Dourados – MS segunda, 24 de junho de 2024
25º
UEMS - Pantanal
LIBERDADE

Renato Vidigal sai da cadeia hoje e usará tornozeleira

24 Mar 2020 - 09h55Por O Progresso
Foto: Divulgação - Foto: Divulgação -

O ex-secretário de Saúde de Dourados Renato Vidigal, preso em novembro do ano passado durante a 2ª fase da Operação Purificação, sairá da PED (Penitenciária Estadual de Dourados) ainda na tarde desta terça-feira (24/3). 

Investigado por esquema de corrupção na saúde municipal, Vidigal obteve parecer favorável no Superior Tribunal de Justiça por fatores jurídicos e de saúde. 

Segundo o advogado de Vidigal, João Arnar, o Ministro Nefi Cordeiro, relator da Sexta Turma, concedeu a soltura considerando que os trâmites de escuta às testemunhas no caso já haviam sido concluídos. A defesa do investigado até tentou soltura outras vezes através de pedidos de urgência, mas sempre obtiveram parecer contrário considerando risco às pessoas inseridas no rol de testemunhas e o possível comprometimento das investigações.

Além disso, devido a vários problemas de saúde no sistema respiratório, Vidigal acabou favorecido por portaria da CNJ (Conselho Nacional de Justiça), que previa a soltura de presos cujos crimes não atentaram contra a vida das pessoas e que tivessem algum tipo de risco à Covid-19, infecção provocada pelo novo coronavírus. 

Em Dourados, Vidigal havia conseguido na 1ª Vara Federal o benefício de prisão domiciliar, deixando o raio 1 da PED onde estima-se a detenção de centenas de presos. No entanto, com a decisão da instância superior, ele deve ser livre de qualquer restrição de liberdade. 

Apesar disso, o advogado revelou ao O PROGRESSO que no parecer, o STJ determina o uso de tornozeleira eletrônica, monitorando cada passo dado pelo ex-secretário. Diante das recomendações de quarentena, Vidigal deve permanecer em casa. 

OPERAÇÃO PURIFICAÇÃO

A prisão do ex-secretário se deu diante da descoberta de um esquema de corrupção na Secretaria Municipal de Saúde. 

Nas investigações da Polícia Federal, descobriu-se indícios de que o agente público chefiava um esquema de corrupção dentro da Secretaria de Saúde, onde foi gestor entre 2017 e 2018, assumindo posteriormente a coordenação do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). 

As apurações mostram que houve direcionamento de licitação para contratar uma marmitaria ao qual Renato e o servidor Raphael Henrique Torraca Augusto, o “Pardal”, seriam sócios. Como agentes públicos, seria preciso que a empresa fosse comandada por outro nome: Ronaldo Gonzales, apontado como laranja no esquema.

O contrato se destinada a atender demanda de refeições aos pacientes e acompanhantes da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) e Hospital da Vida. As investigações estimam que o desvio de verba gire em torno de R$ 530 mil.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Seminários, reuniões e assinatura de emendas movimentam a semana
ALEMS

Seminários, reuniões e assinatura de emendas movimentam a semana

24/06/2024 07:00
Seminários, reuniões e assinatura de emendas movimentam a semana
Mara Caseiro propõe a criação da Frente Parlamentar dos Direitos das Mulheres
ALEMS

Mara Caseiro propõe a criação da Frente Parlamentar dos Direitos das Mulheres

23/06/2024 07:00
Mara Caseiro propõe a criação da Frente Parlamentar dos Direitos das Mulheres
Nelsinho Trad pede liberação de recursos de programa de mobilidade urbana
Senado

Nelsinho Trad pede liberação de recursos de programa de mobilidade urbana

22/06/2024 06:45
Nelsinho Trad pede liberação de recursos de programa de mobilidade urbana
Lula diz que vai sancionar projeto que libera cassinos e jogos de azar
Política

Lula diz que vai sancionar projeto que libera cassinos e jogos de azar

21/06/2024 18:45
Lula diz que vai sancionar projeto que libera cassinos e jogos de azar
Tetila é pré-candidato a vice-prefeito de Tiago Botelho
Eleições 2024

Tetila é pré-candidato a vice-prefeito de Tiago Botelho

21/06/2024 10:00
Tetila é pré-candidato a vice-prefeito de Tiago Botelho
Últimas Notícias