Dourados – MS segunda, 27 de setembro de 2021
Dourados
37º max
20º min
Institucional - Setembro
Rural

Em 11 anos, agro de MS injetou R$ 12 bi de investimentos com conversões de áreas de pastagens em áreas agrícolas

De 2010 a 2021, a transformação foi superior a 3,6 milhões de hectares, sendo 48% para produção de grãos e 22% para florestas plantadas.

13 Set 2021 - 12h00Por Famasul
Em 11 anos, agro de MS injetou R$ 12 bi de investimentos com conversões de áreas de pastagens em áreas agrícolas -

Com destaque nacional em práticas conservacionistas e de baixo carbono, Mato Grosso do Sul segue contribuindo para a mitigação de gases de efeito estufa com o uso do ILPF (Integração Lavoura-Pecuária-Floresta). Em 11 anos, por meio desse processo, houve transformação de 3,6 milhões de hectares de pastagens em áreas produtivas, gerando investimentos de mais de R$ 12 bilhões, considerando os recursos necessários para implantação de grãos e florestas plantadas. Este é o assunto do #MercadoAgropecuário desta segunda-feira (13).

Segundo o Departamento Técnico do Sistema Famasul, com dados da pesquisa encomendada pela Rede ILPF, o estado já superou 2,5 milhões de hectares com sistemas de integração e ocupa o primeiro lugar entre os que adotam essa estratégia de produção.

“O resultado positivo no uso dos sistemas de integração se dá porque Mato Grosso do Sul fez a expansão de sua produção agropecuária baseada na conversão de áreas. A produção agrícola cresceu em áreas anteriormente ocupadas por pastagens. Tal mudança no uso e ocupação do solo tem sido o grande motor econômico do estado, ao mesmo tempo que tem garantido o cumprimento das metas ambientais para o MS e Brasil”, afirma a analista técnica, Eliamar Oliveira.

“Para se ter uma dimensão dos impactos econômicos, essa transformação injetou na economia do Mato Grosso do Sul algo em torno de R$ 12 bilhões ao longo desses 11 anos, tendo em vista os recursos necessários para implantação da soja, cerca de R$ 4,9 mil por hectare, e do eucalipto, aproximadamente R$ 4,5 mil por hectare, sobre áreas de pastagens”, detalha.

Sustentabilidade – Em 2009 na Conferência das Partes (COP) de Copenhague, o Brasil se comprometeu em reduzir a emissão de Gases de Efeito Estufa (GEE). Para cumprir o compromisso, o país instituiu a Política Nacional sobre Mudança do Clima (PNMC) e em 2011 foi aprovado o Plano Setorial de Mitigação e Adaptação às Mudanças Climáticas para a Consolidação de uma Economia de Baixa Emissão de Carbono na Agricultura (Plano ABC).

O Plano ABC foi estruturado em sete programas: Recuperação de Pastagens Degradadas; Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF) e Sistemas Agroflorestais (SAFs); Sistema Plantio Direto (SPD); Fixação Biológica do Nitrogênio (FBN); Florestas Plantadas; Tratamento de Dejetos Animais; e, Adaptação a Mudanças Climáticas.

Com os programas de ILP e ILPF, a agropecuária brasileira alcançou cerca de 13,8 milhões de hectares com esses sistemas. Resultado 344% superior aos 4 milhões de hectares propostos no Plano ABC. Com o uso dessas tecnologias foi possível deixar de emitir 52,1 milhões de t CO eq. Esse total foi 290% maior ao estabelecido no Plano.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Falta de chuvas atrasa plantio de soja em Mato Grosso do Sul
Rural

Falta de chuvas atrasa plantio de soja em Mato Grosso do Sul

26/09/2021 13:00
Falta de chuvas atrasa plantio de soja em Mato Grosso do Sul
Produção agrícola em 2020 bate novo recorde e atinge R$ 470,5 bilhões
Rural

Produção agrícola em 2020 bate novo recorde e atinge R$ 470,5 bilhões

22/09/2021 13:00
Produção agrícola em 2020 bate novo recorde e atinge R$ 470,5 bilhões
A exemplo das abelhas, gestão e logística são essenciais na multiplicação dos enxames
Rural

A exemplo das abelhas, gestão e logística são essenciais na multiplicação dos enxames

22/09/2021 12:00
A exemplo das abelhas, gestão e logística são essenciais na multiplicação dos enxames
Expoagro Digital movimenta mais de R$ 50 mi em Feira de Negócios
Expoagro Digital

Expoagro Digital movimenta mais de R$ 50 mi em Feira de Negócios

20/09/2021 15:31
Expoagro Digital movimenta mais de R$ 50 mi em Feira de Negócios
Selo Arte para produtos de abelhas e derivados permitirá expansão da apicultura em Mato Grosso do Sul
Rural

Selo Arte para produtos de abelhas e derivados permitirá expansão da apicultura em Mato Grosso do Sul

20/09/2021 13:00
Selo Arte para produtos de abelhas e derivados permitirá expansão da apicultura em Mato Grosso do Sul
Últimas Notícias