Dourados – MS sábado, 04 de abril de 2020
Dourados
30º max
16º min
Política

Marçal critica manobra contra PEC 300

01 Dez 2010 - 16h46
Marçal Filho reage contra decisão do governo de não votar emenda que cria piso nacional.
Foto: Divulgação - Marçal Filho reage contra decisão do governo de não votar emenda que cria piso nacional. Foto: Divulgação -
DOURADOS – O deputado federal Marçal Filho (PMDB) criticou duramente ontem as manobras do governo federal para impedir que o Congresso Nacional aprove ainda este ano a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) número 300 que cria um piso nacional para policiais civis, militares e bombeiros.

Alegando que a aprovação da PEC 300 geraria des-pesas extras de R$ 46 bilhões aos cofres públicos, o Palácio do Planalto determinou que os líderes do governo na Câmara e no Senado barrasse a votação do projeto. “Não vamos aceitar essa imposição, mesmo porque a alegação de despesas extras não se justifica diante da necessidade de pagar melhor quem coloca a própria vida em risco para defender a vida dos outros”, reclama Marçal.

Mesmo depois de aprovada em primeiro turno e da pressão para que fosse votada antes das eleições, PEC 300 perma-nece emperrada, na Câmara Federal. O deputado aproveitou o atual cenário de confronto armado entre a polícia e o crime o organizado, nas favelas do Rio de Janeiro, para pedir mais valorização desses profissionais.

“Esses homens arriscam suas vidas todos os dias para trazer segurança aos nossos lares. Nada mais justo remunerá-los melhor”, declarou o deputado, lembrando que os mesmos riscos sofrem os policiais do Mato Grosso do Sul, em especial os que estão nas regiões de fronteira.

Marçal acredita que o sucesso das operações nas favelas cariocas irá contribuir na luta pela aprovação da PEC 300. “São várias as manifestações de protesto quanto a salário e condições de trabalho. A classe está aproveitando o momento, que é oportuno, para fazer suas reivindicações”, declarou o deputado referindo-se a uma faixa pendurada ao lado do quartel-general das forças que atuam na ocupação na Vila Cruzeiro e no Complexo do Alemão que denuncia: ‘R$ 30,00 por dia: valor da vida de um policial e de um bombeiro no Rio de Janeiro – PEC 300/2008’.

Agora que têm o apoio maciço da população, os policiais prometem aumentar a pressão para a aprovação da Proposta de Emenda Constitucional que cria o piso nacional para a categoria. “Ir contra a PEC 300 é ir contra todos que apoiam a polícia do Rio”, disse um policial carioca a Agência Brasil.

Atualmente, um policial militar em começo de carreira no Rio de Janeiro ganha cerca de R$ 900,00 por mês, figuran-do entre os Estados brasileiros que pagam pior seus policiais. “Caso a PEC seja aprovada, o piso poderia passar para algo em torno de R$ 3,5 mil. Essa não deve ser uma luta apenas minha e dos policiais, mas de toda a sociedade, que será a mais beneficiada com uma melhor segurança pública. Sabemos que um policial bem remunerado e com boas condições de trabalho, desempenha melhor sua função e A PEC 300 irá proporcionar isso\", enfatizou deputado.

Caso a PEC 300 seja aprovada, o Ministério do Planejamento calcula um impacto, no orçamento da União, de cerca de R$ 46 bilhões. Por conta disso o ministro da Fazenda, Guido Mantega, declarou ser contra a aprovação da PEC 300, afirmando que 2011 deve ser um ano de contenção fiscal.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Eleições

Senadores pedem adiamento das eleições municipais

03/04/2020 18:20
Produção de carne de gado deve aumentar 2,5%
Economia

Produção de carne de gado deve aumentar 2,5%

03/04/2020 16:49
Produção de carne de gado deve aumentar 2,5%
Pesquisa sobre coronavírus indica baixa consciência da crise
Internacional

Pesquisa sobre coronavírus indica baixa consciência da crise

03/04/2020 14:22
Pesquisa sobre coronavírus indica baixa consciência da crise
Brasil

Governo interdita 47 barragens por falta de declaração de estabilidade

03/04/2020 14:00
Governo publica MP que repassa R$ 16 bilhões a estados e municípios
Economia

Governo publica MP que repassa R$ 16 bilhões a estados e municípios

03/04/2020 13:14
Governo publica MP que repassa R$ 16 bilhões a estados e municípios
Últimas Notícias