Dourados – MS quarta, 19 de junho de 2024
19º
Meu Detran
DOURADOS

MP aciona a Justiça para que sejam reativados todos os serviços médicos de saúde auditiva

06 Mar 2020 - 15h20Por Redação
MP aciona a Justiça para que sejam reativados todos os serviços médicos de saúde auditiva -

O Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul, por meio do Promotor de Justiça Etéocles Mendonça de Brito Dias Júnior, ingressou na quarta-feira (4/3) com o cumprimento definitivo da sentença proferida pelo juízo da 6ª Vara Cível de Dourados, em desfavor do Município de Dourados, para que sejam reativados todos os serviços médicos de média complexidade em reabilitação auditiva naquela cidade.

Em fevereiro de 2019, o Ministério Público Estadual ingressou com a Ação Civil Pública de Obrigação de Fazer n° 0900006-05.2019.8.12.0002, distribuída a 6ª Vara da Fazenda Pública da comarca de Dourados, com o desígnio de restabelecer, em prol dos usuários do Sistema Único de Saúde, o acesso a serviços médicos especializados em saúde auditiva.

A tutela provisória de urgência foi integralmente acatada pelo juízo em 19/2/2019 e confirmada por ocasião da sentença de mérito em 11/7/2019, e já transitou em julgado por não ter sido objeto de recurso de qualquer das partes.

No entanto, o Promotor de Justiça explica que a Secretaria Municipal de Saúde informou que pactuou em fevereiro de 2020, à revelia da sentença de mérito, em reuniões da Comissão Intergestores Regional (CIR) e da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), a pura e simples transferência do serviço para o Município de Campo Grande, em contrariedade à decisão judicial.

A medida ocasionou a perda de cerca de um milhão de reais mensais do teto financeiro da média e alta complexidade em saúde auditiva, o que acarreta inaceitável retrocesso sanitário na macrorregião de saúde de Dourados/MS.

Diante disso, foi proposto cumprimento de sentença para fins de imposição de obrigação de fazer ao Município de Dourados, consistente em restabelecer os serviços de média e alta complexidade em saúde auditiva na macrorregião de saúde respectiva, sob pena de imposição de medidas coercitivas. Houve, ainda, pedido de condenação do Município pela prática de ato atentatório à dignidade da justiça, consistente em descumprimento deliberado de decisão jurisdicional definitiva (art. 77, IV. Novo CPC).

Deixe seu Comentário

Leia Também

Deputados estaduais debatem Projeto de Lei Antiaborto por Estupro
ALEMS

Deputados estaduais debatem Projeto de Lei Antiaborto por Estupro

18/06/2024 20:00
Deputados estaduais debatem Projeto de Lei Antiaborto por Estupro
Ordem do Dia: Parto sem carência imposta pelos planos de saúde segue à sanção
ALEMS

Ordem do Dia: Parto sem carência imposta pelos planos de saúde segue à sanção

18/06/2024 18:30
Ordem do Dia: Parto sem carência imposta pelos planos de saúde segue à sanção
Vereadora realiza audiência pública sobre Comportamento Suicida e Autolesão na Juventude
Política

Vereadora realiza audiência pública sobre Comportamento Suicida e Autolesão na Juventude

18/06/2024 13:00
Vereadora realiza audiência pública sobre Comportamento Suicida e Autolesão na Juventude
CPI das Apostas Esportivas vai ouvir ex-assessor de Haddad
Senado

CPI das Apostas Esportivas vai ouvir ex-assessor de Haddad

17/06/2024 06:45
CPI das Apostas Esportivas vai ouvir ex-assessor de Haddad
Destaque da semana é a realização do "2º Arraiá"
ALEMS

Destaque da semana é a realização do "2º Arraiá"

16/06/2024 06:15
Destaque da semana é a realização do "2º Arraiá"
Últimas Notícias