Dourados – MS sábado, 08 de maio de 2021
Dourados
26º max
12º min
Política

Ministros defendem Ferroeste no PAC

13 Jun 2011 - 22h37Por Audiência
Gleisi Hoffmann foi empossada pela presidenta Dilma na semana passada - Crédito: Foto : fabio Rodrigues Pozzebom – AbrGleisi Hoffmann foi empossada pela presidenta Dilma na semana passada - Crédito: Foto : fabio Rodrigues Pozzebom – Abr
Curitiba - A nova ministra-chefe da Casa Civil, a paranaense Gleisi Hoffmann, e seu marido, o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, vão defender a inclusão dos projetos de expansão da Ferroeste no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do governo federal. A declaração dos ministros foi feita, em Brasília, durante entrevista concedida a um canal de televisão do Paraná. A entrevista casada foi ao ar no útimo final de semana.

A vinda de recursos para o Estado, segundo a nova ministra, que é curitibana, vai depender da apresentação de bons projetos. Gleisi deu como exemplo a expansão da Ferroeste. Para o projeto caminhar, ressaltou a ministra, deve haver “mobilização das bancadas”. A recomendação é no sentido de haver união dos parlamentares paranaenses no Congresso Nacional. “Eu vou ajudar”, garantiu.

Gleisi disse que já tinha conversado com a ministra do Planejamento, Miriam Belchior, para “recolocar a Ferroeste no PAC”. A ministra-chefe da Casa Civil ressaltou que para completar a obra que liga a Ferroeste, por um lado, ao Mato Grosso do Sul, e por outro, ao Porto de Paranaguá, será necessária a construção de mais de mil quilômetros de trilhos. “Temos de ter esses recursos dentro do PAC”, justificou.

Por seu lado, o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, acredita que a expansão da Ferroeste “é uma oportunidade extraordinária de baratear o frete, de melhorar as condições de logística e de tirar um pouco dos caminhões das estradas, que estão sempre muito cheias”.

Para o presidente da Ferroeste, Maurício Querino Theodoro, a adesão da nova ministra-chefe da Casa Civil e o apoio do ministro das Comunicações ao projeto de ampliação da Ferroeste é auspiciosa para todos os paranaenses. “Existe vontade política para avançar com esse projeto”, disse ele. “O governo federal está atento às necessidades de infraestrutura do Paraná e do Mato Grosso do Sul”.

CONCORRÊNCIA

A contratação da empresa que vai elaborar os estudos de viabilidade técnica, econômica e ambiental (EVTEA) dos novos ramais da Ferroeste já está em fase de análise, após abertura das propostas de concorrência, na Valec – Engenharia, Construções e Ferrovias, empresa do Governo Federal. O projeto contempla a adequação e implantação da ligação ferroviária de Maracaju, no Mato Grosso do Sul ao Porto de Paranaguá. O preço estimado para a execução do estudo (lote 2) é de R$ 6.524.274,33.

A concorrência (nº 006/2011) especifica o trecho Maracaju-Dourados-Cascavel, com 440 km, a adequação do trecho da Ferroeste, entre Cascavel e Guarapuava, com 248 km (linha já existente); e o trecho Guarapuava-Engenheiro Bley, na Lapa, com 242 km, além da adequação do trecho Engenheiro Bley-Paranaguá, com 186 km.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Projeto obriga resgate de animais domésticos vítima de abandono em MS
Política

Projeto obriga resgate de animais domésticos vítima de abandono em MS

06/05/2021 14:30
Projeto obriga resgate de animais domésticos vítima de abandono em MS
Política

CPI da Pandemia inicia hoje depoimentos ouvindo Mandetta e Teich

04/05/2021 10:00
Em plena pandemia, Câmara gasta R$ 57 mil com viagens de vereadores
IMPRESSO

Em plena pandemia, Câmara gasta R$ 57 mil com viagens de vereadores

02/05/2021 15:00
Em plena pandemia, Câmara gasta R$ 57 mil com viagens de vereadores
CPI da Saúde apresenta resultados preliminares ao MPF
POLÍTICA

CPI da Saúde apresenta resultados preliminares ao MPF

30/04/2021 13:21
CPI da Saúde apresenta resultados preliminares ao MPF
Câmara aprova projeto que permite compra de medicamentos para Covid-19 sem licitação  Fonte: Agência Câmara de Notícias
Política

Câmara aprova projeto que permite compra de medicamentos para Covid-19 sem licitação Fonte: Agência Câmara de Notícias

30/04/2021 12:00
Câmara aprova projeto que permite compra de medicamentos para Covid-19 sem licitação  Fonte: Agência Câmara de Notícias
Últimas Notícias