Dourados – MS quarta, 24 de julho de 2024
20º
ALEMS

Ordem do Dia: Campanha do Agasalho em MS segue à sanção

A campanha deverá ser realizada todos os anos nos meses de maio a julho

09 Jul 2024 - 20h15Por Christiane Mesquita, Agência ALEMS
Quatro propostas foram aprovadas durante a Ordem do Dia desta terça-feira - Crédito: Luciana Nassar/ALEMSQuatro propostas foram aprovadas durante a Ordem do Dia desta terça-feira - Crédito: Luciana Nassar/ALEMS

Os deputados da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS) apreciaram e aprovaram quatro matérias durante a Ordem do Dia desta terça-feira (9). Em redação final, aprovado o do Projeto de Lei 190/2023, de autoria do deputado Antonio Vaz (Republicanos), que institui a Campanha do Agasalho no Estado do Mato Grosso do Sul. A matéria, que segue à sanção, traz em seu texto que a campanha deverá ser realizada todos os anos nos meses de maio a julho, época em que o frio é mais intenso em nosso Estado, com ampla divulgação, e ainda ser incluída no Anexo do Calendário Oficial de Eventos do Estado, contido na Lei 3.945, de 4 de agosto de 2010.

Segunda discussão

Em segunda discussão, foram aprovadas duas propostas. De autoria do deputado Neno Razuk (PL), foi aprovado o Projeto de Lei 184/2022, que institui a Política Estadual de Educação Preventiva contra a Hanseníase e de Combate ao Preconceito no Estado de Mato Grosso do Sul. A matéria volta ao plenário para sua última análise, em redação final.

Projeto de Lei 94/2024, de autoria do Poder Executivo, que autoriza o Poder Executivo Estadual a instituir a Agência de Promoção de Investimentos de Mato Grosso do Sul (Invest MS), sob a modalidade de serviço social autônomo, na forma que especifica, e dá outras providências. A matéria segue à sanção.

Primeira discussão

Paulo Duarte é coautor da prosposta aprovada 

 

Em primeira discussão, duas propostas foram aprovadas e serão votadas novamente em segunda discussão. Aprovado o Projeto de Lei 227/2022, de autoria do deputado Paulo Corrêa (PSDB) e coautoria do deputado Paulo Duarte (PSB), que acrescenta dispositivos à Lei 3.665, de 6 de maio de 2009, que dispõe sobre a isenção do pagamento de taxa para confecção de 2ª vias de documentos de pessoas idosas e ou carentes que tenham sido objetos de ações criminosas.

O deputado Junior Mochi (MDB) declarou seu voto, enaltecendo a importância do projeto. “Parabenizo ambos deputados, pois esse é um projeto extremamente importante, a isenção da 2ª via dos documentos das pessoas idosas e carentes, principalmente quando tenham sido objeto de ação criminosa”, ressaltou.

Paulo Corrêa agradeceu o apoio dos deputados durante a votação

 

O deputado e 1º secretário da ALEMS, Paulo Corrêa (PSDB) agradeceu o apoio dos parlamentares na aprovação de seu projeto. “Agradeço a colaboração de todos os pares, é um projeto de suma importância para o Estado de Mato Grosso do Sul e mostra a consciência social da nossa Assembleia Legislativa, quero agradecer também ao coautor, deputado Paulo Duarte, que me ajudou a elaborar esse projeto”, disse.

Também aprovado em primeira discussão o Projeto de Lei 87/2024, do deputado Paulo Duarte (PSB), que dá nova redação e acrescenta dispositivos à Lei 3.885, de 20 de abril de 2010, que dispõe sobre a obrigatoriedade do fornecimento ao consumidor de informações e documentos por parte de operadoras de plano ou seguro privado de assistência à saúde no caso de negativa de cobertura e dá outras providências. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Combate à fome é escolha política, diz Lula em evento do G20
Política

Combate à fome é escolha política, diz Lula em evento do G20

24/07/2024 18:45
Combate à fome é escolha política, diz Lula em evento do G20
Cinco municípios farão consultas populares no 1º turno das Eleições 2024
Política

Cinco municípios farão consultas populares no 1º turno das Eleições 2024

24/07/2024 07:00
Cinco municípios farão consultas populares no 1º turno das Eleições 2024
Lei de Diretriz Orçamentária para 2025 é sancionada com receita estimada de R$ 26,4 bilhões
Orçamento

Lei de Diretriz Orçamentária para 2025 é sancionada com receita estimada de R$ 26,4 bilhões

23/07/2024 18:45
Lei de Diretriz Orçamentária para 2025 é sancionada com receita estimada de R$ 26,4 bilhões
Cinco municípios farão consultas populares no 1º turno das Eleições 2024
Política

Cinco municípios farão consultas populares no 1º turno das Eleições 2024

23/07/2024 14:30
Cinco municípios farão consultas populares no 1º turno das Eleições 2024
Pré-candidaturas podem realizar propaganda intrapartidária até 15 dias antes das convenções
Eleições 2024

Pré-candidaturas podem realizar propaganda intrapartidária até 15 dias antes das convenções

23/07/2024 06:45
Pré-candidaturas podem realizar propaganda intrapartidária até 15 dias antes das convenções
Últimas Notícias