Dourados – MS sábado, 04 de julho de 2020
Dourados
26º max
11º min
GOVERNO

"Quer descolar da crise": fala de Bolsonaro deixa secretário perplexo

25 Mar 2020 - 09h20Por O Progresso
Geraldo Resende, secretário estadual de saúde. - Crédito: DivulgaçãoGeraldo Resende, secretário estadual de saúde. - Crédito: Divulgação

O pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro deixou o secretário de saúde de Mato Grosso do Sul "perplexo". Geraldo Resende avalia a fala do chefe do executivo como uma tentativa de "descolar da crise". 

Ontem (24/3), Bolsonaro foi em rede nacional minimizar a pandemia do coronavírus, sugerindo que os governadores e prefeitos que tivessem aderido a medidas restritivas voltassem atrás nos decretos, fazendo com que a rotina voltasse à normalidade. 

Desde a semana passada o Governo do Estado, juntamente com vários municípios de MS, vem adotando estratégias para frear o contágio do novo coronavírus. A quarentena é uma das principais formas de evitar a propagação, mas na análise do presidente da República o que tem sido feito é "histeria". 

"[O pronunciamento] não contribui em nada, desmobiliza um trabalho de conscientização que temos feito. Minha avaliação é a mesma de todos os secretários de saúde. Ele quer descolar da crise e acabou nos deixando perplexos, estarrecidos", disse Resente ao O PROGRESSO nesta quarta-feira (25/3).

Em Dourados o comércio foi fechado. Assim também os parques, escolas, creches, e a circulação de pessoas só é permitida até às 22h, retornando depois às 5h. A cidade ainda não confirmou nenhum caso do novo coronavírus, mas investiga nove suspeitas, cinco de pessoas residentes em Dourados e outras quatro de municípios vizinhos. Ao todo já foram notificados 28 pacientes, sendo 14 descartados e cinco excluídos por falta de critérios à Covid-19 (doença provocada pelo vírus).

Mato Grosso do Sul confirmou ontem à tarde 24 casos do novo coronavírus no Estado, 22 deles na Capital. Ponta Porã e Sidrolândia confirmaram um caso cada. 

Ao todo já foram notificadas 329 suspeitas, sendo descartadas 256 e 11 excluídas. Atualmente 38 diagnósticos ainda seguem aguardando resultado. 

Os dados nacionais mostram que até às 22h30 ontem (24), 2.271 casos de Covid-19 foram confirmados no Brasil, tendo ainda 48 mortos pela doença. O Rio de Janeiro registra seis mortos e São Paulo, 40. O Amazonas e o Rio Grande do Sul registraram a primeira morte causada pela Covid-19.

Deixe seu Comentário

Leia Também

José Serra é denunciado por lavagem de dinheiro
Brasil

José Serra é denunciado por lavagem de dinheiro

03/07/2020 19:20
José Serra é denunciado por lavagem de dinheiro
TSE adia prazos eleitorais de julho em 42 dias
Eleições

TSE adia prazos eleitorais de julho em 42 dias

03/07/2020 18:22
TSE adia prazos eleitorais de julho em 42 dias
Idenor Machado cobra informações sobre Ecoponto em Dourados
Dourados

Idenor Machado cobra informações sobre Ecoponto em Dourados

03/07/2020 17:55
Idenor Machado cobra informações sobre Ecoponto em Dourados
Bolsonaro escolhe Renato Feder para ser novo ministro da Educação
POLÍTICA

Bolsonaro escolhe Renato Feder para ser novo ministro da Educação

03/07/2020 12:10
Bolsonaro escolhe Renato Feder para ser novo ministro da Educação
Denize Portolann assina Termo de Recondução ao mandato de vereadora
Dourados

Denize Portolann assina Termo de Recondução ao mandato de vereadora

01/07/2020 15:54
Denize Portolann assina Termo de Recondução ao mandato de vereadora
Últimas Notícias