Dourados – MS segunda, 20 de setembro de 2021
Dourados
40º max
24º min
Política

Trad faz ressalva à PEC de Fonteles

28 Jun 2011 - 21h48
Deputado Fábio Trad diz que quando o Congresso Nacional quer faz votar - Crédito: Foto : Brizza CavalcanteDeputado Fábio Trad diz que quando o Congresso Nacional quer faz votar - Crédito: Foto : Brizza Cavalcante
Brasília - O deputado federal Fábio Trad (PMDB-MS) participou na manhã de ontem, ao lado do deputado federal Nazareno Fonteles (PT-PI), de mais um debate no programa Manhã no Parlamento, da Rádio Câmara. Desta vez, o tema foi a chamada judicialização política.

Recentemente, o Supremo Tribunal Federal (STF) bateu o martelo favoravelmente aos direitos dos casais homossexuais e, num passado recente, os ministros se pronunciaram sobre células-troncos e ficha limpa. Alguns deputados reclamam que o Judiciário avança sobre as prerrogativas do Poder Legislativo. É o caso de Fonteles, que apresentou Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que autoriza o Poder Legislativo a sustar os atos do Judiciário quando esse violar a competência legislativa do Congresso Nacional. O deputado Fábio Trad, por sua vez, fez ressalvas à PEC.

Para ele, a chamada judicialização política precisa ser discutida com mais profundidade, pois haveria uma lacuna deixada pelo Legislativo na tomada de decisões que estaria sendo ocupada, por necessidade, pelo Judiciário.

“Concordo com o diagnostico do deputado Fonteles, mas divirjo a terapêutica. Há um déficit constitucional. O parlamento brasileiro está aquém das demandas nacionais. Isso faz com que os conflitos entre as pessoas deságüem no Poder Judiciário fazendo com que ele preste jurisdição, pois que esta é a sua função.


Sou contra sustar os atos normativos do Judiciário, quando se pensa que atos normativos são sinônimos de atos jurisdicionais. Não são. Penso que podemos aproveitar a PEC do deputado Fonteles em relação aos atos normativos editados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), aí sim uma usurpação do Poder Legislativo”, afirmou o deputado sul-mato-grossense.

Segundo Fábio, há uma defasagem no Poder Legislativo. Apesar de possuir muitas demandas, o deputado assegurou que quando o Congresso quer faz votar. “Assim vai acontecer com a Emenda Constitucional 29, assim aconteceu com o Código Florestal e assim pode acontecer com relação a outros temas. No entanto, se o Congresso ficar omisso, estas questões irão de novo desaguar no Judiciário”.

Premonição Constituinte?

Fábio Trad lembrou ainda que o Artigo 5º, Inciso 35 da Constituição Federal estabelece que a lei não excluirá da apreciação do Poder Judiciário lesão e ameaça a direito. “Paradoxalmente, o legislador constituinte parecia estar prevendo que o Legislativo ira se omitir, pois quando ele criou a figura do mandado de injunção ele reconheceu que, diante da inércia e da omissão do Legislativo, poderia o Judiciário regulamentar aquilo que na Constituição está proclamado e não complementado por lei ordinária ou complementar”.


O deputado disse também que os membros do Congresso são eleitos pelo povo e por isso mesmo os deveriam assumir uma função mais ativa no parlamento. Para ele, o parlamento brasileiro tem que protagonizar grandes temas nacionais.

Finalizando, Fábio Trad criticou o excesso de Medidas Provisórias (MP): “Sou deputado de primeiro mandato e pude perceber que o que votamos até agora foram MP’s editadas pelo Poder Executivo que, de uma forma ou de outra, está pautando o Congresso Nacional. Isso não pode acontecer, pois se adotarmos qualquer estratégia de auto-apoderamento dos poderes constituídos afetaremos o já frágil e tênue equilíbrio entre os poderes.

É preciso insistir na tarefa de vigiar o funcionamento sistêmico desta relação para corrigir eventuais distorções. Entendo que o Legislativo esta aquém de suas demandas e o Judiciário está julgando pois os litígios e conflitos chegam a ele”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Governo quer transferir gestão de hospitais regionais para organizações sociais
Política

Governo quer transferir gestão de hospitais regionais para organizações sociais

19/09/2021 08:00
Governo quer transferir gestão de hospitais regionais para organizações sociais
Simone Tebet defende criminalização do lobby ilegítimo no Brasil
Política

Simone Tebet defende criminalização do lobby ilegítimo no Brasil

19/09/2021 07:00
Simone Tebet defende criminalização do lobby ilegítimo no Brasil
Em agenda na Embaixada do Haiti, Sergio Nogueira pede regularização dos haitianos que residem em Dourados
Política

Em agenda na Embaixada do Haiti, Sergio Nogueira pede regularização dos haitianos que residem em Dourados

17/09/2021 16:45
Em agenda na Embaixada do Haiti, Sergio Nogueira pede regularização dos haitianos que residem em Dourados
Governo encaminha ao Congresso plano de redução de benefícios fiscais
Política

Governo encaminha ao Congresso plano de redução de benefícios fiscais

16/09/2021 16:45
Governo encaminha ao Congresso plano de redução de benefícios fiscais
Projeto do Governo que reduz imposto da conta de luz é aprovado na Assembleia
Aprovado

Projeto do Governo que reduz imposto da conta de luz é aprovado na Assembleia

16/09/2021 14:45
Projeto do Governo que reduz imposto da conta de luz é aprovado na Assembleia
Últimas Notícias