Dourados – MS terça, 19 de outubro de 2021
Dourados
30º max
15º min
Política

PT quer lançar candidato avaliado em pesquisa

04 Jul 2011 - 22h25
PT quer lançar candidato avaliado em pesquisa  -
Willams Araújo


Campo Grande - O comando regional do PT planeja escolher seu candidato a prefeito de Campo Grande em 2012 por meio de pesquisas qualitativas e quantitativas, abolindo assim a realização das prévias – consultas internas visando à escolha de um nome por meio de votação entre seus filiados.
Agindo desta forma, os petistas locais desejam sair na frente à ideia da cúpula nacional do PT, que abriu o debate sobre a possibilidade de promover alterações no estatuto do partido, permitindo o fim das consultas internas.

A decisão de promover as alterações necessárias no estatuto foi aprovada durante o 4º Congresso Nacional do PT, ocorrido no ano passado. O novo documento vai ser construído de forma democrática com a colaboração de militantes, filiados e simpatizantes do partido em debate. Em Mato Grosso do Sul, o PMDB é o único partido que adota há anos a prática da consulta popular para avaliar seus candidatos.

O presidente regional do PT, Marcus Garcia, disse que o nome do PT para a prefeitura de Campo Grande só será anunciado no fim do ano, após serem avaliados os quatro pré-candidatos por meio de pesquisas qualitativa e quantitativas.

“Nós queremos ir para o embate sem precisar ir para as previas”, anunciou o presidente regional do partido, Marcus Garcia, ao apontar quatro nomes em potencial dentro da legenda, o ex-governador Zeca do PT, os deputados Vander Loubet (federal) e Pedro Kemp (estadual) e o ex-deputado estadual Pedro Teruel.

O PT quer escolher um representante capaz de derrotar o candidato do PMDB nas eleições de 2012, cujo nome está sendo escolhido pelo prefeito Nelsinho Trad. Postulam à indicação o secretário estadual de Habitação, Carlos Marun, o vice-prefeito Edil Albuquerque, e o presidente da Câmara de Vereadores, Paulo Siufi.

Embora líder maior do PMDB no Estado, o governador André Puccinelli articula a candidatura do deputado federal Edson Giroto (PR) ao cargo.
O presidente regional do PT adianta que o partido analisará o crescimento estatístico de seus pré-candidatos e deverá encomendar pesquisas no fim do ano e no começo de 2012 para avaliar a evolução.

A meta do PT, segundo o dirigente, é eleger 20 prefeitos e 140 vereadores em Mato Grosso do Sul.

Garcia disse que o PT vai usar a estratégia de ser considerado o partido que tem mais simpatia da população para que consiga voto e com isso ampliar os quadros da legenda.

OUTRAS OPÇÕES

Fora do PT e do PMDB, o PSDB tem como opção o nome do deputado federal e presidente regional da legenda, Reinaldo Azambuja, enquanto DEM e PPS manifestaram interesse em concorrer ao cargo, apontando como alternativas o deputado federal Luiz Henrique Mandetta e o vereador Athayde Nery.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política

STF rejeita ação contra atos e falas do presidente durante a pandemia

19/10/2021 11:00
Política

CPI terá dia dedicado a ouvir parentes de vítimas da covid-19

18/10/2021 16:30
CPI da Energisa será retomada semana que vem em MS
Política

CPI da Energisa será retomada semana que vem em MS

17/10/2021 08:00
CPI da Energisa será retomada semana que vem em MS
Câmara perde recurso e vereadores terão que devolver R$ 4 milhões
Política

Câmara perde recurso e vereadores terão que devolver R$ 4 milhões

17/10/2021 07:00
Câmara perde recurso e vereadores terão que devolver R$ 4 milhões
Política

Câmara recebe proposta orçamentária para 2022 e receita de Dourados é de R$ 1.2 bilhão

16/10/2021 14:00
Últimas Notícias