Dourados – MS sábado, 08 de maio de 2021
Dourados
26º max
12º min
Política

Nova ministra da Casa Civil rejeita rótulo de “trator"

08 Jun 2011 - 22h36
Nova ministra discursa na posse
Foto: Agência Brasil - Nova ministra discursa na posse Foto: Agência Brasil -
Brasília - Em seu discurso de despedida do Senado, a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), que assumiu ontem o comando da Casa Civil da Presidência da República, negou o rótulo de ser um “trator” na defesa dos interesses do governo e disse esperar o apoio da Casa para desempenhar a nova função. Ela vai substituiu Antonio Palocci, que deixou na terça-feira (7) o cargo, após denúncias de suposto enriquecimento ilícito quando era deputado federal.

“Não considero essa a melhor metáfora [trator] para quem exerce a política e sempre se dispôs a debater, ouvir e construir consenso”, discursou Gleisi. “A manifestação democrática é o maior instrumento que temos para avançarmos no desenvolvimento do nosso país e acredito que o desfecho dela é a decisão da maioria. Gostaria de manter a convivência respeitosa que iniciamos nesta Casa.”

A senadora afirmou ainda reconhecer o peso de assumir a Casa Civil e disse estar preparada para o cargo. “Quis Deus, por intermédio da presidenta [Dilma Rousseff], que eu ficasse mais próxima para esse auxílio e tenho muita clareza dessa missão. A quem é muito é dado, muito será cobrado.”

Gleisi ressaltou que defendeu o governo no Senado não apenas por pertencer ao mesmo partido da presidenta, mas também por acreditar no modelo “de desenvolvimento econômico inclusivo, no qual as pessoas são o objetivo maior”.

“A presidenta Dilma me confiou uma nova missão e vou cumpri-la, levando em conta muito do que aprendi no Senado. Assim como a presidenta, a minha caminhada tem uma razão de ser, que é a favor do Brasil e do seu futuro.”

A senadora paranaense também elogiou o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), e os líderes do governo, Romero Jucá (PMDB-RR), e do PT, Humberto Costa (PE). Gleisi ainda fez “deferência” à oposição, com a qual teve debates duros. “Mas prevaleceu sempre a convivência democrática. Viver exposta ao contraditório é condição da vida parlamentar e da vida democrática.”

Deixe seu Comentário

Leia Também

“Não temos identificado excessos”, diz Laudir sobre gastos com viagens
IMPRESSO

“Não temos identificado excessos”, diz Laudir sobre gastos com viagens

há 6 minutos atrás
“Não temos identificado excessos”, diz Laudir sobre gastos com viagens
Dourados andando para trás, diz deputado
IMPRESSO

Dourados andando para trás, diz deputado

08/05/2021 06:00
Dourados andando para trás, diz deputado
Projeto obriga resgate de animais domésticos vítima de abandono em MS
Política

Projeto obriga resgate de animais domésticos vítima de abandono em MS

06/05/2021 14:30
Projeto obriga resgate de animais domésticos vítima de abandono em MS
Política

CPI da Pandemia inicia hoje depoimentos ouvindo Mandetta e Teich

04/05/2021 10:00
Em plena pandemia, Câmara gasta R$ 57 mil com viagens de vereadores
IMPRESSO

Em plena pandemia, Câmara gasta R$ 57 mil com viagens de vereadores

02/05/2021 15:00
Em plena pandemia, Câmara gasta R$ 57 mil com viagens de vereadores
Últimas Notícias