Dourados – MS terça, 20 de outubro de 2020
Dourados
32º max
20º min
Influx
Política

Maioria de candidatos acha que Dourados é “primo pobre” da saúde estadual

Candidatos questionam critérios para repasse de verbas estaduais

13 Out 2020 - 09h00Por Rozembergue Marques
Maioria de candidatos acha que Dourados é “primo pobre” da saúde estadual - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

Tema central das campanhas eleitorais a saúde pública é, para todos os candidatos à Prefeitura de Dourados, o principal “nó” a ser desatado. Um consenso entre os candidatos é que a macrorregião liderada pela cidade é tratada como “primo pobre” pelo Governo do Estado.

“Vamos trabalhar para reconstruir e fortalecer o SUS (Sistema Único de Saúde) em Dourados de maneira que todos possam ser atendidos, não só os que aqui residem, mas também os nossos vizinhos que formam a macrorregião da Grande Dourados”, garantiu o candidato Barbosinha (DEM). A intenção do candidato, se eleito, é “transformar Dourados no mais qualificado Polo Regional de Atenção à Saúde de Mato Grosso do Sul”. Para tanto, pretende ampliar o alcance da Atenção Primária, através do aumento do número de Equipes de Saúde da Família e da ampliação o horário de atendimento, além de garantir os medicamentos e exames especializados quando necessários. Barbosinha também incluiu entre suas prioridades para desatar o “nó” da saúde pública a implantação, em parceria com o Governo do Estado, do Centro de Diagnóstico e Especialidades, anexo ao Hospital Regional, o que, acredita, vai diminuir drasticamente o tempo de espera da população
“Nós, do PT, reconhecemos o Sistema Único de Saúde (SUS) como fundamental para Dourados. Propomos retomar suas diretrizes, as atividades de comprovada eficácia para a saúde da população para melhoria do atendimento e acesso ao sistema de saúde. Nossa opção será pela Centralidade da Atenção Primária de Saúde, ampliar e reorganizar a Estratégia de Saúde da Família”, afirmou, por sua vez ,o professor João Carlos, o “Joca do PT”. 

Jeferson Bezerra, do PNM, promete realizar uma audiência pública com os 33 municípios da região Sul que utilizam os hospitais douradenses, objetivando devolver ao Governo do Estado a “gestão plena”. Para Jeferson “houve momentos que a cidade de Corumbá fretava aviões à pacientes picados por animais peçonhentos em fazendas do Pantanal, para serem atendidos em Dourados”. Sem detalhar a estranha tese, ele garante que, se eleito, “essa novela vai acabar”. 

Tendo como vice um médico, Alan Guedes aponta como como principal problema o sub financiamento, o tratamento desigual que o Governo do Estado dá a macrorregião de Dourados em relação às demais. “Colocamos esse ponto em nosso Plano de Governo. Recebemos o menor valor se considerarmos as microrregiões de Campo Grande, Três Lagoas e Corumbá, por exemplo, o que resulta em um gargalo nos atendimentos mais especializados, de média e alta complexidade. Tentaremos toda possibilidade de acordo, mas não descarto até judicializar a questão”, afirmou Alan. 

O farmacêutico bioquímico Racib Harb acredita que é preciso resgatar a Saúde Pública com foco na Atenção Primária. “Isso pode acontecer com a adoção de um Sistema Inteligente de Saúde”,acredita.“Iremos liderar na região do Cone Sul a formalização de um Consórcio Regional de Saúde e de Medicamentos como forma de desafogar nosso atendimento”, adiantou Racib.

Sem entrar em muitos detalhes, o candidato Mauro Tronicke afirmou que sua prioridade para o setor será a reestruturação da medicina preventiva da família, a criação de um consórcio de municípios da região sul e que será priorizado o atendimento de média e alta complexidade em Dourados.

“Sem uma repactuação resultante de uma ação efetiva dos prefeitos junto ao Governo do Estado e à União para que seja aumentado o teto do SUS vamos continuar nesse impasse que é a superlotação da Upa e do Hospital da Vida. Uma outra luta de todos deve ser pela conclusão do Hospital Regional, que também contribuirá expressivamente para amenizar a situação”, defendeu o candidato do PTB, o indígena Wilson Matos. “A saúde de Dourados precisa receber pelo menos o mesmo percentual da macrorregião de Campo Grande”, defendeu, em opinião que parece ser consenso entre todos os candidatos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Projeto de Marçal cria campanha de incentivo à vacinação em MS
Mato Grosso do Sul

Projeto de Marçal cria campanha de incentivo à vacinação em MS

20/10/2020 13:59
Projeto de Marçal cria campanha de incentivo à vacinação em MS
Veja as propostas dos candidatos a prefeito de Dourados para a educação
Política

Veja as propostas dos candidatos a prefeito de Dourados para a educação

20/10/2020 13:49
Veja as propostas dos candidatos a prefeito de Dourados para a educação
STF confirma não ser obrigatório portar título de eleitor para votar
Eleições 2020

STF confirma não ser obrigatório portar título de eleitor para votar

20/10/2020 11:24
STF confirma não ser obrigatório portar título de eleitor para votar
Justiça Eleitoral veta candidatura no Município de Água Clara
Eleições 2020

Justiça Eleitoral veta candidatura no Município de Água Clara

20/10/2020 08:58
Justiça Eleitoral veta candidatura no Município de Água Clara
Lei: Estado deve oferecer apoio psicológico a aluno em situação de vulnerabilidade
Mato Grosso do Sul

Lei: Estado deve oferecer apoio psicológico a aluno em situação de vulnerabilidade

20/10/2020 08:48
Lei: Estado deve oferecer apoio psicológico a aluno em situação de vulnerabilidade
Últimas Notícias