Dourados – MS quarta, 23 de setembro de 2020
Dourados
30º max
15º min
Política

Investida do governo aumenta bancada do PSDB na Assembleia

19 Mar 2016 - 06h00
Deputado Felipe Orro deixou o PDT e assinou ficha de filiação no partido tucano. - Crédito: Foto: DivulgaçãoDeputado Felipe Orro deixou o PDT e assinou ficha de filiação no partido tucano. - Crédito: Foto: Divulgação
Investida pesada do governador Reinaldo Azambuja amplia a bancada do PSDB na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul para oito representantes, a partir da filiação do deputado Felipe Orro, egresso do PDT, ocorrida na manhã de ontem, na sede do diretório regional do partido, em Campo Grande.


A ida de Orro e outros parlamentares para o PSDB foi antecipada há uma semana pelo jornal O PROGRESSO. Além de reforçar a bancada tucana, a investida palaciana acabou afundando a representatividade do PDT na Casa, de onde também saiu para o partido o deputado Beto Pereira.


Com isso, o PDT fica sem bancada na Assembleia, já que o deputado estadual George Takimoto fica solitário na Casa. Pelo regimento interno, uma bancada passa a existir a partir de dois parlamentares.


As articulações em torno da ampliação dos quadros do PSDB no Estado foram conduzidas pelo secretário Sérgio de Paula (Casa Civil), principal mentor político do governador Reinaldo Azambuja.


Por causa disso, o partido dobrou de tamanho na Assembleia Legislativa, ampliando a sua bancada de quatro para oito deputados estaduais. Em 2014, foram eleitos Onevan de Matos, Professor Rinaldo, Ângelo Guerreiro e Flávio Kayatt.


Com as novas adesões, chegaram a Casa Beto Pereira (ex­-PDT), Mara Caseiro (ex-­PMB), Maurício Picarelli (ex­-PMDB) e agora Felipe Orro.


Felipe Orro ameaçou ir para outro partido de menor expressão eleitoral alegando "inchaço" da bancada tucana e falta de espaço para disputar a prefeitura de Campo Grande. No entanto, foi convencido pelo deputado federal licenciado e secretário de Fazenda, Marcio Monteiro, a entrar no PSDB.


O deputado entrou no PSDB no último dia do prazo fixado pela emenda da chamada janela partidária, que permite mudança de grupo político sem o risco da perda de mandato.


Até o fechamento desta edição, a expectativa era pela adesão do deputado estadual George Takimoto (PDT). Também foi convidado o deputado Barbosinha (PSB).


A mudança de partido influencia na formação das comissões temporárias e permanentes da Assembleia, que são montadas com base na proporcionalidade das bancadas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TSE atualiza aplicativo Pardal, que recebe denúncias sobre eleições
Eleições 2020

TSE atualiza aplicativo Pardal, que recebe denúncias sobre eleições

22/09/2020 18:36
TSE atualiza aplicativo Pardal, que recebe denúncias sobre eleições
Projeto institui Semana da Conscientização sobre a Esquizofrenia em MS
Política

Projeto institui Semana da Conscientização sobre a Esquizofrenia em MS

17/09/2020 13:52
Projeto institui Semana da Conscientização sobre a Esquizofrenia em MS
Governador Reinaldo Azambuja testa positivo para Covid-19
Comunicado Oficial

Governador Reinaldo Azambuja testa positivo para Covid-19

17/09/2020 09:43
Governador Reinaldo Azambuja testa positivo para Covid-19
A pedido do PSD, Daniela mantém pré-candidatura à vereadora
Eleições 2020

A pedido do PSD, Daniela mantém pré-candidatura à vereadora

16/09/2020 10:15
A pedido do PSD, Daniela mantém pré-candidatura à vereadora
STF declara inconstitucional a impressão do voto pela urna eletrônica
Eleições 2020

STF declara inconstitucional a impressão do voto pela urna eletrônica

15/09/2020 17:35
STF declara inconstitucional a impressão do voto pela urna eletrônica
Últimas Notícias