Dourados – MS quarta, 20 de outubro de 2021
Dourados
30º max
17º min
Política

Bancada douradense faz compromisso com município

01 Fev 2011 - 18h00
Os deputados estaduais prometem um trabalho em conjunto.
Foto: div. - Os deputados estaduais prometem um trabalho em conjunto. Foto: div. -
CAMPO GRANDE – Os quatro deputados estaduais eleitos por Dourados foram unânimes em defender, durante a cerimônia de posse ocorrida ontem na Assembleia Legislativa, um trabalho em conjunto no sentido de que a população do município seja a única beneficiada, independente de ideologia partidária.

Eleito pelo PT, Laerte Tetila disse conhecer os dois lados, porque já atuou como prefeito e deputado, mas que seu perfil é muito mais de legislador.
Questionado se pretende disputar novamente a prefeitura, ele disse que não, que já deu sua contribuição. “Meu partido tem grandes nomes e daqui para frente pretendo aprimorar meu trabalho no Legislativo”.

Ele disse ainda que vai se articular com a bancada não só de Dourados, mas de toda a região, para trabalhar em um plano de industrialização regional.
Para Tetila, se as cidades da região ficarem fortalecidas economicamente, Dourados ganha com isso.

Ele lembrou que o comércio é muito forte no Paraguai, tomando espaço local e que as pessoas costumam deixar a região por falta de emprego. Exemplificou dizendo que Glória de Dourados já teve 60 mil habitantes e hoje tem 8 mil. “Juti, Jateí, todos perderam população”, atesta.
Para ele, Dourados tem vocação para industrias de moveis e confecção, por exemplo.

Lauro Sérgio Davi (PSB) disse que já atua há 10 anos neste setor de gestão em saúde e que seu compromisso é com esse setor. Comentou que apóia essa questão da industrialização, mas só se for preservando o meio ambiente. “Indústria por indústria eu não apóio, acho que Dourados comporta indústrias de tecidos, frigoríficos, mas outras áreas mais danosas a gente teria que analisar”.

Exercendo seu quinto mandato na Assembleia, o democrata Zé Teixeira avaliou que quando aumenta o número de representantes, aumentam as possibilidades de conquista para o município.

“Hoje há grande investimento no setor sucroalcooleiro, mas o que falta não só em Dourados como em todo o Mato Grosso do Sul é qualificação de mão de obra, cursos profissionalizantes. Se tiver isso aqui no Estado, as empresas não precisarão importar mão de obra. Como parlamentares, temos que dar apoio, principalmente para que o governo se fortaleça e invista em estradas e infraestrutura”, sugeriu.

Para Zé Teixeira, o que Dourados mais precisa hoje é de moralização administrativa, “porque isso tudo na última gestão foi jogado na lata do lixo”.

O deputado estreante George Takimoto (PSL), apesar de eleito pela oposição, deve exercer seu mandato atuando em conjunto com a bancada douradense.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política

STF rejeita ação contra atos e falas do presidente durante a pandemia

há 19 horas atrás
Política

CPI terá dia dedicado a ouvir parentes de vítimas da covid-19

18/10/2021 16:30
CPI da Energisa será retomada semana que vem em MS
Política

CPI da Energisa será retomada semana que vem em MS

17/10/2021 08:00
CPI da Energisa será retomada semana que vem em MS
Câmara perde recurso e vereadores terão que devolver R$ 4 milhões
Política

Câmara perde recurso e vereadores terão que devolver R$ 4 milhões

17/10/2021 07:00
Câmara perde recurso e vereadores terão que devolver R$ 4 milhões
Política

Câmara recebe proposta orçamentária para 2022 e receita de Dourados é de R$ 1.2 bilhão

16/10/2021 14:00
Últimas Notícias