Dourados – MS sábado, 31 de julho de 2021
Dourados
20º max
min
Política

PMN pede impugnação da coligação de Murilo

11 Jan 2011 - 23h47
A impugnação foi pedida pelo diretório regional do PMN
Foto: div. - A impugnação foi pedida pelo diretório regional do PMN Foto: div. -
DOURADOS – O diretório regional do prefeitável Genival Antônio Valeretto (PMN) entrou com pedido de impugnação ao pedido de registro da candidatura de Murilo Zauith (DEM) e declaração de nulidade da coligação “União por Dourados”. O pedido foi protocolado anteontem no Cartório Eleitoral de Dourados pelo advogado Antonio Vieira.

No documento, o partido justifica que Murilo “valendo-se de seu poder econômico e da condição de vice-governador do Estado de Mato Grosso do Sul, afrontou a Lei Eleitoral e maculou o processo eleitoral promovendo o seu nome em prol de uma candidatura ainda não registrada; deflagrando um processo de propaganda eleitoral ilegal e abusivo”.

A justificativa do PMN é que Murilo encaminhou para eleitores um cartão com votos de feliz Ano Novo acrescido do lembrete “E não se esqueça, dia 6 de fevereiro você tem um compromisso com Dourados”. No entender do partido, isso se trata de uma campanha antecipada.

De acordo com a justificativa do advogado no pedido, a Resolução 453 do TRE/MS versa sobre a eleição em Dourados, determi-nando que somente a partir de 5 de janeiro de 2011 seria a data a partir da qual seria permitida a propaganda eleitoral, exceto na rádio e TV.

Outra questão estaria relacionada a intempestividade da coligação. Segundo o partido, a coligação “União por Dourados” de Murilo Zauith realizou a coligação partidária um dia após ao período estipulado pelo TRE, que era para ser feita entre 13 de dezembro de 2010 a 02 de janeiro de 2011. “A ata que homologou a coligação é de 03 de janeiro”, justifica o PMN, considerando ser, neste caso, motivo suficiente para impugnação da candidatura de Murilo e também da coligação “União por Dourados”.

O advogado também citou no pedido de impugnação que a coalizão de Murilo consta com irregularidades no que diz respeito a coligação, ou seja, há dirigentes sem filiação partidária ou filiados em outro partido.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Vereadores e prefeito poderão ter dívidas da Câmara descontadas em folha
Política

Vereadores e prefeito poderão ter dívidas da Câmara descontadas em folha

há 13 horas atrás
Vereadores e prefeito poderão ter dívidas da Câmara descontadas em folha
Ciro Nogueira aceita convite de presidente para chefiar Casa Civil
Política

Ciro Nogueira aceita convite de presidente para chefiar Casa Civil

27/07/2021 16:00
Ciro Nogueira aceita convite de presidente para chefiar Casa Civil
Prefeitura terá que cobrar vereadores para devolver verba da Câmara
Dourados

Prefeitura terá que cobrar vereadores para devolver verba da Câmara

26/07/2021 15:00
Prefeitura terá que cobrar vereadores para devolver verba da Câmara
Governador sanciona LDO, que prevê receita de R$ 18,47 bilhões para MS em 2022
Política

Governador sanciona LDO, que prevê receita de R$ 18,47 bilhões para MS em 2022

23/07/2021 08:00
Governador sanciona LDO, que prevê receita de R$ 18,47 bilhões para MS em 2022
Senador Ciro Nogueira assumirá comando da Casa Civil, diz presidente
Política

Senador Ciro Nogueira assumirá comando da Casa Civil, diz presidente

22/07/2021 15:00
Senador Ciro Nogueira assumirá comando da Casa Civil, diz presidente
Últimas Notícias