Dourados – MS sexta, 30 de julho de 2021
Dourados
18º max
min
Rural

Com alta no mercado internacional, saca do milho no MS valoriza 130% em um ano

Valor médio pago ao produtor rural é de R$ 85,75 por saca, enquanto em 2020 se pagava R$ 37,29.

14 Jun 2021 - 15h00Por Famasul
Com alta no mercado internacional, saca do milho no MS valoriza 130% em um ano - Crédito: João Carlos Castro/Sistema Famasul Crédito: João Carlos Castro/Sistema Famasul

A valorização do preço pago pela saca de milho em Mato Grosso do Sul chega a 130% quando comparado ao mês de junho de 2020. Atualmente, o valor médio pago ao produtor rural é de R$ 85,75 por saca, enquanto no ano passado se pagava R$ 37,29 por saca devido, principalmente à alta no mercado internacional. Esse é o assunto da matéria de #MercadoAgropecuário desta semana.

Os dados são do levantamento do Departamento Técnico do Sistema Famasul e da Aprosoja/MS. “Há a combinação de dólar valorizado e preços internacionais em alta, impulsionados pelo consumo mundial aquecido e a oferta ajustada, comportamento observado em todas as commodities agrícolas”, explica a analista técnica do Sistema Famasul, Eliamar Oliveira.

De acordo com a economista, os preços do cereal estão sustentados pela valorização no mercado internacional, e mesmo assim os vendedores e compradores estão cautelosos na comercialização, aguardando o resultado da safra. “Um exemplo é que a comercialização antecipada do milho está praticamente inalterada em relação ao começo de junho, mostrando que os produtores estão com foco no acompanhamento das lavouras. A comercialização do milho 2ª safra atingiu 40,08%”, acrescenta.

Mesmo com a alta das cotações, segundo a analista, não significa que o produtor está recebendo esses valores, uma vez que há uma escassez de estoques de milho junto ao produtor neste momento.

“A conjuntura está favorecendo a remuneração, porém o cenário foi desfavorável no início do plantio com custos de produção mais elevados, semeadura fora da janela ideal e fatores climáticos negativos. Os altos custos e perda de produtividade na lavoura reduzem a lucratividade do produtor e impactam na rentabilidade do investimento”, explica.

Mercado Internacional

Com a exportação de 451 mil toneladas, Mato Grosso do Sul é o segundo estado do país no ranking de comercialização do milho junto ao mercado internacional. Os cinco principais compradores do milho de MS responderam por 75,75% da receita com exportações do cereal e valor de US$ 61,5 milhões. Egito, Malásia, Peru, Taiwan e Coreia do Sul são os principais destinos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Rural

Bom sistema imunológico e padronização na biossegurança elevam produtividade na piscicultura

28/07/2021 14:00
Mato Grosso do Sul lidera ranking de exportações de tilápia no 1º semestre de 2021
Rural

Mato Grosso do Sul lidera ranking de exportações de tilápia no 1º semestre de 2021

26/07/2021 13:00
Mato Grosso do Sul lidera ranking de exportações de tilápia no 1º semestre de 2021
Estiagem e geada causam 50% de perda nas lavouras de milho em Dourados
IMPRESSO

Estiagem e geada causam 50% de perda nas lavouras de milho em Dourados

25/07/2021 07:00
Estiagem e geada causam 50% de perda nas lavouras de milho em Dourados
Rural

Com informação, orçamento familiar tem melhora de até 70% na rentabilidade

20/07/2021 16:00
Produção de Mudas de Seringueira é tema de capacitação gratuita do Senar/MS
Rural

Produção de Mudas de Seringueira é tema de capacitação gratuita do Senar/MS

14/07/2021 17:00
Produção de Mudas de Seringueira é tema de capacitação gratuita do Senar/MS
Últimas Notícias