastramento para o Programa Precoce MS já está em vigor
Evento na Costa Rica reúne 39 representantes de países americanos
Rural

Evento na Costa Rica reúne 39 representantes de países americanos

17/04/2024 16:45
Evento na Costa Rica reúne 39 representantes de países americanos
Diversificação de culturas cresce, com aumento na produção de amendoim, mandioca, arroz e feijão
Agricultura

Diversificação de culturas cresce, com aumento na produção de amendoim, mandioca, arroz e feijão

17/04/2024 12:00
Diversificação de culturas cresce, com aumento na produção de amendoim, mandioca, arroz e feijão
Quinta edição da Tecnofam começa amanhã no Parque de Exposições
Rural

Quinta edição da Tecnofam começa amanhã no Parque de Exposições

15/04/2024 17:30
Quinta edição da Tecnofam começa amanhã no Parque de Exposições
Elogiado pelos suinocultores, programa Leitão Vida já garantiu mais de R$ 50 milhões em incentivos
Desenvolvimento

Elogiado pelos suinocultores, programa Leitão Vida já garantiu mais de R$ 50 milhões em incentivos

13/04/2024 17:30
Elogiado pelos suinocultores, programa Leitão Vida já garantiu mais de R$ 50 milhões em incentivos
Últimas Notícias