Dourados – MS terça, 16 de agosto de 2022
Dourados
33º max
23º min
Campanha de Utilidade Pública - Caruru
Rural

CNA discute concessão do Selo Arte nos municípios

Entidade participou de bate papo promovido pela Confederação Nacional de Municípios na sexta (22)

24 Jul 2022 - 16h45Por Assessoria de Comunicação CNA
O produto artesanal é diferenciado e tem maior valor agregado - Crédito: DivulgaçãoO produto artesanal é diferenciado e tem maior valor agregado - Crédito: Divulgação

 A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) abordou a importância do Selo Arte para os produtores de alimentos artesanais e tradicionais na sexta (22), durante um bate papo da Confederação Nacional de Municípios (CNM) que discutiu o Selo Arte nos municípios.

A discussão tratou do Decreto nº 11.099, publicado em junho deste ano que regulamentou o Selo Arte e criou o Selo Queijo Artesanal.

“Nossa expectativa é operacionalizar o maior número de produtos artesanais e tradicionais no País, já que nos munícipios a fiscalização conhece o produto e o produtor”, afirmou a assessora técnica da CNA, Marina Zimmermann.

Marina ressaltou que a demanda de criação do Selo Arte veio dos produtores, principalmente de queijo, que sentiam dificuldade para comercializar sua produção em outras unidades da Federação.

“O produto artesanal é diferenciado e tem maior valor agregado. Agora teremos maior adesão dos produtores e ele poderá efetivar a comercialização do seu produto em outros estados”.

Para a assessora técnica da CNA, a articulação dos municípios junto com o serviço de defesa sanitária estadual é importante para afinar as questões legais e para que não haja retrabalho.

“Não há necessidade de criar todo um arcabouço de legislação sabendo que o estado já possui a legislação. O que precisam é se adequar às normas e caminhar juntos”.

Marina falou ainda do Programa de Alimentos Artesanais e Tradicionais do Sistema CNA e do Prêmio CNA Brasil Artesanal que reconhece e premia os melhores produtos artesanais do País.

“Nas edições de charcutaria e queijos, por exemplo, ficou claro que os bons produtos estão nos municípios mesmo, com produtores que têm receitas próprias e passam de geração em geração. Esse é um movimento jovem que está crescendo, são produtos de alta qualidade e nossa intenção é mostrar o que o campo faz para que esses produtos possam ser saboreados por toda a população brasileira”.

Também participaram do bate papo a coordenadora-geral de Produção Animal do Ministério da Agricultura, Marcella Alves Teixeira, e do analista técnico de Desenvolvimento Rural da CNM, Osni Morinishi Rocha. Assista na íntegra: https://www.youtube.com/watch?v=_ATOZ-S-khw

Deixe seu Comentário

Leia Também

Declaração do Imposto sobre Propriedade Rural tem início nesta segunda-feira (15)
Rural

Declaração do Imposto sobre Propriedade Rural tem início nesta segunda-feira (15)

15/08/2022 14:15
Declaração do Imposto sobre Propriedade Rural tem início nesta segunda-feira (15)
Aprosoja Brasil promove 1º Congresso Brasileiro dos Produtores de Soja
Rural

Aprosoja Brasil promove 1º Congresso Brasileiro dos Produtores de Soja

08/08/2022 09:45
Aprosoja Brasil promove 1º Congresso Brasileiro dos Produtores de Soja
Extensionistas publicam livro com reflexões e resultados de produções orgânicas e agroecológicas
UFGD

Extensionistas publicam livro com reflexões e resultados de produções orgânicas e agroecológicas

31/07/2022 11:45
Extensionistas publicam livro com reflexões e resultados de produções orgânicas e agroecológicas
28 de Julho  Dia do Agricultor
Rural

28 de Julho Dia do Agricultor

28/07/2022 14:45
28 de Julho  Dia do Agricultor
Laranja da Região de Tanguá (RJ) é a 100ª Indicação Geográfica registrada no Brasil
IG número 100

Laranja da Região de Tanguá (RJ) é a 100ª Indicação Geográfica registrada no Brasil

28/07/2022 11:45
Laranja da Região de Tanguá (RJ) é a 100ª Indicação Geográfica registrada no Brasil
Últimas Notícias