Dourados – MS terça, 03 de agosto de 2021
Dourados
28º max
11º min
Política

Governador promete as 15 metas prioritárias

03 Jan 2011 - 18h08Por Zélia Nolasco Freire*Tenho observado em vários eventos que acontecem em nossa cidade, uma verdadeira
André Puccinelli promete trabalhar para cumprir os projetos estratégicos
 - Crédito: Foto: João Garrigó - CampograndenewsAndré Puccinelli promete trabalhar para cumprir os projetos estratégicos - Crédito: Foto: João Garrigó - Campograndenews
CAMPO GRANDE – No pronunciamento durante a cerimônia de posse, o governador André Puccinelli reafirmou que pretende trabalhar para concretizar os nove projetos estratégicos de desenvolvimento do Estado, e colocar em prática as ações das 15 metas prioritárias que propôs durante a campanha ao cargo.

Puccinelli lembrou do compromisso da posse em seu primeiro mandato, há quatro anos, e destacou avanços na proposta de começar a “construir soluções, através da difícil e árdua arte do trabalho”. De administração cabisbaixa, encolhido pelo peso de um déficit mensal crônico em suas contas, e incapaz de planejar o dia seguinte, o Estado avançou, a partir de marcos como a inclusão de projetos no Programa de Aceleração do Crescimento e o lançamento do MS Forte - Ações para o Desenvolvimento, ressaltou o governador.

Os R$ 3 bilhões de investimento do MS Forte - 80% oriundos de fontes próprias ou viabilizados pela retomada da capacidade de pagamento do Governo do Estado – ajudarão a dar andamento a projetos prioritários de desenvolvimento, especialmente os nove grandes empreendimentos infraestruturais que preparam o Estado para interiorizar a industrialização e crescer sem parar nos próximos 30 anos, pelo menos.

André pretende manter a forma de trabalho de parceria com o governo federal e os municípios na concretização desses projetos, que já somam quatro em execução, três em fase de projeto executivo, e dois ainda dependendo de viabilização. A pavimentação da BR-040, e o incentivo à produção de etanol até seis bilhões de litros para viabilizar o poliduto são lutas que o governador vai manter nos próximos quatro anos.

Puccinelli disse que na inauguração desta nova etapa de trabalho, tem a responsabilidade renovada e serena consciência do dever cumprido. “Cumprimos todas as metas estabelecidas. E mais: as análises técnicas e os dados financeiros indicam que em todas as áreas da administração estadual, conseguimos fazer mais em quatro anos do que foi realizado nos oito anos anteriores a nossa gestão”, destacou.

Entre os principais resultados, elencou: mais de 40 mil novas casas populares; 100 mil famílias atendidas pelos programas sociais; construção de 1.600 quilômetros de redes de distribuição de água e coleta de esgoto; contratação de 2.215 policiais e mais de 1.000 viaturas para a segurança adquiridas com recursos próprios; a entrega de quatro hospitais regionais e evolução na educação, com os uniformes, kits de material escolar e professores valorizados. Um dos avanços, é a posição atingida neste mês de janeiro de 2º lugar no ranking do piso salarial dos professores.

“Agora, é hora de continuarmos sonhando juntos e olhando para frente”, propôs, ao anunciar a determinação de implementar o Plano 15 que foi apresentado e discutido com a sociedade de todos os municípios. Essas propostas partem do que já foi conquistado em cada área, para, dali avançar ainda mais, incluindo:

1- Promover o desenvolvimento econômico e social de forma equilibrada, gerando empregos sem causar danos ao meio ambiente.

2 – Reduzir a criminalidade e a violência com o trabalho integrado de todas as forças da segurança pública.

3 – Contínuo avanço do ensino na formação da juventude com a ampliação das Escolas Profissionalizantes, abertura de novas escolas de período integral e valorização dos professores.

4 – Junto com as prefeituras, dinamizar os atendimentos de emergência do Samu, implantar Centros Regionais de Especialidades e continuar executando o maior programa de saneamento básico da história deste Estado.

5 – Na área habitacional, garantir casa própria e dignidade para mais 50 mil famílias.

6 – Prioridade social no combate à pobreza, à discriminação e à desigualdade, juntamente com a geração de renda e qualificação profissional.

7 – Trabalhar com a bancada federal para concluir os projetos estratégicos de desenvolvimento que contribuem para a expansão do processo industrial e geração de empregos em todas as regiões.

8 – Manter e ampliar os incentivos fiscais que têm atraído empresas, gerado empregos e diversificado a matriz econômica do Estado.

9 – Continuar incentivando a produção com a adoção de modernas tecnologias, elevando os índices de produtividade no âmbito do agronegócio e demais atividades econômicas.

10 – Qualificar as políticas de incentivos às pequenas e microempresas e à agricultura familiar.

11 – Aprimorar as políticas de qualificação dos trabalhadores, criar ambiente de inovação e criar polos tecnológicos estaduais.

12 – Concretizar a construção do Aquário do Pantanal, a pavimentação da rodovia Bonito-Bodoquena e a chegada do Trem do Pantanal a Corumbá, como instrumentos que vão cooperar para consolidar a condição de Mato Grosso do Sul como destino turístico preferencial nos cenários nacional e internacional.

13 - Promover a valorização profissional dos servidores estaduais, elevando os níveis de eficiência do serviço público, para melhor qualificação e atendimento aos cidadãos.

14 – Asfaltar mais 1.000 quilômetros de rodovias, garantindo apoio aos setores produtivos. Além das novas ferrovias, persistir na luta pela revitalização dos trechos já existentes no Estado.

15 – Visando preparar atletas para as Olimpíadas de 2016 e fomentar a diversificação das modalidades esportivas, construir o Centro Olímpico, referência do incentivo ao esporte como fonte de vida saudável.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Vereadores e prefeito poderão ter dívidas da Câmara descontadas em folha
Política

Vereadores e prefeito poderão ter dívidas da Câmara descontadas em folha

31/07/2021 08:00
Vereadores e prefeito poderão ter dívidas da Câmara descontadas em folha
Ciro Nogueira aceita convite de presidente para chefiar Casa Civil
Política

Ciro Nogueira aceita convite de presidente para chefiar Casa Civil

27/07/2021 16:00
Ciro Nogueira aceita convite de presidente para chefiar Casa Civil
Prefeitura terá que cobrar vereadores para devolver verba da Câmara
Dourados

Prefeitura terá que cobrar vereadores para devolver verba da Câmara

26/07/2021 15:00
Prefeitura terá que cobrar vereadores para devolver verba da Câmara
Governador sanciona LDO, que prevê receita de R$ 18,47 bilhões para MS em 2022
Política

Governador sanciona LDO, que prevê receita de R$ 18,47 bilhões para MS em 2022

23/07/2021 08:00
Governador sanciona LDO, que prevê receita de R$ 18,47 bilhões para MS em 2022
Senador Ciro Nogueira assumirá comando da Casa Civil, diz presidente
Política

Senador Ciro Nogueira assumirá comando da Casa Civil, diz presidente

22/07/2021 15:00
Senador Ciro Nogueira assumirá comando da Casa Civil, diz presidente
Últimas Notícias