Dourados – MS terça, 20 de outubro de 2020
Dourados
32º max
20º min
Influx
Política

Deputados cobram nomeação no Incra

15 Abr 2011 - 21h00
Zé Teixeira, Mara Caseiro e Tetila cobram fim da morosidade no Incra de MS - Crédito: Foto : DivulgaçãoZé Teixeira, Mara Caseiro e Tetila cobram fim da morosidade no Incra de MS - Crédito: Foto : Divulgação
Campo Grande – Com a presença de dezenas de representantes do Movimento Sem-Terra no plenário da Assembleia Legislativa, deputados estaduais cobraram ontem o fim do impasse na indicação do novo superintendente do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) em Mato Grosso do Sul.

O deputado Zé Teixeira (DEM) ocupou a tribuna para falar do assunto e, além de cobrar a urgente indicação do novo diretor do órgão, criticou o atual modelo de reforma agrária brasileiro.

“Precisamos de uma reforma agrária decente, dentro da lei, com respeito e dignidade ao sem-terra”, discursou, ressaltando que atualmente os assentamentos são feitos “100% no braço”.


“Como é que um sem-terra vai financiar um trator, um maquinário, se ele não tem o que deixar como garantia?”, questionou o deputado que, apesar de ser representante da classe ruralista foi muito aplaudido pelos presentes.
O deputado Laerte Tetila (PT) também se manifestou para reclamar da morosidade na escolha do novo superintendente do Incra em Mato Grosso do Sul.

“É inaceitável essa demora, que já se estende desde janeiro”, afirmou.
A deputada Mara Caseiro (PTdoB) também cobrou a imediata indicação do novo comandante do órgão, visando “desemper-rar” a reforma agrária no Estado.
“Queremos que o governo federal olhe para Mato Grosso do Sul e resolva este problema com urgência”, discursou a parlamentar.

Mara Caseiro também criticou o atual modelo de reforma agrária brasileiro, que destina os lotes aos trabalhadores rurais e depois não dá a eles a estrutura necessária para produzir.

“Precisamos mudar este modelo. Não podemos colocar um homem em um assentamento sem dar a estrutura necessária. É um absurdo os trabalhadores terem que vir até aqui para pedir um presidente para o Incra”, disparou a deputada.

A parlamentar afirmou ainda que o Incra de Mato Grosso do Sul precisa ser comandado por um técnico, “que conheça a realidade do trab alhador do campo”.

Durante seu discurso, a deputada também destacou a importância dos assentamentos rurais para a economia dos pequenos municípios.

“Sabemos da importância de ter um assentamento no município. Fui prefeita de Eldorado durante oito anos e vimos o quanto a cidade cresceu depois que o assentamento se instalou”, detalhou.

#####Reforma parada

Representante do Movimento Sem-Terra que ocupou a tribuna na manhã de ontem, Zé Batista disse que a reforma agrária no Estado está parada desde agosto do ano passado, quando ocorreu uma operação da Polícia Federal que desmantelou esquema de fraudes na venda de lotes.

Conforme as investigações, a quadrilha contava com a participação de servidores do Incra.

Segundo Zé Batista, R$ 15 milhões destinados à reforma agrária estão parados devido ao impasse na indicação do novo superintendente.

A divulgação do nome do novo comandante do Incra no Estado ainda deve levar alguns dias, até que o indicado seja subme-tido ao processo de avaliação protocolar e política que o cargo exige. Mas a expectativa é que tudo esteja definido ainda este mês.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Projeto de Marçal cria campanha de incentivo à vacinação em MS
Mato Grosso do Sul

Projeto de Marçal cria campanha de incentivo à vacinação em MS

20/10/2020 13:59
Projeto de Marçal cria campanha de incentivo à vacinação em MS
Veja as propostas dos candidatos a prefeito de Dourados para a educação
Política

Veja as propostas dos candidatos a prefeito de Dourados para a educação

20/10/2020 13:49
Veja as propostas dos candidatos a prefeito de Dourados para a educação
STF confirma não ser obrigatório portar título de eleitor para votar
Eleições 2020

STF confirma não ser obrigatório portar título de eleitor para votar

20/10/2020 11:24
STF confirma não ser obrigatório portar título de eleitor para votar
Justiça Eleitoral veta candidatura no Município de Água Clara
Eleições 2020

Justiça Eleitoral veta candidatura no Município de Água Clara

20/10/2020 08:58
Justiça Eleitoral veta candidatura no Município de Água Clara
Lei: Estado deve oferecer apoio psicológico a aluno em situação de vulnerabilidade
Mato Grosso do Sul

Lei: Estado deve oferecer apoio psicológico a aluno em situação de vulnerabilidade

20/10/2020 08:48
Lei: Estado deve oferecer apoio psicológico a aluno em situação de vulnerabilidade
Últimas Notícias