Dourados – MS domingo, 16 de maio de 2021
Dourados
28º max
16º min
Política

Eleitores voltam às urnas neste domingo

29 Out 2010 - 16h51
Presidentes de mesa começaram a retirar as urnas
eletrônicas - Presidentes de mesa começaram a retirar as urnas eletrônicas -



Marli Lange

Em Mato Grosso do Sul mais de 1,7 milhões de eleitores estão aptos a votar neste domingo para escolher o novo presidente da República. Em Dourados, o segundo colégio eleitoral do Estado, são 139.942 eleitores, que votam nas 415 seções.

De acordo com o Cartório eleitoral da 43ª Zona, ontem, os presidentes de mesa iniciaram a retirada das urnas e materiais a serem utilizados em cada sessão no dia da eleição – como caderno de votação, materiais, vale combustível e dinheiro para o pagamento da alimentação dos mesários. A retirada das urnas eletrônicas pode ser feita até amanhã.

A Justiça Eleitoral ressalta que todos os mesários que trabalharam no 1º turno estão convocados automaticamente para o 2º turno.

PROPAGANDAS

Ontem foi o último dia para propaganda política mediante reuniões públicas ou promoção de comícios e utilização de aparelhagem de sonorização fixa, entre as 8h e as 24h.

Hoje é o último dia para a divulgação da propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão e também é o último dia para a divulgação paga, na imprensa escrita. É também o último dia para a realização de debates e das propagandas eleitorais em páginas institucionais na Internet.

No sábado, véspera das eleições, ainda pode acontecer a propaganda eleitoral mediante alto-falantes ou amplificadores de som, entre as 8h e as 22h. Também pode ser promovida carreata e distribuição de material de propaganda política.

No dia da eleição, dia 31, a Justiça Eleitoral permite apenas a manifestação individual e silenciosa com o uso de bandeiras, broches, dísticos e adesivos.

É proibido aglomeração de pessoas portando vestuário padronizado, bem como bandeiras, broches, dísticos e adesivos que caracterizem manifestação coletiva, com ou sem utilização de veículos.

BEBIDA ALCOOLICA

O desembargador Rêmolo Letteriello, Corregedor Regional Eleitoral do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/MS) baixou uma portaria disciplinando o horário em que estará proibida a venda de bebidas alcoólicas, assim como as condutas vedadas no segundo turno da eleição.

Conforme a portaria, ficou estabelecido que não poderão ser vendidas bebidas no horário das 03h às 19h, em bares, lanchonetes, restaurantes e congêneres. Os infratores ficam sujeitos às penas do Código Eleitoral, que prevê três meses a um ano de prisão e pagamento de 10 a 20 dias-multa.

A Justiça Eleitoral também prevê que nenhum eleitor poderá ser preso ou detido até a próxima terça-feira, 48h após a eleição.

O Código Eleitoral admite prisão apenas em casos de flagrante, desrespeito a salvo-conduto ou prática de crimes inafiançáveis como tortura, tráfico de drogas e crimes hediondos.

A lei também proíbe a prisão de candidatos, membros da mesa na sessão eleitoral e fiscais de partido. A não ser em casos de flagrante delito e com a análise do juiz competente para verificar a legalidade do ato.


Deixe seu Comentário

Leia Também

Política

Projeto criminaliza censura nas redes sociais sem autorização da Justiça

há 1 minuto atrás
Levantamento da Agraer abriu caminho para entrega de 1,1 mil títulos em assentamentos no MS
MS

Levantamento da Agraer abriu caminho para entrega de 1,1 mil títulos em assentamentos no MS

16/05/2021 09:00
Levantamento da Agraer abriu caminho para entrega de 1,1 mil títulos em assentamentos no MS
Deputados aprovam proibição do comércio de fogos em MS
IMPRESSO

Deputados aprovam proibição do comércio de fogos em MS

15/05/2021 11:00
Deputados aprovam proibição do comércio de fogos em MS
Deputado Marçal solicita casas populares para Grande Dourados
IMPRESSO

Deputado Marçal solicita casas populares para Grande Dourados

15/05/2021 10:02
Deputado Marçal solicita casas populares para Grande Dourados
Câmara vai recorrer de decisão que pede exoneração de comissionados
IMPRESSO

Câmara vai recorrer de decisão que pede exoneração de comissionados

15/05/2021 09:00
Câmara vai recorrer de decisão que pede exoneração de comissionados
Últimas Notícias