Dourados – MS domingo, 05 de abril de 2020
Dourados
33º max
20º min
Política

Lei poderá proteger dados pessoais

21 Jan 2011 - 00h00
Delgado diz que é difícil garantir cumprimento da lei
 - Crédito: Foto: Janine Moraes – Agência CâmaraDelgado diz que é difícil garantir cumprimento da lei - Crédito: Foto: Janine Moraes – Agência Câmara
Brasília - O Ministério da Justiça promove consulta pública, até 31 de janeiro, sobre o anteprojeto de lei que trata da proteção de informações pessoais em bancos de dados. O objetivo do anteprojeto é garantir o direito constitucional à privacidade, inclusive na internet. Não há data ainda para a proposta ser encaminhada à Câmara.

O texto deverá regular, por exemplo, as ações de redes sociais, como Facebook e Orkut, de bancos de dados de proteção ao crédito e de departamentos de marketing, além de normatizar o tratamento de dados pessoais pelo setor público. O líder do PT na Câmara, deputado Paulo Teixeira (SP), considera o anteprojeto fundamental. “É preciso uma legislação que diga de que forma os dados serão armazenados, por quanto tempo e como os dados poderão ser abertos, para que a privacidade não seja violada”, diz. Já o deputado Júlio Delgado (PSB-MG) acredita que é muito difícil garantir o cumprimento de uma lei com essa abrangência. “O controle de uso de dados nas redes sociais é muito difícil de ser feito”, opina.

De acordo com a Secretaria de Assuntos Legislativos do Ministério da Justiça, não existe no Brasil uma lei que trate especi-ficamente da proteção de dados, sendo o tema abordado de forma incidental no Código de Defesa do Consumidor (Lei 8.078/90). O código assegura, por exemplo, o direito do consumidor de ter acesso a informações pessoais arquivadas sobre ele e de exigir a imediata correção de dados inexatos.

“Com o avanço da tecnologia, é cada vez mais comum que as informações pessoais sejam obtidas e utilizadas sem o conhecimento do seu titular. Esses dados merecem uma tutela forte e específica pelo ordenamento jurídico”, justifica o ministério, no texto de apresentação da consulta pública.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Teletrabalho

PGDI define atividades diárias que servidores devem realizar durante teletrabalho

04/04/2020 11:35
Rose de Freitas defende isolamento social e suporte imediato para os mais pobres
Brasil

Rose de Freitas defende isolamento social e suporte imediato para os mais pobres

04/04/2020 10:24
Rose de Freitas defende isolamento social e suporte imediato para os mais pobres
Dia 9 de abril será ponto facultativo em MS
Cidades

Dia 9 de abril será ponto facultativo em MS

04/04/2020 07:31
Dia 9 de abril será ponto facultativo em MS
Toffoli defende saída “diagonal” para isolamento por novo coronavírus
Brasil

Toffoli defende saída “diagonal” para isolamento por novo coronavírus

04/04/2020 06:49
Toffoli defende saída “diagonal” para isolamento por novo coronavírus
Eleições

Senadores pedem adiamento das eleições municipais

03/04/2020 18:20
Últimas Notícias