Dourados – MS sábado, 22 de fevereiro de 2020
Dourados
30º max
18º min
Política

Vereadores adiam eleição da Mesa

02 Fev 2011 - 22h33
Eleição para a mesa diretora será adiada
Foto: Div. - Eleição para a mesa diretora será adiada Foto: Div. -
DOURADOS – Os vereadores de Dourados decidiram adiar a eleição da nova Mesa Diretora da Câmara. De acordo com o atual presidente, Dirceu Longhi (PT), os vereadores vão aguardar dois resultados. O primeiro diz respeito as Comissões Processantes que podem cassar vereadores e habilitar outros para concorrer à Mesa Diretora. O outro está relacionado ao recurso impetrado pela vereadora Délia Razuk para concorrer ao cargo de presidência da Câmara.

Ela entrou na Justiça após o juiz José Domingues Filho considerar improcedente o pedido dela para “impedir novas eleições para a Mesa Diretora da Câmara, confirmando seu mandato legal de dois anos para o exercício da presidência da mesa diretora e sua manutenção na interinidade do cargo de Prefeita Municipal até a solução definitiva para a sucessão municipal”. A decisão ocorreu no dia 28 de janeiro. Na ocasião o juiz entendeu que o pedido contraria a Lei Orgânica do Município e o regimento Interno da Câmara.

Segundo Dirceu, a Câmara ainda não decidiu a data da posse do novo chefe do Executivo. Isto porque a Câmara teme que a cidade fique por alguns dias sem prefeito. Isto aconteceria caso a interina Délia Razuk voltasse para a Câmara na função de presidente. Para Dirceu, a Câmara vai buscar uma maneira de tentar empossar o novo prefeito em 28 de fevereiro, data definida pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) para a diplomação do eleito.

#####CPs

As 16 comissões processantes estão em fase final de trabalhos. A previsão inicial é de que até o dia 20 sejam votados os pedidos de cassação ou não contra os oito vereadores afastados pela Justiça, após serem presos pela Polícia Federal acusados de participar de quadrilha que “sangrava” os cofres públicos do município.

De acordo com o vereador Walter Hora, um grupo de quatro vereadores está em fase de oitivas com as testemunhas. São eles: Júlio Artuzi (PRB), Aurélio Bonatto (PDT), Humberto Teixeira Júnior (PDT) e Paulo Henrique Bambu (DEM). O vereador Zezinho da Farmácia (PSDB) dispensou as testemunhas que tinha arrolado para a sua defesa. A partir de agora, o processo dele segue para relatório final e pedido ou não de cassação.

No caso de Marcelo Barros (DEM), uma última testemunha que não compareceu na última oitiva será ouvida no próximo dia 9 às 16h. O vereador Cláudio Marcelo Hall, está em fase inicial porque não apresentou defesa, obrigando a Câmara a disponibilizar um advogado para atuar no caso.

#####Sessão

A primeira sessão do ano de 2011 vai dispensar solenidades. A informação é do presidente da Casa, Dirceu Longhi. Segundo ele, os 12 vereadores decidiram ontem em reunião, que “a cidade passa por um momento histórico difícil que não cabe solenidades”.

O vereador adiantou que muitas são as pautas que chegaram durante o recesso parlamentar e que ainda não definiu aquelas que serão apreciadas na primeira sessão do ano, prevista para 7 de fevereiro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Deputado João Henrique anuncia, na tribuna, saída do G-11
Política

Deputado João Henrique anuncia, na tribuna, saída do G-11

21/02/2020 08:48
Deputado João Henrique anuncia, na tribuna, saída do G-11
Após derrota no STJ, Renato Vidigal tem liberdade negada no STF
POLÍTICA

Após derrota no STJ, Renato Vidigal tem liberdade negada no STF

20/02/2020 17:51
Após derrota no STJ, Renato Vidigal tem liberdade negada no STF
Defesa tem expectativa frustrada e Vidigal continua preso por decisão do STJ
JUSTIÇA

Defesa tem expectativa frustrada e Vidigal continua preso por decisão do STJ

20/02/2020 14:42
Defesa tem expectativa frustrada e Vidigal continua preso por decisão do STJ
Deputado adverte a falta de planejamento na educação em Dourados
política

Deputado adverte a falta de planejamento na educação em Dourados

20/02/2020 07:35
Deputado adverte a falta de planejamento na educação em Dourados
Parlamentares de três partidos pedem cassação do mandato de Flávio Bolsonaro
Política

Parlamentares de três partidos pedem cassação do mandato de Flávio Bolsonaro

19/02/2020 15:00
Parlamentares de três partidos pedem cassação do mandato de Flávio Bolsonaro
Últimas Notícias