Dourados – MS segunda, 27 de maio de 2024
13º
Política

Conselho de Ética abre processo por quebra de decoro contra Glauber Braga

Deputado questionou rapidez no encaminhamento da representação contra ele apresentada pelo PL

15 Jun 2022 - 17h15Por Eduardo Tramarim, Agência Câmara de Notícias
Deputado Glauber Braga, do PSOL-RJ - Crédito: Luis Macedo/Câmara dos DeputadosDeputado Glauber Braga, do PSOL-RJ - Crédito: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara dos Deputados abriu processo na terça-feira (14) contra o deputado Glauber Braga (Psol-RJ). A Representação 24/22, encaminhada pelo PL, considerou o comportamento do deputado, durante sessão de votações no dia 31 de maio, "desrespeitoso e agressivo" contra o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL).

O deputado Ivan Valente (Psol-SP) e o próprio Glauber Braga afirmaram estranhar a rapidez incomum da tramitação do processo, que, aprovado em 1º de junho pela Mesa Diretora, foi logo encaminhado ao Conselho de Ética.

Ivan Valente afirmou que o partido protocolou representação contra o presidente Arthur Lira, mas que a tramitação não teve igual rapidez. O presidente do Conselho de Ética, Paulo Azi (União-BA), informou, entretanto, que recebeu na terça a Representação 25/22, contra Arthur Lira, que seguirá a mesma tramitação dos demais processos. O Psol acusa o presidente da Câmara de extrapolar, na mesma sessão de 31 de maio, as prerrogativas do cargo ao ameaçar acionar a Polícia Legislativa com o objetivo de retirar o deputado Glauber Braga do Plenário.

Glauber Braga afirmou que apresentará sua defesa e continuará lutando por uma Petrobras pública. “Está acontecendo um grande absurdo: o senhor Arthur Lira, presidente da Câmara dos Deputados, anunciou em uma reunião com líderes partidários que colocaria em votação no Plenário da Câmara um projeto de entrega do controle acionário da Petrobras por maioria simples, e eu fiz uma fala no Plenário da Câmara perguntando se ele não tinha vergonha de fazê-lo. Isso foi suficiente para que ele se articulasse com o partido do presidente da República, o PL, e desse entrada em uma representação pedindo a cassação da minha atividade como deputado federal", relatou.

Durante a reunião, já foi definida a lista tríplice de deputados que poderão relatar o processo contra Glauber Braga. Todos eles são do Republicanos: Márcio Marinho (Republicanos-BA), Marcelo Nilo (Republicanos-BA) e Gilberto Abramo (Republicanos-MG).  Um deles será escolhido e anunciado relator pelo presidente do Conselho de Ética na próxima reunião do colegiado.

Polarização
Paulo Azi também anunciou a decisão de não acatar mais representações que chamou de "descabidas", pois expressam questões banais da polarização política. “Estamos vivendo um momento de polarização política no País e este conselho não pode ser palco dessa polarização. Este conselho tem como missão zelar pela boa conduta e pela imagem deste Parlamento”, disse.

Ele informou que pode rejeitar, por exemplo, a Representação 23/22, que acusa a deputada Gleisi Hoffmann (PT-PR) de crime de ameaça, previsto no Código Penal. O deputado Marcelo Nilo (Republicanos-BA) contestou a decisão e prometeu recorrer à Presidência da Câmara. Nilo afirmou que o argumento de Paulo Azi é justo, mas que o regimento do órgão, de 2001, prevê que compete ao presidente do conselho acolher e instaurar o processo.

Arquivamento
Ainda na reunião, o colegiado decidiu pelo arquivamento de processos contra os deputados Carlos Jordy (PL-RJ) (Representação 11/22) e Eduardo Bolsonaro (PL-SP) (Representação 10/22), seguindo a recomendação dos relatores.

O presidente do conselho nomeou ainda os deputados Igor Timo (Pode-MG), Gilberto Abramo e Hiran Gonçalves (PP-RR) como relatores em representações contra os deputados Eduardo Bolsonaro (Representação 8/22 e 20/22) e Bia Kicis (PL-DF) (Representação 17/22).

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Congresso analisa vetos sobre saidão e fake news na terça
Política

Congresso analisa vetos sobre saidão e fake news na terça

26/05/2024 06:45
Congresso analisa vetos sobre saidão e fake news na terça
Se não causar poluição visual, distribuição de santinhos em feiras livres é permitida
Política

Se não causar poluição visual, distribuição de santinhos em feiras livres é permitida

25/05/2024 15:00
Se não causar poluição visual, distribuição de santinhos em feiras livres é permitida
CCJ deve votar novo Código Eleitoral no dia 5 de junho, diz Marcelo Castro
Senado

CCJ deve votar novo Código Eleitoral no dia 5 de junho, diz Marcelo Castro

25/05/2024 06:45
CCJ deve votar novo Código Eleitoral no dia 5 de junho, diz Marcelo Castro
UCV-MS debate direitos das crianças e adolescentes com vereadores do Estado
Política

UCV-MS debate direitos das crianças e adolescentes com vereadores do Estado

24/05/2024 16:00
UCV-MS debate direitos das crianças e adolescentes com vereadores do Estado
Representantes do Banco Mundial discutem em MS projeto para investimento de rodovias
Política

Representantes do Banco Mundial discutem em MS projeto para investimento de rodovias

24/05/2024 08:45
Representantes do Banco Mundial discutem em MS projeto para investimento de rodovias
Últimas Notícias