Dourados – MS sexta, 30 de julho de 2021
Dourados
18º max
min
Rural

Ambiência e manejo adequado são importantes termômetros de bem-estar na suinocultura

23 Jun 2021 - 15h00Por Famasul
Ambiência e manejo adequado são importantes termômetros de bem-estar na suinocultura - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

Entre as várias definições para o conceito de bem-estar na atividade suinícola, uma dos mais utilizadas é a relação dos animais com o ambiente onde são criados. A harmonia dos animais nos espaços onde vivem e o manejo adequado são norteadoras para alcançar resultados na produtividade. O assunto é abordado em um curso de Formação Profissional Rural do Senar/MS e tema da editoria #EducaçãonoCampo desta quarta-feira (23). 

Durante a etapa da maternidade dos suinos, o bem-estar está ligado a diversos fatores, como a temperatura ideal para as fêmeas, que não deve estar muito quente para não afetar o consumo nem reduzir a produção de leite. Já na etapa de pré-abate, o foco está em evitar estresse intenso nos animais, que pode prejudicar a qualidade da carne e, consequentemente, levar a rejeição dos consumidores e redução da lucratividade da agroindústria”, explica o instrutor do Senar/MS, Stephan Alexander. 

O termo ‘liberdade’ faz parte da prática aplicada nesta cadeia produtiva, da maternidade à terminação. “Livre de fome, de sede, de desconforto, de estresse, de dor, de doenças e medo. Seguindo esse conceito e as orientações técnicas, além de garantir o bem-estar, o produtor rural poderá aumentar a produtividade do seu negócio. Tratar os animais de forma positiva, aumenta a interação do animal com o tratador, facilitando os manejos diários e melhorando o desempenho da sua atividade”, acrescenta. 

De acordo com o especialista, uma forma simples de entender o bem-estar na suinocultura é fazer algumas perguntas: Como o suíno está lidando com o ambiente? Está em harmonia ou lidando com alguma adversidade? Caso o animal consiga superar os desafios do ambiente com facilidade, o bem-estar será satisfatório. 

Se ficou interessado na capacitação, basta acessar senarms.org.br ou procurar pelo sindicato rural do seu município. Na matéria de #MercadoAgropecuário você fica por dentro da dinâmica de exportação da proteína por Mato Grosso do Sul.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Rural

Bom sistema imunológico e padronização na biossegurança elevam produtividade na piscicultura

28/07/2021 14:00
Mato Grosso do Sul lidera ranking de exportações de tilápia no 1º semestre de 2021
Rural

Mato Grosso do Sul lidera ranking de exportações de tilápia no 1º semestre de 2021

26/07/2021 13:00
Mato Grosso do Sul lidera ranking de exportações de tilápia no 1º semestre de 2021
Estiagem e geada causam 50% de perda nas lavouras de milho em Dourados
IMPRESSO

Estiagem e geada causam 50% de perda nas lavouras de milho em Dourados

25/07/2021 07:00
Estiagem e geada causam 50% de perda nas lavouras de milho em Dourados
Rural

Com informação, orçamento familiar tem melhora de até 70% na rentabilidade

20/07/2021 16:00
Produção de Mudas de Seringueira é tema de capacitação gratuita do Senar/MS
Rural

Produção de Mudas de Seringueira é tema de capacitação gratuita do Senar/MS

14/07/2021 17:00
Produção de Mudas de Seringueira é tema de capacitação gratuita do Senar/MS
Últimas Notícias