Dourados – MS terça, 03 de agosto de 2021
Dourados
28º max
11º min
Rural

Em pleno escoamento de safra, estradas vicinais estão intransitáveis

10 Mar 2011 - 22h50
Estradas vicinais de Dourados não passaram por manutenção nos últimos anos - Crédito: Foto: Hédio Fazan/PROGRESSOEstradas vicinais de Dourados não passaram por manutenção nos últimos anos - Crédito: Foto: Hédio Fazan/PROGRESSO
Valéria Araújo
######PROGRESSO


DOURADOS – Não só as ruas, mas as estradas vicinais de Dourados também estão um caos. De acordo com último levantamento da Secretaria de Obras do município, cerca de 1 mil quilômetros estão praticamente intransitáveis em época de chuva. Enquanto, em anos anteriores, as estradas não passavam por manutenção satisfatória e contínua, o rombo nos investimentos da Secretaria chegava a R$ 11 milhões, segundo relatório do Ministério Público Estadual em ação originária da Operação Uragano da Polícia Federal.

O recurso supostamente desviado daria para recuperar todas as estradas e boa parte das ruas esburacadas de Dourados, que diariamente ameaçam a integridade do condutor. Procurado pelo jornal O PROGRESSO, o atual secretário de Obras, Jorge de Lúcia, diz que a maior preocupação no momento é unir forças para evitar prejuízos maiores na agricultura.

Segundo ele, além das chuvas em excesso que castigam principalmente na colheita da soja, os produtores estão tendo que lidar com estradas em péssimas condições. “São caminhões e máquinas que estragam, ficam atolados e sem condições de cumprir a meta. Tudo isto é prejuízo para o produtor e reflete na economia da cidade\", destacou.

Por conta disso, Jorge de Lúcia disse que já na próxima segunda-feira vai até a Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul), acompanhado do secretário de Serviços Urbanos, Jorge Roberto Martins de Araújo, para buscar uma solução ao impasse.

A estratégia inicial, segundo De Lúcia é garantir a manutanção de todas as estradas com economia nas despesas. Para isto, a prefeitura pretende igualar os valores que são pagos pelo Estado, para não haver divergência de preços. “Queremos trabalhar de forma transparente”, disse. Segundo ele, a região mais crítica nas estradas é a que compreende os distritos Guassu e Formosa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MS supera meta na campanha de vacinação contra febre aftosa
Rural

MS supera meta na campanha de vacinação contra febre aftosa

03/08/2021 14:00
MS supera meta na campanha de vacinação contra febre aftosa
Rural

Bom sistema imunológico e padronização na biossegurança elevam produtividade na piscicultura

28/07/2021 14:00
Mato Grosso do Sul lidera ranking de exportações de tilápia no 1º semestre de 2021
Rural

Mato Grosso do Sul lidera ranking de exportações de tilápia no 1º semestre de 2021

26/07/2021 13:00
Mato Grosso do Sul lidera ranking de exportações de tilápia no 1º semestre de 2021
Estiagem e geada causam 50% de perda nas lavouras de milho em Dourados
IMPRESSO

Estiagem e geada causam 50% de perda nas lavouras de milho em Dourados

25/07/2021 07:00
Estiagem e geada causam 50% de perda nas lavouras de milho em Dourados
Rural

Com informação, orçamento familiar tem melhora de até 70% na rentabilidade

20/07/2021 16:00
Últimas Notícias